Coluna ADI Paraná
Não Gostei

O ministro Edson Fachin (STF) disse no Paraná que “juízes também cometem ilícitos e devem ser punidos”. A fala confirmou rumor que Fachin não gostou da forma como foi citado em diálogos entre procuradores da Lava Jato. Segundo o Intercept, investigadores exclamaram: “Aha, uhu, o Fachin é nosso”.

Corrupto e incompetente

O senador Alvaro Dias (Pode) acusou o PT de ter governado o país de forma corrupta e incompetente. Ele lembrou que sempre desmentiu os resultados positivos anunciados pelos governos petistas. "E eu dizia: que espetáculo do crescimento é esse se o país cresce mais, apenas, do que o Haiti, onde mora a pobreza, a miséria, o infortúnio e a guerra". O senador também criticou a paralisação de 127 das 663 obras do PAC. Muitas dessas obras foram paralisadas, diz Alvaro Dias, por terem sido superfaturadas.

Famílias com dívidas

O aumento de famílias endividadas subiu pelo sexto mês consecutivo, atingindo o maior nível desde julho de 2013, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio. Em contrapartida, diminuiu o número de famílias com contas ou dívidas em atraso. O endividamento cresceu 0,6% em junho em relação a maio, e na comparação anual - com junho de 2018 -, o aumento foi de 5,4%. Apesar do aumento do endividamento, que chegou a 64%, a pesquisa identificou uma queda no número de famílias com dívidas ou contas em atraso, tanto na comparação mensal quanto na anual.

Femoclam

A Femoclam (Federação das Associações de Moradores de Curitiba e Região Metropolitana) foi homenageada em sessão na Assembleia Legislativa pelos 33 anos completados pela entidade. Hoje, a federação tem duas mil associações de moradores e clubes de mães filiadas. E além de promover e contribuir para a formação e o desenvolvimento da vida comunitária dos moradores, luta por políticas habitacionais, políticas salariais mais justas, por qualidade de vida e justiça social.  

Desconto integral

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) defendeu projeto de lei que estende para 24 horas o desconto nas tarifas de energia elétrica para o bombeamento de água na irrigação da agricultura familiar. Atualmente, o desconto é dado entre 21h30 e 6h, o que, na visão de Gurgacz, gera prejuízos ao pequeno produtor. "Principalmente porque eles têm de pagar adicional noturno para funcionários que monitoram esse sistema ou eles mesmos terem de trabalhar um turno adicional".

Pedido de cassação

Na semana passada, um morador de Pato Branco protocolou na Câmara Municipal, pedido de cassação do mandato do vereador Marco Pozza (PSD). No pedido, o morador aponta falta de decoro parlamentar, condenação judicial em trânsito e julgado, comportamento vexatório e indigno que “comprometem a dignidade do poder legislativo”. O vereador teria sido preso e responde por diversos processos criminais na Justiça.

 

Cassação II

Entre os processos, Pozza foi indiciado nos desdobramentos Operação Hígia, deflagrada em 2017 em Pato Branco. O vereador e um empresário foram indiciados por crimes como fraude em licitações e corrupção passiva. Quanto ao pedido de cassação, o presidente da Câmara, Vilmar Maccari (PDT) disse que a documentação foi encaminhada ao departamento jurídico do legislativo para apreciação e encaminhamentos.

Vista nos tribunais

"A PEC corrige algo que acontece hoje em nosso país e que ninguém admite mais. Nos nossos dias, uma lei pode ser aprovada por 513 deputados, 81 senadores, sancionada pelo presidente; e, simplesmente com uma ação direta de inconstitucionalidade, um único ministro do STF pode declarar essa lei inconstitucional e ela ficar por prazo indefinido sem solução. E também para corrigir os prazos eternos dos pedidos de vistas que se tornam uma verdadeira decisão" - do senador Oriovisto Guimarães (Pode), autor da PEC que disciplina pedidos de vista nos tribunais e dispõe sobre a declaração de inconstitucionalidade e a concessão de cautelares por tribunais.

Banco de Projetos

É esperado para os próximos dias, o lançamento pelo governador Ratinho Junior do Banco de Projetos - programa que prevê R$ 300 milhões para obras de infraestrutura no Paraná, a maioria rodoviárias.

Refugiados

A situação dos refugiados no Brasil será debatida nas comissões no Senado. O comitê nacional dos refugiados aponta que 33.866 pessoas solicitaram o reconhecimento como refugiados em 2017 - a maioria venezuelanos, com 17.865 solicitações. O senador Flávio Arns (Rede), autor do requerimento, destacou a importância da discussão sobre os refugiados que são perseguidos países por raça, religião, opinião política, entre outros motivos. “Num país cuja Constituição prestigia a solidariedade entre os povos e o princípio da dignidade da pessoa humana, discutir esse importante tema é fundamental para se entender o cenário atual dos refugiados e alinhar ideias e soluções tendentes a ajudar as pessoas”, defende.

Defensoria

Os deputados Ademar Traiano (PSDB) e Luiz Claudio Romanelli (PSB) - presidente e 1º secretário da Assembleia Legislativa - assinaram convênio com a Defensoria Pública do Paraná para instalação de unidade do órgão no legislativo já no segundo semestre deste ano. Uma parte do quadro dos advogados da Assembleia ficarão à disposição para o atendimento integral e gratuito à população carente.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Nova loja da Havan , Moro de folga e outras notícias na coluna de hoje.
Divulgação
Luciano Hang (Foto: Divulgação)

Havan em PG

O presidente da Havan, Luciano Hang, vistoriou em Ponta Grossa as  áreas para a implantação de um centro comercial que abrigará as megalojas da Havan e MM. “Admiro muito Ponta Grossa e este centro comercial demonstra que acreditamos na cidade, investindo e gerando mais desenvolvimento e empregos”, disse. O investimento deve superar R$ 50 milhões e quando estiver em operação deverá gerar mil vagas de emprego. 

Desburocratizar   

O deputado Pedro Lupion (DEM-PR), relator do projeto de lei que melhora a eficiência e desburocratizar a administração pública, avisa que o prazo para emendas de deputados acaba nesta semana. Assim que finalizado, Lupion apresenta o relatório na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) quando o presidente da comissão, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), pautar. Um das novidades do projeto de Alessandro Molon (PSB-RJ) será obrigar a administração pública a acompanhar resultados de governança.

Cidadão de Jacarezinho

Já o pai do deputado, o ex deputado Abelardo Lupion recebeu o título de cidadão honorário de Jacarezinho. “Ter a capacidade de fazer a diferença para a terra que eu amo. Eu ainda tenho a capacidade de compensar alguma falha minha. Hoje faço parte da equipe do governo federal e tenho certeza que posso auxiliar muito mais para o Norte Pioneiro e para Jacarezinho”, diz Lupion pai.  

La garantia soy yo

“A Lava Jato vai continuar. E essa não é a palavra só de um brasileiro que ama o Brasil. É de quem no ano que vem assume a presidência do Supremo”, do ministro do STF, Luiz Fux, em palestra a investidores, que assumira o Supremo a partir de setembro de 2020.

Moro de folga

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) vai tirar cinco dias de folga para acompanhar o filho mais velho em viagem aos EUA. A autorização para se ausentar do país foi publicada nesta segunda-feira, 8, no Diário Oficial da União. 

Ney na ACP

O deputado secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost (PSD), será homenageado no dia 16 de julho pela Associação Comercial do Paraná, em Curitiba, durante as comemorações do Dia do Comerciante, data criada pela lei de autoria do próprio Leprevost.

Saúde e infraestrutura

O deputado Ricardo Barros (PP) adiantou que o Paraná terá mais R$ 300 milhões para investir em saúde e obras de infraestrutura em 2020. Os recursos são de quatro emendas da bancada federal paranaense. “A bancada escolheu quatro emendas para 2020. A construção do contorno sul metropolitano de Maringá, a construção da ferrovia Curitiba-Paranaguá -Antonina, a manutenção de rodovias federais e investimentos para entidades filantrópicas a exemplo de hospitais a Apaes”, disse.

Voos para Cornélio

Cornélio Procópio, no Norte do Paraná, vai integrar o programa Voe Paraná e receber voos da operadora Gol. Serão 10 cidades do interior que passarão a ter voos diretos para Curitiba. O programa será lançado em breve pelo governador Ratinho Junior.

Redução da maioridade

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas aponta que 76,7% dos brasileiros apoiam a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Os contra somam 19%. A pesquisa foi feita com 2.232 eleitores entre os dias 27 de junho e 1º de julho em 154 cidades dos 26 estados mais o Distrito Federal.

Conversa pra dormir

O novo pacto federativo proposto pelo ministro Paulo Guedes (Economia) "é conversa pra boi dormir", segundo o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB). Guedes propõe desvincular do orçamento as receitas e os porcentuais obrigatórios, nas áreas como educação e saúde. "Modificar a injusta distribuição dos tributos, nem pensar, pois hoje o Governo Federal fica com 58%, os Estados com 24% e os Municípios com apenas 18%", diz.

Penaliza os menores

"A atual carga tributária daqueles que têm até dois salários de renda familiar é superior a 50%, e de quem tem mais de 30 salários mínimos, menos de 30%. Isso reflete o predomínio de impostos indiretos, e não sobre a propriedade, a renda e a riqueza", diz o ex-deputado, Luiz Carlos Hauly (PSDB), que já foi relator da Reforma Tributária.    

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Agricultura familiar , fim da lei Klandir e outras noticias na coluna de hoje.
Pedro Ribas/PMC
Foto Iluminação (Foto: Pedro Ribas/PMC)

Iluminação em Curitiba

O prefeito Rafael Greca está mudando o padrão da iluminação pública de Curitiba com a instalação de 16 mil pontos de luz led até o final do ano. "Ontem autorizei a licitação de mais 40 mil pontos led de iluminação para 2020", diz Greca. O prefeito disse que o serviço de troca de lâmpadas não é fácil. "Há roubo de lâmpadas e fiação, além das falhas técnicas ou provocadas por chuvas e vento.Tivemos 47.583 ocorrências de manutenção da rede pública de iluminação entre 1º de janeiro e 27 de junho de 2019".

Agricultura familiar

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) destacou ações de estimulo à agricultura familiar e dotá-la de condições para enfrentar adversidades como incertezas climáticas, falta de crédito e assistência técnica. Uma das medidas é o projeto de lei aprovado na Comissão de Agricultura que isenta os agricultores e cooperativas do pagamento do IPI na compra de máquinas agrícolas fabricadas no Mercosul.

13ª salário

O prefeito Santin Roveda (PR) antecipou o pagamento da primeira parcela do 13º salário aos servidores municipais de União da Vitória. Eles têm até o dia 12 de julho para solicitar a antecipação. Até o momento, 380 dos 1.280 servidores já solicitaram o pagamento da primeira parcela do benefício, o que dá R$ 320 mil.

Fundo nacional

A Comissão de Agricultura aprovou a criação do Fundo Nacional do Desenvolvimento Rural que vai financiar a produção agrícola e a inovação tecnológica no setor rural. A administração ficará a cargo do Ministério da Agricultura, com apoio de um conselho gestor composto por representantes da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, da Organização das Cooperativas Brasileiras e do governo federal.

A favor e contra

A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou, por 36 votos a 13, o texto-base da reforma da Previdência. Entre os sete paranaenses da comissão, cinco votaram á favor do relatório - Diego Garcia (Pode), Filipe Barros (PSL), Paulo Martins (PSC), Stephanes Junior (PSD) e Toninho Wandscheer (Pros) - e dois contra: Aliel Machado (PSB) e Gleisi Hoffmann (PT).

R$ 1 trilhão

O economista Luiz Eliezer Ferreira aponta que o acordo de livre-comércio entre o Mercosul e a União Europeia envolve 780 milhões de consumidores, PIB de US$ 20 trilhões (25% do PIB mundial) e a estimativa que em 15 anos, o fluxo de comércio alcance R$ 1 trilhão. O tratado prevê reduzir ou zerar tarifas de importação e exportação, eliminar barreiras, como sanitárias, fitossanitárias, burocráticas, e os custos de transações. Em 10 anos, a UE vai zerar as tarifas de importação de 92% dos produtos do Mercosul. 

Prefeitos em Brasília

A Confederação Nacional de Municípios convoca os prefeitos para terça-feira (9) e quarta-feira (10) em Brasília. A mobilização pretende garantir a inclusão dos municípios na reforma da Previdência. O relatório deixou de fora os 2.108 municípios e 27 estados que têm Regimes Próprios de Previdência Social. Se aplicadas as regras do relatório aos municípios, estima-se uma redução de despesa de R$ 41 bilhões em quatro anos e R$ 170 bilhões em 10 anos. 

Fim da Lei de Klandir

O boletim da Faep aponta que desde o início do ano, a Lei de Klandir, que isenta do ICMS, a exportação de produtos primários, está sob mais uma ameaça de extinção. O ministro Paulo Guedes (Economia) já havia anunciado que a Lei "morreu". Agora, o novo texto da reforma da Previdência prevê formalmente o fim desta norma. Uma série de estudos e levantamentos emitem um alerta: A revogação da iniciativa seria desastrosa não só ao agronegócio, mas ao próprio país.

Bancada da saúde

O secretário Beto Preto (Saúde) solicitou ao ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) a liberação de R$ 100 milhões ao Paraná, via emendas parlamentares.  A proposta tem apoio dos deputados Toninho Wandscheer (Pros), Sérgio Souza (MDB), Leandre Dal Ponte (PV), José Carlos Schiavinato (PP), Aliel Machado (PSB), Luciano Ducci (PSB), Luiz Nishimori (PR), Zeca Dirceu (PT), Ênio Verri (PT), Ricardo Barros (PP), Professor Luizão (PRB), Aroldo Martins (PRB) e Aline Sleutjes (PSL).

Novas urnas

O TSE vai comprar 180 mil urnas eletrônicas para as eleições municipais do ano que vem, quando serão escolhidos os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Aves e Suínos , Medo do desemprego e outros temas na coluna de hoje.
AEn-PR
Linha de produção (Foto: AEn-PR)

Aves e suínos

Depois de alguma instabilidade nos últimos dois anos, os produtores de aves e suínos vivem um cenário de perspectivas positivas. Em junho, o Brasil embarcou 55,7 mil toneladas de suínos e 357,74 mil toneladas de aves para o exterior, aumento de 100% e de 18%, respectivamente, na comparação com o mesmo mês de 2018. A suinocultura movimentou US$ 128,1 milhões e a avicultura outros US$ 581 milhões, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Demanda forte

O presidente da Associação Paranaense de Suinocultores, Jacir Dariva, projeta 12 meses de aumento na produção brasileira, principalmente pelo efeito China."É a hora de o produtor repor os prejuízos, que foram terríveis nos últimos 20 meses. Com os problemas que a China registra com a peste suína, com abates antecipados dos animais para evitar perdas maiores e, até mesmo, a eliminação de matrizes, isso vai gerar reflexos positivo para o Brasil. Acredito em uma demanda forte", avalia.

Frango paranaense

"O mercado internacional está altamente favorável ao frango paranaense. Somos os maiores exportadores, respondemos por 38% de todas as aves exportadas pelo país. Com as viagens que têm sido feitas pelo governo federal para vender nossos produtos lá fora, estamos com a possibilidade de habilitar novas plantas. Um total de 28 no Brasil e cerca de 14 no Paraná", diz Domingos Martins, presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Paraná, que projeta um aumento de 5% nas exportações.

Microempreendedores

Há quase 10 anos, os microempreendedores individuais eram 38 mil no Paraná e não passavam de 760 mil no Brasil. Há uma semana, o último número verificado apontou 512,4 mil apenas no Paraná e 8,3 milhões no país. O crescimento das empresas de uma só pessoa, que ultrapassa os 1.340% nesse período, revela também uma face da crise econômica que nos últimos anos cobrou muitos empregos e levou muita gente ao “empreendedorismo forçado”.

Incentivo para hospitais

O deputado Michele Caputo (PSDB) apresentou projeto de lei que cria a Política Estadual de Apoio aos Hospitais Públicos e Filantrópicos do Paraná. A proposta torna o programa HospSUS em política pública e garante a manutenção dos incentivos financeiros aos hospitais mesmo com a mudança de governos.“Temos um profundo respeito às santas casas e hospitais, sem fins lucrativos, por que fazem em prol da população. Precisamos valorizar este trabalho e apoiar essa causa que é a filantropia na área da saúde”, destaca.

Amunorpi

Os deputados aprovaram o título de utilidade pública à Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) que reúne 22 cidades da região. O projeto de lei, apresentado pelo deputado Romanelli (PSB), será sancionado pelo governador Ratinho Junior. O título amplia as possibilidades da entidade firmar convênios com municípios, Estado e União.

Mandado de segurança

O deputado Filipe Barros (PSL-PR) entrou com mandado de segurança no STF para impedir a instalação da CPI mista das Fake News  determinada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Filipe Barros diz que CPI não tem um objeto “minimamente definido” e que pode investigar tanto um “cidadão mais ativo nas redes sociais que manifesta suas opiniões e replica outras em tom crítico” aos três poderes, quanto “criminosos que se utilizam do anonimato para fomentar a prática de crimes”.

Medo do desemprego

A Confederação Nacional da Indústria divulgou pesquisa que avalia o índice do medo do desemprego entre os brasileiros. As pessoas com mais de 45 anos e com menor grau de instrução são as que mais temem a desocupação. Entre brasileiros entre 45 e 54 anos, o medo do desemprego deu um salto de 7,1 pontos (abril) e marcou 60,1 pontos em junho. Já entre as pessoas com instrução apenas até a quarta série do ensino fundamental, o marcador subiu 6,1 pontos e atingiu 65,1 pontos em junho. O levantamento também constatou que o medo do desemprego é maior no Nordeste, região em que o índice alcançou 66 pontos. O marcador é menor na região Sul, onde ficou em 47,9 pontos, abaixo da média nacional.

Atenção Primária

O ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) anunciou R$ 233,6 milhões para o atendimento a saúde em 1,2 mil municípios, aumpliando o acesso a exames, consultas e medicamentos nos atendimentos das equipes de saúde da família que atuam em cuidados básicos e prevenção de doenças. Em 2020, estão previstos mais R$ 400 milhões. 

Atenção II

Desse montante, o Paraná receberá R$ 5,6 milhões para credenciamento de novas 207 equipes ou serviços da atenção primária em 55 cidades. Serão 113 agentes comunitários de saúde, 31 equipes de saúde da família, 20 equipes de saúde bucal, 2 equipes de consultórios de rua, 4 polos de academia da saúde, 1 equipe de saúde prisional, 2 centros especializados em odontologia, 34 laboratórios de próteses dentárias.  

Defensoria Pública

A Assembleia Legislativa aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 que contou com emenda do deputado Paulo Litro (PSDB) para aumentar o orçamento da Defensoria Pública Estadual. “Esse recurso vai contribuir para o fortalecimento da Defensoria Pública, órgão que promove o acesso à justiça por meio de serviços de assistência jurídica integral e gratuita ao cidadão que não possui condições financeiras para custeá-la”, ressaltou.

13º na conta

Os mais de oito mil servidores da prefeitura de Ponta Grossa recebem hoje o pagamento da primeira parcela do 13º salário, totalizando R$ 12 milhões. Esta será a terceira vez seguida que o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) antecipa a parcela, com provisionamentos ao longo dos primeiros meses do ano.

TV Tarobá

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) marcou para a próxima quinta-feira, 11, a sessão solene em homenagem aos 40 anos da TV Tarobá. A proposição é do deputado Evandro Roman (PSD-PR). 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Arsenal de Armas
Marcos Corrêa/PR
Moro e Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) autorizaram a entrega de um arsenal de segurança para as polícias estaduais. São 42 mil itens entre armamentos, munições, viaturas, equipamentos e coletes balísticos, avaliados de R$ 43 milhões, doados pela Força Nacional da Segurança Pública.

Candidatos

Pelo menos 13 deputados estão dispostos a encarar as urnas no ano que vem nas eleições municipais. Dos federais, Aliel Machado (PSB) em Ponta Grossa, Boca Aberta (Pros) e Filipe Barros (PSL) em Londrina, Ênio Verri (PT) em Maringá, Paulo Martins (PSC), Gustavo Fruet (PDT) e Luizão Goulart (PRB) em Curitiba. Dos estaduais, Homero Marchese (Pros) e Delegado Jacovós (PR) em Maringá, Delegado Francischini (PSL) e Goura (PDT) em Curitiba, Tiago Amaral (PSB) em Londrina, Luiz Fernando Guerra (PSL) em Pato Branco e Mabel Canto (PSC) em Ponta Grossa. 

Santas Casas

A Caixa Econômica disponibilizou R$ 3,5 bilhões para as Santas Casas e hospitais filantrópicos. Os créditos poderão ser usados na qualificação dos atendimentos e restruturação de dívidas bancárias. Os recursos, do FGTS,  podem ser operados ainda pelo Banco do Brasil e BNDES. Os financiamentos terão juros de até 11,66% ao ano. As operações prazo de até cinco anos para pagamento. No caso da restruturação de dívidas bancárias, o prazo de quitação será de 10 anos.

Prejuízos

Se não forem incluídos na reforma da Previdência, estados e municípios brasileiros devem perder R$ 520 bilhões em dez anos - R$ 350 bilhões nas economias estaduais e R$ 170 bilhões nas municipais. A expectativa de líderes no Congresso Nacional é que inclusão pode ser feita em plenário. 

Pantomina 

O deputado Boca Aberta (Pros-PR) deixou o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) na sessão da CCJ na Câmara dos Deputados ao entregar um troféu da Champions League. "O senhor merece o troféu em nome do povo brasileiro, que não aguenta mais esta cambada de político safado, ordinário”, disse Boca Aberta.

LDO

A Assembleia Legislativa começou a votar a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que norteia a confecção do orçamento de 2020. A Comissão de Orçamento aprovou o substitutivo-geral do deputado Tiago Amaral (PSB) que prevê ao Estado receitas de R$ 57,6 bilhões para o ano que vem. Os deputados apresentaram 85 emendas e 60 delas foram acatadas pelo relatório.

Salário congelado

O projeto de lei que limita e congela a remuneração mensal do governador em R$ 33.763,00 até o mês de dezembro de 2022, recebeu parecer favorável da CCJ da Assembleia Legislativa. A proposta é assinada pelos nove deputados da Mesa Diretora do legislativo, presidido pelo deputado Ademar Traiano (PSDB), que tem como primeiro-secretário o deputado Romanelli (PSB) e segundo-secretário o deputado Gilson de Souza (PSC).

R$ 500 milhões

Mesmo com a reestruturação de gastos e custos, a Itaipu Binacional manteve os investimentos no Oeste do Paraná. São 180 projetos e mais de R$ 500 milhões de investimentos, o equivalente aos royalties pagos anualmente aos municípios lindeiros. “Isso demonstra que não estamos economizamos investimentos, e sim melhorando a qualidade dos nossos gastos”, disse o general Joaquim Silva e Luna, presidente da binacional. Ele citou ainda “uma série de obras, iniciativas e projetos estruturantes que têm relevância para a região do entorno da usina”.

Visita

O deputado Paulo Litro, presidente do PSDB-PR, e o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel (PSDB), se encontraram em Brasília com os senadores Alvaro Dias (Pode), Oriovisto Guimarães (Pode) e Flávio Arns (Rede). A conversa girou sobre as propostas e projetos para o Paraná, mas a política e as eleições municipais de 2020 também estiveram na pauta. 

Prêmio Ocepar

As inscrições ao 13º Prêmio Ocepar de Jornalismo foram prorrogadas até 31 de julho. O período de veiculação das matérias também foi estendido entre 1º de julho de 2018 a 31 de julho de 2019. Os materiais devem fazer referência ao cooperativismo paranaense nas áreas da agropecuária, crédito, saúde, transporte, turismo, habitação, educação, infraestrutura, consumo e trabalho. O tema deste prêmio é: “No campo ou na cidade somos o cooperativismo no Paraná”. A premiação será entregue no mês de setembro em Curitiba.   

Cidadão de Cambará

O deputado Romanelli (PSB), 1º secretário da Assembleia Legislativa, recebe nesta quinta-feira (4), o título de Cidadão Honorário de Cambará. “Tenho uma ligação fraternal com Cambará. Convivi com o ex-prefeito e deputado Mamede durante quase 30 anos. Se hoje sou o deputado do Norte Pioneiro, foi graças à generosidade dele, que me abriu as portas do município e da região, lá no final dos ano 80”, afirmou.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Foz do Iguaçu fechou o primeiro semestre com novo recorde de visitação. 
AEN/Divulgação
foto das Cataratas do Iguaçu (Foto: AEN/Divulgação)

Foz do Iguaçu fechou o primeiro semestre com novo recorde de visitação. Entre janeiro e junho deste ano, as Cataratas do Iguaçu receberam 908.097 visitantes - crescimento de 6,4% em relação ao ano passado. “O segundo semestre será ainda melhor e fecharemos 2019 com novo recorde de visitação. Temos mais de 550 voos extras confirmados para julho e agosto. Setembro, outubro e novembro será de alta temporada de eventos. Temos um movimento crescente de turistas dos países andinos e dos países que agora passaram a ter isenção do visto de entrada no Brasil, como EUA, Canadá, Austrália e Japão”, disse o secretário de Turismo, Gilmar Piolla.

Saldo positivo

O saldo positivo na geração de empregos em maio só foi possível por causa do desempenho das micro e pequenas empresas. O setor foi responsável pela criação de 38 mil postos de trabalho, enquanto as médias e grandes registraram saldo negativo, demitindo 7,2 mil trabalhadores, conforme dados do Sebrae com base nos números do Caged. No total, maio fechou com saldo positivo de 32,1 mil empregos.

Pequena empresas

"Nas crises, perder gente na micro e pequena empresa é pior do que na média e, sobretudo, na grande empresa. Então, os pequenos negócios têm essa característica, eles contratam quando precisam e praticamente não dispensam. Até porque uma dispensa numa grande empresa é só mais uma, mas numa pequena empresa a demissão gera um desfalque", afirma Carlos Melles, presidente nacional do Sebrae.

Salário mínimo 

O salário mínimo no Paraguai passou para R$ 1.350 - R$ 352 maior do que o mínimo brasileiro. A CUT paraguaia diz que o aumento é insuficiente e reivindicou, sem êxito, um salário de 3 milhões de guaranis (R$ 1.846,00). A ministra do Trabalho, Carla Bacigalupo, admitiu que o mínimo vigente cobre apenas 49% da cesta básica familiar.

Campo Largo

O projeto “Iluminando Campo Largo com Eficiência” é finalista do Prêmio Sesi que divulga práticas para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O projeto desenvolvido pela Cocel melhorou a iluminação pública da cidade, substituindo luminárias tradicionais por modelos led, o que resultou em economia no consumo de energia e contribuiu para a valorização dos espaços públicos e segurança, além de estimular ações voltadas à eficiência energética.

"Afronta e vergonha"

O deputado Romanelli (PSB) classificou como "afronta e vergonha" a volta da cobrança de pedágio com aumento de até 25,77% nas rodovias exploradas pelas concessionárias Caminhos do Paraná e Viapar. “O aumento das tarifas penaliza a economia do Paraná e beneficia as empresas que participaram de um complexo esquema, investigado pela operação Lava Jato, movido por tarifas abusivas, aditivos ilegais, propinas, superfaturamento de obras e serviços e a falta de execução de obras previstas em contrato”.

No plenário

Estados e municípios devem ficar mesmo fora do relatório da reforma da Previdência do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) e a decisão deve ficar com o plenário da Câmara dos Deputados. "Não havendo entendimento de estados e municípios, vai para o Plenário e tentamos construir um entendimento até a próxima semana", disse o deputado Augusto Coutinho (SD-PE), após a reunião do colégio de líderes.

Procuradora da Alep

A deputada Cristina Silvestri (PPS) foi escolhida como a nova Procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa. “Para mim será um desafio, mas, ao mesmo tempo, é uma honra assumir esse posto, afinal, precisamos fortalecer as políticas públicas na defesa das mulheres para sairmos dessa posição de 5º país com maior número em violência contra a mulher”, afirmou.

Saúde é prioridade

A saúde deve ser a principal prioridade do presidente Jair Bolsonaro para 25,7% dos brasileiros, conforme levantamento do Instituto Paraná Pesquisas. Em seguida, como prioridades, vem a geração de empregos (23,2%), segurança (17,4%), educação (15,6%), combate à corrupção (7%) e economia (4,6%). O instituto entrevistou 2.102 eleitores em 158 cidades dos 26 estados mais o Distrito Federal entre os dias 20 e 25 de junho.

Escola Sem Partido

O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), afirmou que o projeto “Escola Sem Partido” não será votado antes do recesso de julho. O projeto - apresentado em 2016 - entrou na pauta de votação, mas foi retirado por dez sessões. Traiano afirma que o novo adiamento foi acordado com os autores do projeto que vão conversar com o ministro Abraham Weintraub (Educação), em Brasília, sobre o posicionamento do governo federal ao tema.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br  

13 cidades vão receber 380 moradias urbanas e rurais.
Divulgação
foto do deputado Diego Garcia (Foto: Divulgação)

São José dos Pinhais está na lista das 13 cidades que vão receber 380 moradias urbanas e rurais do Programa Minha Casa, Minha Vida. Para São José Pinhais serão 112 moradias urbanas no valor de R$ 9,2 milhões dos R$ 18,9 milhões previstos ao Paraná. Também receberão casas do programas as cidades de Saudade do Iguaçu (17 casas), Rio Bonito do Iguaçu (28), Renascença (12), Ramilândia (14), Missal (17), Rio Branco do Ivaí (20), Arapongas (10), Porto Barreiro (23), Diamante D'Oeste (37), Cascavel (14), Piên (30) e Tamarana (50). A notícia do deputado Diego Garcia (Pode-PR) após encontro com o ministro Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) em Brasília.

Sul é fiel

Pesquisa Ibope divulgada pela Confederação Nacional da Indústria mostra que a região é a mais fiel ao presidente Jair Bolsonaro. Hoje, 52% aprovam o presidente, oito pontos a mais em relação ao levantamento anterior. A região é a única onde ele tem como apoiadores mais da metade da população. No geral, 51% dos entrevistados não confiam no presidente, enquanto 46% confiam. Quanto ao modo de governar, os números são menos distantes entre si: 48% desaprovam a maneira como Bolsonaro se comporta à frente do Palácio do Planalto, ante 46% que o endossam.

Modernização

A ministra Tereza Cristina (Agricultura) afirmou que o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul “será fundamental” para a modernização da agricultura brasileira. “Além de ser uma excelente oportunidade para os produtores brasileiros acessarem esse grande mercado”, disse a ministra.

Acordo

Pelo acordo, produtos brasileiros como suco de laranja, frutas e café solúvel não terão tarifas para exportação para o bloco europeu. Exportadores brasileiros obterão ampliação do acesso, por meio de cotas, para carnes, açúcar e etanol, entre outros. Cachaças, queijos, vinhos e cafés do Brasil serão reconhecidos como distintivos. Produtos da UE, como chocolates e produtos para confeitaria, vinhos, espumantes e refrigerantes poderão ser vendidos para o Brasil sem tributação. 

Sem privatização

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa mostra que a maioria dos brasileiros são contra a privatização da Petrobras e Correios. Enquanto 38,2% defendem a privatização dos Correios, 55,1% contra. Já no caso da Petrobras, só 32% são a favor e 61,5% contrários. O instituto entrevistou 2.102 pessias entre 20 e 25 de junho nos 27 estados e mais Distrito Federal. A margem de erro é de 2%.

Asfalto em Bandeirantes

Os prefeitos se articulam freneticamente para 2020 e estão atrás de obras que possam garantir a reeleição. O prefeito Lino Martins (PDT) confirmou que serão asfaltadas 19 ruas com a autorização da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística para execução de obras de pavimentação em Bandeirantes. Os investimentos somam R$ 3,4 milhões e serão pavimentados, com recape asfáltico, mais de 6,1 quilômetros de vias.

Cida na Garibaldi

A ex-governadora Cida Borghetti assumiu a presidência da Sociedade Giuseppe Garibaldi em Curitiba. Cida presidirá a entidade que reúne italianos e descendentes até 2022 e será a primeira mulher a comandar a Sociedade Garibaldi em 136 anos de história. “O meu propósito é cuidar deste extraordinário patrimônio no centro histórico de Curitiba. Imigrantes se reuniram para continuar a tradição italiana no Estado. Aqui está a história das nossas famílias”, disse.

A qualquer momento

O juiz Augusto César Gonçalves, da 6ª Vara Federal de Curitiba, já recebeu todas as manifestações dos réus e pode decidir a qualquer momento sobre o pedido de fechamento da praça e suspensão da cobrança do pedágio pela concessionária Econorte na BR-369 entre Cambará e Andirá. A manifestação da União, única que faltava, já foi anexada ao processo movido pelo deputado Romanelli (PSB) e pelo prefeito de Cambará, Neto Haggi (MDB).

Gramadão e ciclovia

O presidente da Itaipu, Joaquim Silva e Luna, garantiu que a binacional vai revitalizar o Gramadão da Vila A - local que reúne centenas de pessoas semanalmente e fará uma ciclovia em torno do Parque de Eventos Charrua. "Nós estamos com um projeto para melhorar o Gramadão da Vila A, já que a criançada utiliza bastante ali, nos fins de semana e nos feriados, já estamos com o recurso destinado para essa área em torno da Vila A” anunciou.

Plano de saúde

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), anunciou que a mesa diretora vai apresentar um projeto de lei que resolve a questão do plano de saúde para servidores efetivos, aposentados, pensionistas e comissionados. "Está tudo pacificado e vamos apresentar um projeto de lei para resolver esta questão", disse.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Porte de Arma.
Agência Câmara
foto do deputado Pedro Lupion (Foto: Agência Câmara)

“O Senado estender a área da posse de arma do produtor rural é um avanço, mas não é o suficiente, já que o Estado não dá conta da segurança pública, que os produtores possam ter o  direito de portar uma arma para defender as próprias famílias”, disse o deputado Pedro Lupion (DEM-PR) que garantiu empenho pela aprovação na Câmara do projeto aprovado no Senado, que estende a posse de arma ao produtor rural para toda a propriedade, e não somente à sede da fazenda ou local de trabalho e, até, alterar o termo em questão: de posse para porte de arma de fogo.

Seis mil vagas

Para o segundo semestre de 2019, o Senai está com mais de 6 mil vagas abertas para 30 cursos técnicos presenciais em todo o Paraná com mensalidades a partir de R$ 150,70. Entre as opções ofertadas estão eletrotécnica, alimentos, automação industrial, eletroeletrônica, mecânica, desenvolvimento de sistemas, logística e segurança do trabalho. As inscrições vão até 5 de agosto.

MPF cobra Econorte

O MPF recomendou a Econorte a retomada das obras e serviços nas BR-153 e BR-369. Os serviços incluem a manutenção, limpeza, conservação, socorro mecânico, socorro às pessoas, roçagem de vegetação às margens das rodovias. O MPF cobra ainda a retomada das obras do cruzamento em Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, com apresentação, no prazo de 15 dias, do planejamento para a continuidade e encerramento da execução da obra. A concessionária tem cinco dias para informar sobre as medidas adotadas para o cumprimento da recomendação.

Sem conversa

Em Foz do Iguaçu, o governador Ratinho Junior disse que Estado não vai “conversar” com grevistas, vai “negociar por meio do diálogo” e que apenas 4% dos servidores aderiram à greve. “Quero agradecer a maioria dos servidores conscientes das dificuldades que passa o país. A minha responsabilidade é não deixar com que o Paraná quebre”. Na avaliação de Ratinho Junior, a greve é injusta, uma vez que o governo “tem apenas cinco meses”. "Essa greve não é contra o governador, é contra os pais, que pagam os salários deles”, afirmou.

Prevenção a violência

Pais e responsáveis por alunos da rede estadual menores de 18 anos que pratiquem atos de violência contra professores e causem dano material, moral ou estético podem ser responsabilizados civil e criminalmente no Paraná. É o que prevê o projeto de lei dos deputados Delegado Fernando (PSL) e Soldado Fruet (Pros). "Precisamos urgentemente atualizar a legislação para colocar um freio nesta escalada da violência em ambiente escolar que a imprensa noticia quase todo dia”, diz Soldado Fruet.

Novo embaixador

O diplomata Flávio Damico será novo embaixador do Brasil no Paraguai. Seu nome foi aprovado pela Comissão de Relações Exteriores do Senado. Damico ressaltou que vivem hoje  330 mil brasiguaios no Paraguai. "Os brasiguaios são responsáveis por grande parte da produção de soja por lá. E a comunidade está envolvida na disputa por terras, pois 60% destas terras pertencem aos brasileiros nas regiões produtivas. Há uma grande insegurança jurídica quanto aos títulos de propriedade, e o tema costuma ser politizado localmente", alertou.

Pacto federativo

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-RR), e o ministro Paulo Guedes (Economia) vão tratar, após aprovação da reforma da previdência, de também reformar o pacto federativo para descentralizar os recursos públicos. "Não é possível a União arrecadar 70% dos impostos dos brasileiros e ficar com o controle desses recursos esperando governadores e prefeitos virem a Brasília com o pires na mão. Parabenizo o governo por compreender isso", disse Alcolumbre.

Bagagens em aeroportos

O deputado Douglas Fabricio apresentou projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de cartazes em aeroportos com informações sobre as dimensões e peso máximo das bagagens de mão para voos nacionais e internacionais. “Percebemos o aumento constante das queixas de consumidores sobre despacho de bagagens em viagens de avião. As pessoas reclamam de falta de informação, propaganda enganosa e do valor cobrado. Precisamos regularizar esta situação e dar clareza aos consumidores”, argumenta.

Chapa de vereadores

O MDB de Curitiba vai 'construir' sua chapa de vereadores às eleições municipais de 2020 a partir das reuniões nos bairros. "A ideia é a partir do ano que vem, a gente ter 100 nomes de candidaturas viáveis para uma chapa de vereadores. E dos 100 nomes, vamos escolher, fazer uma convenção para decidir sobre os 57 candidatos a vereador, que é o que a legislação permite", disse o presidente estadual da legenda, João Arruda.

Combate ao Feminicídio  

O governador Ratinho Júnior sancionou a lei proposta pela deputada Cristina Silvestri (PPS) que institui no Paraná o Dia de Combate ao Feminicídio. A data - 22 de julho - lembra o dia da morte da advogada Tatiane Spitzner que desencadeou no Brasil o debate sobre a violência contra a mulher. “Queremos garantir um dia de luta em que a sociedade e às instâncias públicas possam se reunir em torno de ações e de conferências de políticas de combate ao feminicídio”, explica.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Coletiva seletiva
crédito: assessoria/pmpb
foto do prefeito Augustinho Zucchi (Foto: crédito: assessoria/pmpb)

O prefeito Augustinho Zucchi (PDT) investiu R$ 365,3 mil e comprou mais 150 contêineres para a coleta seletiva em Pato Branco. "Cento e vinte serão distribuídas na área central e 30 serão reservadas para uso durante eventos ou para substituições urgentes. Com os contêineres, fortalecemos a coleta seletiva e auxiliamos a cooperativa de trabalho dos agentes ambientais, além de preservamos o aterro sanitário".  

Anistia das multas

O deputado Vermelho (PSD-PR) destacou a aprovação do seu relatório na Comissão de Viação e Transportes que anistia multas aos caminhoneiros que fizeram greve entre 21 de maio e 4 de junho de 2018. "Sou filho de caminhoneiro e os conheço muito bem. A manifestação, justa e legítima, protestou contra uma política equivocada de alta tributação e aumento exagerado dos combustíveis. A aplicação das multas foi uma retaliação ao protesto dos caminhoneiros. Punir 1,4 mil caminhoneiros com multa superior a R$ 5 mil e perda da CNH era um crime porque tiraria o sustento dessas famílias", disse.

Colégios militares

Quatro novos colégios da Polícia Militar serão implantados no Paraná. Os de Foz do Iguaçu e Pato Branco começam as aulas em 2020 e os de Cascavel e Apucarana ainda sem data prevista para início das aulas. Os novos colégios se somam aos quatro já em atividade: os de Cornélio Procópio e de Maringá, inaugurados em 2019, o de Londrina, que começou a funcionar em 2018, além do tradicional Colégio da Polícia Militar do Paraná, em Curitiba.

Posse de armas

O Senado aprovou os projetos de lei que estende a posse de armas na zona rural para toda a área da propriedade e não apenas para a sede e o que reduz de 25 para 21 anos a idade mínima para posse de arma de fogo em propriedade rural. Os projetos seguem agora para a Câmara dos Deputados.

Abuso de autoridade

O Senado aprovou o relatório de Rodrigo Pacheco (DEM- MG) ao projeto de lei conhecido como Dez Medidas de Combate à Corrupção. O ponto mais polêmico foi a inclusão de artigos que tratam do abuso de autoridade por parte de juízes e membros do Ministério Público. Destaques e emendas tentaram reduzir o efeito do trecho sobre abuso de autoridade, mas foram derrubados. O projeto volta agora para a Câmara dos Deputados, uma vez que sofreu alterações de mérito.

Munição para críticas

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) afirmou que o Congresso Nacional oferece munição para ampliar as críticas da sociedade aos parlamentares. Ele se referiu ao projeto de lei, conhecido como Dez Medidas contra a Corrupção, que prevê também a criminalização do abuso de autoridade cometido por juízes e membros do MP. Para o senador, o texto original passou por desconfiguração durante análise na Câmara dos Deputados e já não corresponde mais com o que foi proposto. "Neste momento, estamos discutindo abuso de autoridade, mas a prioridade do povo do país é o combate à corrupção. É difícil convencer a nação de que nós estamos repercutindo aqui as suas aspirações".

São dois projetos

O senador Oriovisto Guimarães (Pode-PR) sugeriu ao Congresso Nacional separar as medidas anticorrupção do abuso de autoridade. "O Congresso tem que cuidar da imagem, que é ruim diante da população, porque aprovamos projetos como este que tem vício de origem. Este projeto começou para combater a corrupção. Lá atrás foram criadas, quase que como oposição à vontade popular, a ideia de se combater o abuso de autoridade. Se nós pudéssemos separar as duas coisas, aprovar um processo contra o abuso de autoridade e outro processo combatendo a corrupção vamos passar uma mensagem clara para a população que este Senado é a favor de combater a corrupção". 

Mensagem dúbia

"Quando a população pede que se combata a corrupção e falamos em combater eventuais abusos das autoridades que estavam a frente do combate a corrupção, nós passamos uma mensagem dúbia, muito ruim para esta Casa. Por isso, às vezes temos famas de estarmos em conluio com aqueles que se locupletam com a corrupção. É infeliz a origem. Eu voto contra o todo do projeto, mas insisto, votaria a favor de 90% do que está escrito nele, e se os dois assuntos estivessem separados", afirmou Oriovisto.

Sem aposentadoria

O governador Ratinho Junior indeferiu o pedido da ex-governadora Cida Borghetti para receber verba de representação, conhecida também como pensão vitalícia. Proposta de Ratinho Junior, promulgada em maio pela Assembleia Legislativa, revogou parte do artigo 85 da Constituição Estadual que permitia o pagamento de uma verba mensal e vitalícia para ex-governantes.

Custos

O Estado gasta cerca de R$ 4 milhões por ano com o pagamento do benefício a oito ex-governadores e três viúvas de ex-governantes. O valor da pensão é de R$ 30.471,11. Atualmente recebem a aposentadoria os ex-governadores Beto Richa, Orlando Pessuti, Jaime Lerner, Mário Pereira, Roberto Requião, João Elízio de Ferraz Campos, Emílio Gomes e Paulo Pimentel; além de três viúvas: Arlete Richa, Madalena Mansur e Rosi Gomes da Silva.

Vou aguardar

A ex-governadora Cida Borghetti (PP) disse que recebeu com naturalidade a decisão do governador Ratinho Junior a respeito do pagamento da verba de representação para os ex-governantes. O mesmo procedimento ocorreu com os pedidos dos ex-governadores Orlando Pessuti (MDB) e Roberto Requião (MDB). A assessoria jurídica de Cida vai avaliar o despacho e o parecer jurídico de Ratinho Junior e Informa que vai aguardar outras decisões sobre os questionamentos que envolvem o tema na esfera jurídica para tomar sua decisão.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Mourão em Curitiba
crédito: Adnilton Farias/VPR
foto do vice-presidente Hamilton Mourão (Foto: crédito: Adnilton Farias/VPR)

O vice-presidente Hamilton Mourão participa nesta sexta-feira, 28, em Curitiba, do aniversário dos 140 anos do Regimento de Polícia Montada, a unidade mais antiga da Polícia Militar do Paraná. À noite, Mourão participa de palestra no Graciosa Country Club.

Acordos de leniência

A Advocacia-Geral da União negocia mais 20 acordos de leniência com empresas. Ontem, a AGU, Controladoria-Geral da União, MPF e o Departamento de Justiça dos EUA concluíram a primeira negociação global no âmbito da Lava Jato. O acordo totalizou R$ 1,13 bilhão - R$ 819 milhões serão pagos no Brasil - que será pago pela Technip Brasil e pela Flexibras. Já são oito acordos assinados desde 2017 com empresas investigadas pela ‘prática de atos lesivos’. O retorno aos cofres públicos é de R$ 10 bilhões, sendo que, dos acordos já celebrados, foram pagos, até o momento, mais de R$ 2,1 bilhões.

Multa

O Tribunal Regional Federal da 4a Região multou o Facebook e o WhatsApp em R$ 23 milhões por descumprimento de decisões judiciais. As plataformas, controladas pelo Facebook, desrespeitaram uma ordem da 1a Vara Federal de Umuarama que impôs sanção de R$ 2 bilhões. A decisão veio após as duas redes sociais se negarem a fornecer dados sigilosos e a interceptar comunicações em contas investigadas na Operação Malote da Polícia Federal. O TRF4  avaliou o caso considerou o valor alto e fixou novo montante.

Com ou sem recesso

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), garantiu ao deputado Evandro Roman (PSD-PR) que a reforma da Previdência será votada até o dia 17 de julho. "Ele (Maia) garantiu que até o dia 17, quando começa o recesso, fará a votação final na Câmara dos Deputados. Mas se não terminar até o dia 17, não haverá recesso. É importante esse comprometimento do presidente Rodrigo Maia e do Congresso Nacional com as reformas. Agora, a decolagem para valer será com  reforma tributária".

Greca e o PSDB

O presidente estadual do PSDB, deputado Paulo Litro, e lideranças tucanas se encontraram o prefeito Rafael Greca (DEM) e conversaram sobre projetos para Curitiba e apoio para as eleições de 2020. “Temos um ótimo diálogo com o prefeito Greca e sintonia entre o executivo municipal e os vereadores do partido. Queremos dar continuidade a essa parceria no próximo ano, bem como promover novos projetos que venham a melhorar a estrutura do município e qualidade de vida nas comunidades”, destacou Paulo Litro.

Pimentel de vice

Durante o encontro, Greca elogiou o trabalho desenvolvido pelo vice-prefeito Eduardo Pimentel (PSDB) e ressaltou que ele é um dos primeiros nomes para o cargo em uma possível reeleição. “Ainda é cedo para discutir as eleições, mas o trabalho do Eduardo o credencia e, com certeza, é uma excelente opção que temos.”

Asfalto em PG

O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) anunciou mais R$ 30 milhões para asfalto em Ponta Grossa, completando R$ 100 milhões de investimentos na área. “Este é o maior anúncio na história de Ponta Grossa em infraestrutura asfáltica”, adiantou Rangel. Os recursos são do programa da Caixa Econômica Federal e dos R$ 55 milhões liberados, R$ 45 milhões já foram licitados. 

Procuradoria da Mulher

A Assembleia Legislativa aprovou a criação da Procuradoria da Mulher no legislativo. A Procuradoria deve zelar pela defesa dos direitos das mulheres, receber, examinar e encaminhar as denúncias de violência e discriminação contra a mulher. “Todas as iniciativas em benefício das mulheres devem ser consideradas e levadas em frente sempre que possível. A Procuradoria será ocupada por uma deputada e vai se somar as outras instituições que trabalham na defesa dos direitos das mulheres”, disse o deputado Ademar Traiano, presidente do legislativo.

15 anos na Fecomércio

O empresário Darci Piana completou 15 anos a frente da Fecomércio. “São 15 anos à frente da federação e do Senac e 14 anos no Sesc", disse Piana ao citar as transformações promovidas ao longo desse tempo. A Federação foi reestruturada, passou a ofertar novos serviços, foram criadas as câmaras setoriais de materiais de construção, medicamentos, turismo. Também foi instituída a Câmara da Mulher, o Departamento de Relações Internacionais, o Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento, além de cursos, seminários e eventos destinados ao aprimoramento da gestão empresarial. 

15 anos II

Ao mesmo tempo, Sesc e Senac ampliaram as ações e um plano de expansão. Foram construídas 33 novas unidades físicas, 21 do Senac e 12 do Sesc, além de dez unidades móveis. Atualmente o Senac conta com 34 unidades de educação profissional e tecnológica, especializada em educação a distância, três faculdades tecnológicas, 60 ambientes de prática profissional,  quatro unidades móveis e quatro obras em andamento. No Sesc, são 38 pontos de atendimento, seis unidades móveis, além de nove construções e reformas, que permitem às entidades oferecer seus serviços aos habitantes dos 399 municípios do Paraná. 

Sou contra

O vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Sérgio Souza (MDB-PR), discordou da decisão que suspendeu o trecho da MP que transferia a demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura. A liminar foi concedida pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF. “O que diz respeito a regularização de terras indígenas o Congresso lá na comissão especial retira e não coloca em nenhuma outra secretaria ou em nenhum outro ministério. Então, nós não analisamos o tema”, argumentou.

Cabeça de porco

Entre as ameaças que vem recebendo desde que se elegeu, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) recebeu uma cabeça de porco em sua casa, logo após a eleição. “Eu não me apavoro com absolutamente nada”, disse.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br