conecte-se conosco


Carros e Motos

Xiaomi revela mais detalhes sobre a sua nova moto elétrica. Assista ao vídeo

Publicados

em


source
Xiaomi arrow-options
Divulgação

Moto elétrica Xiaomi tem potência equivalente a motores de esportivas de 900 cc, e acelera como uma

Três meses sem novidades após o lançamento oficial na China, a Xiaomi compartilhou mais informações sobre do que a Segway Apex — sua primeira moto elétrica — é capaz. O veículo foi construído em parceria com a Ninebot, fabricante chinesa que tem a Xiaomi como uma de suas maiores investidoras. Ela vai de 0 a 100 km/h em apenas quatro segundos. No momento, também não temos informações sobre a chegada da Segway Apex nas lojas, nem o seu preço.

LEIA MAIS: Xiaomi, marca de celular, lança SUV médio que custa o equivalente a R$ 52 mil

Além disso, a Xiaomi confirmou que a moto elétrica gera 150 cv e consegue alcançar uma velocidade máxima de 200 km/h. Ainda que esses números sejam “comuns” para motos de corrida tradicionais, para um veículo elétrico, essa marca é uma grande conquista. As empresas ainda não divulgaram por quanto tempo a Segway Apex é capaz de rodar antes da recarga, portanto, se seguir a média das elétricas que estão surgindo cada vez mais, deverá ser em torno dos 200 km.

Leia Também:  Uma Harley-Davidson ligada na tomada

LEIA MAIS: Moto elétrica traz celulares da Samsung no lugar de retrovisores

O visual segue a linha das carenadas esportivas, com tanque de combustível rebaixado, rabeta curta e elevada, guidão que fornece uma empunhadura firme. As cores são branco e preto, sendo a primeira predominante. Trata-se de um projeto ideal para uma condução esportiva, seja em trackdays , ou nas estradas mais sinuosas. Outros aspectos que merecem divulgação são os seus conjuntos estruturais, como suspensão, freios e outros que compõem a ciclística.

LEIA MAIS: Apple adia para 2021 prazo para mostrar carro

Para quem não está familiarizado com os investimentos da Xiaomi em veículos elétricos , vale lembrar que Lei Jun, CEO da empresa, é apaixonado por esse novo segmento e acredita no sucesso que financeiro que pode trazer. Jun já fez investimentos em startups de veículos elétricos como a Yunmake, que tem foco no desenvolvimento de motocicletas inteligentes.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:

Carros e Motos

Governo libera rodar com CNH vencida por conta do coronavírus

Medida visa evitar aglomerações em locais públicos, como Detrans

Publicados

em

A isenção é válida para todas as carteiras de motorista que deixaram de ser válidas no dia 19 de fevereiro deste ano Foto: Divulgação/PRF

O governo permitiu a condução de veículos com a CNH vencida em todo território nacional. A isenção é válida para todas as carteiras de motorista que deixaram de ser válidas no dia 19 de fevereiro deste ano. A informação é da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A medida visa evitar aglomerações em locais públicos, como Detrans, durante a pandemia do novo coronavírus no Brasil. Normalmente quem está com a CNH vencida só pode circular até 30 dias após a validade do documento.

Por conta disso, o tempo máximo para renovação da CNH subiu de 12 para 18 meses. Outros serviços normalmente feitos nos órgãos públicos também estão suspensos, como identificação de condutor em multas (incluindo as já emitidas), recursos para multas e de suspensão/cassação de habilitação.

Quem já teve a CNH cassada ou suspensa antes disso, porém, segue sem ter o direito de dirigir veículos, pois o documento permanecerá sem validade.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União e tem efeito imediato.

Fonte portal A Rede

 

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo libera rodar com CNH vencida por conta do coronavírus
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020