conecte-se conosco


SUSPEITA DA COVID-19

Boletim da Sesa inclui casos suspeitos em Tomazina, Japira, Conselheiro Mairinck e Jacarezinho

Paraná eleva lista de suspeitas do novo coronavírus e inclui região Norte Pioneiro

Publicados

em

Hospital em Tomazina - Foto: Ilustração Google

Nesta sexta-feira (20), foram confirmadas mais cinco suspeitas relacionada à Covid-19, pela Sesa – Secretaria Estadual da Saúde do Paraná, que divulgou em boletim oficial os números do novo Coronavírus do Paraná.

O Norte Pioneiro passou a integrar lista oficial com cinco casos suspeitos na região. Jacarezinho aparece com duas suspeitas, seguidas de Japira, Tomazina e Conselheiro Mairinck, com um caso suspeito em cada cidade. Outros quatro casos suspeitos, dois em Jacarezinho, um em Santo Antônio da Platina e Siqueira Campos, já foram descartados.

Veja mapa em tempo real dos municípios com casos confirmados e descartados. Números oficiais alinhados com a Sesa.

Ainda não há informações mais detalhadas dos casos.

Para evitar maior exposição, profissionais da saúde pedem para que as pessoas só procurem os postos de saúde e hospitais se apresentarem os sintomas da doença.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sala do Empreendedor de Arapoti recebe premiação por qualidade do atendimento

Cidades

Estudante de medicina suspeito de manter a mãe em cárcere é preso no interior

Publicados

em

No local, os policiais encontraram a vítima em estado alarmante

Um estudante de medicina, de 27 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Paraná por ser suspeito de manter a própria mãe, de 52, em cárcere privado. No local, os policiais encontraram a vítima seminua na cama, sem lençóis e suja de urina.

Segundo a delegada Mônica Ferracioli, da Delegacia da Mulher, a polícia descobriu o crime após uma denúncia, que no local foi confirmada. “Tudo que estava na denúncia foi confirmado no local. A mulher vivia ali e fazia meses que não saia de dentro de casa. O pessoal da saúde vinha, ele espiava pela janela e não abria a porta. A casa vivia constantemente fechada, as janelas estavam cobertas por papel alumínio e o muro é bem alto pra ninguém ver nada ali mesmo”, descreveu a delegada.

Com a polícia no local, na hora do encontro, a mulher apresentava fraqueza, desnutrição e estava com hematomas no rosto. O filho justificou aos policiais que as lesões eram consequências de quedas sofridas na casa.

Leia Também:  Municípios da região participam de estudo para retomada econômica do Turismo no Paraná

Ainda, segundo a Polícia Civil, a casa cheirava um forte odor de fezes.

Diante do fato, a senhora foi encaminhada a um hospital da cidade, onde ela permanece internada. Já o filho irá responder pelo crime de cárcere privado.

A ação ocorreu nesta quarta-feira (01), em uma residência no bairro Morumbi, na cidade de Foz do Iguaçu, oeste do Paraná.

Fonte Banda B

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020