conecte-se conosco


Cidades

Cadastro de imóveis foi atualizado via georreferenciamento em Jaguariaíva

Publicados

em

Foi realizada neste ano em Jaguariaíva a atualização de cadastro imobiliário, com o objetivo de alinhar a base de dados ligada à arrecadação de IPTU ao retrato atual da cidade. Para o procedimento foi contratada uma empresa especializada em georreferenciamento.
A ação foi necessária porque o cadastro era antigo, visto que o último serviço neste sentido data de 1994. Com isso muitos imóveis constavam uma determinada metragem, porém, na realidade, tinham passado por ampliações ou alterações de características. Além disso, terrenos vazios passaram a ter áreas construídas, devendo refletir na arrecadação.

+Em parceria com a Cohapar, prefeito de São José quer regularizar cerca de 2 mil imóveis sem escritura

De acordo com imagens aéreas e sistema informatizado, foi diagnosticado que, num universo de sete mil imóveis, entre 4 a 5 mil tiveram acréscimo na área construída. Em se tratando de terrenos antes vazios, 2.231 agora têm edificações.
Os novos carnês do IPTU com os valores atualizados via georreferenciamento devem ser entregues a partir da segunda quinzena de julho. Já o pagamento da primeira parcela tem previsão de vencimento para 12 de agosto. Conforme o Departamento de Tributação da prefeitura o IPTU não teve aumento, mas correção inflacionária.

+Notícias dos Campos Gerais

Campanha – Neste ano os contribuintes que quitarem pontualmente seu IPTU novamente terão direito a cupons para concorrer ao sorteio de prêmios no final do ano, através da campanha “Jaguariaíva em Recuperação Fiscal”. Serão distribuídos até 11.837 cupons, que preenchidos e depositados nas urnas darão direito a concorrer ao sorteio de um carro, uma moto e cinco televisões Smart.
A novidade nesta terceira edição da campanha é que, além do IPTU e nota fiscal do ISSQN, de valor igual ou superior a 50% da Unidade Fiscal do Município (R$ 51,86), o emplacamento de veículo de outra cidade em Jaguariaíva também dará direito aos cupons da campanha. O procedimento vale para veículos transferidos após 20 de junho deste ano. A retirada dos cupons deve ser feita na prefeitura, no Departamento de Tributação.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jaguariaíva cria comitê que irá planejar retorno das aulas presenciais no município

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Norte Pioneiro

Projeto institui o Circuito Cicloturístico Rota Norte Pioneiro

Publicados

em

Foto: Divulgação.

Os deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB) e Goura (PDT) apresentaram nesta quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Paraná, o projeto de lei 552/2020 que institui o Circuito Cicloturístico Rota Norte Pioneiro que se estende a 20 cidades da região. Em seis pontos, o projeto objetiva desde o incentivo ao uso da bicicleta e ao turismo ecológico até o desenvolvimento dos arranjos produtivos locais e a movimentação da economia de Cornélio Procópio e dos municípios vizinhos.

“O cicloturismo é uma modalidade em que se utiliza a bicicleta não somente como meio de transporte, mas como uma parceira de viagem. O cicloturista diferencia-se do turista comum, pois seu objetivo não é simplesmente chegar ao destino final, mas aproveitar o caminho que geralmente consiste em estradas rurais e secundárias recheadas de atrativos naturais e culturais”, diz Romanelli em sua justificativa.

Romanelli destaca ainda que os cicloturistas movimentam a economia local e interagem muito mais com os moradores da região. “Uma outra vantagem é que a prática não demanda grandes obras ou investimentos. A criação de estruturas e medidas simples e eficazes podem atrair mais participantes e movimentar regiões que antes não seriam exploradas turisticamente.

 

Leia Também:  Ministérios Públicos se unem contra retorno às aulas presenciais no Paraná

Municípios

Além de Cornélio Procópio integram o Circuito as cidades de Andirá, Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Congonhinhas, Ibaiti, Itambaracá, Jacarezinho, Joaquim Távora, Nova Fátima, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santa Mariana, Santo Antônio da Platina, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

As prefeituras poderão definir, dentro dos limites do respectivo município, o traçado da rota que fará parte do Circuito de forma integrada com as rotas das cidades vizinhas, mapear e divulgar os atrativos e produtos turísticos da região, disponibilizar informações e oferecer matérias das rotas, atrativos e produtos turísticos em meios de comunicação físicos e virtuais, como mapas, cartilhas, certificados, passaportes, sites e aplicativos e ainda formar consórcios para a implantação, administração, manutenção e gestão dos circuitos.

“Com a implantação de circuitos cicloturisticos, a cooperação entre Estado e municípios será fortalecida. O Estado definirá o circuito e a sinalização adequada e os municípios, além da efetivação da rota e assistência aos ciclistas, vão disponibilizar uma estrutura cicloviária para uso diário dos moradores”, completa Romanelli.

 

Via: ALEP.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020