fbpx
conecte-se conosco


PANDEMIA

Arapoti edita novos decretos para conter avanço da Covid-19

Publicados

em

Foto. Divulgação.

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta quinta-feira, 14, novas medidas, estabelecidas em decretos municipais, para tentar conter o crescente número de casos do coronavírus. Nas últimas 24 horas o município teve a confirmação de duas novas mortes e 28 novos pacientes diagnosticados com a doença.

Para tentar frear os números, o município volta a proibir a aglomeração acima de dez pessoas em qualquer local, seja em eventos, via pública e até mesmo na residência das pessoas com churrascos e celebrações. Denúncias de aglomerações podem ser encaminhadas para o Whatsapp (43) 9 9164-4431.

Os comerciantes deverão novamente controlar o acesso a seus estabelecimentos, limitando a capacidade à metade liberada pelo Corpo de Bombeiros. Formação e organização de filas em frente ao estabelecimento serão de responsabilidade dos proprietários, que também deverão informar na entrada a capacidade de seu comércio, além da disponibilização obrigatória de álcool em gel. Estabelecimentos que desrespeitarem as normas sanitárias poderão ser fechados entre uma a duas semanas, caso haja reincidência.

As igrejas poderão realizar seus cultos desde que com a capacidade limitada à 50% e com o distanciamento de 2 metros entre os fiéis. Academias funcionarão limitadas a até 30% de sua capacidade total. Bares, lanchonetes e restaurantes também terão limitação de 50% de sua capacidade e deverão manter distância entre as mesas de dois metros e deverão evitar que clientes se aglomerem tanto no espaço interno do estabelecimento, como no externo.

O toque de recolher fica estendido das 23h até às 06h, com exceção de pessoas que estão indo ou voltando do trabalho, ou procurando atendimento médico. Por fim, o uso da máscara segue obrigatório, seja dentro de espaços e estabelecimentos comerciais e de serviços e também nas vias públicas. Agentes estarão fiscalizando e orientando a população para o cumprimento das normas.

Leia Também:  Educação realiza reunião para definir ações de volta as aulas presenciais

 

VIA: Folha Paranaense.

COMENTE ABAIXO:

Campos Gerais

Ministério Público instaura inquérito para acompanhar vacinação da Covid-19 em Arapoti

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Objetivo é apurar se houve registros de “Fura filas” durante a aplicação das doses do imunizante nos públicos alvos no município

 

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Arapoti, instaurou um inquérito para verificar se há casos de “fura-filas” no processo de vacinação no município.

De acordo com o MP, o objetivo é apurar se o processo está sendo realizado de maneira adequada seguindo as orientações dos protocolos de saúde para aplicação das vacinas. “Requisitamos informações sobre o cronograma de vacinação em Arapoti, a lista de todos os que foram vacinados pelo Município, bem como informações acerca de uma reclamação trazida ao MP por um médico” afirmou o Promotor de Justiça, Esdras Soares Vilas Boas Ribeiro.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura no sexta-feira (26), o município tem atualmente 282 casos ativos em isolamento domiciliar, oito pacientes internados e já chegou a 20 óbitos desde o início da pandemia. Na última quinta-feira (25), a secretaria de Saúde confirmou a morte de um idoso de 88 anos que estava internado em Ponta Grossa e veio a óbito vítima da doença. Ao todo, 1.357 pessoas já se recuperaram da doença.

 

Leia Também:  Municípios do NRE de Wenceslau Braz decidem manter aulas remotas no início do ano letivo

Denuncias

No mês passado, a Controladoria Geral do Estado do Paraná, (CGE) colocou a disposição sua estrutura de ouvidoria para receber denúncias sobre possíveis casos de fura-filas, os quais os dados dos suspeitos são encaminhados ao Ministério Público que fica responsável por apurar se os casos realmente se tratam de fraudes para que estes respondam as sanções cabíveis a situação.

As denúncias podem ser realizadas pelo telefone 0800 041 1113; pelo site www.cge.pr.gov.br, na aba OUVIDORIA; pelo e-mail [email protected]; pelo Whatsapp (41) 3883-4014; ou ainda pelo formulário disponível no endereço eletrônico http://www.cge.pr.gov.br/Pagina/Registre-sua-Reivindicacao.

Vale ressaltar que, até o presente momento, o município de Arapoti não aparece na lista de denúncias recebidas pela CGE.

 

Decreto diminui diagnósticos

Arapoti conseguiu reduzir a taxa de contaminações por COVID-19 no município em 6,3% no período entre 11 e 25 de fevereiro, tendo um aumento de 14,3% no número de contagiados. No período anterior, entre 28 de janeiro e 10 de fevereiro, a taxa registrada havia sido de 20,6%. Em comparação, entre 28 de janeiro e 10 de fevereiro, o Paraná teve um crescimento de 7,5% no número de contágios. Entre 11 e 25 de fevereiro, o índice estadual subiu 1,5%, resultando num crescimento de 9%.

Leia Também:  Morre ex-prefeito de Arapoti Emílio Carneiro Kluppel vítima da Covid-19

Essa diminuição ocorrida no município se deu em razão da publicação do decreto nº 5915 de 2021, editado em 11 de fevereiro, que reforçou as medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia em Arapoti. “Esses números demonstram que a tomada de medidas restritivas mais duras são necessárias e contribuem sim para o controle da disseminação da COVID-19”, explica a secretária de Saúde Andréa Silva.

“Sabemos que a população se encontra cansada e a imposição de restrições traz incômodos às pessoas, mas são medidas que precisamos tomar visando garantir a saúde e a preservação das vidas das pessoas”, esclarece o prefeito Irani Barros. “Por isso, pedimos a todos que cuidem de si e do próximo, usando máscara, higienizando as mãos, mantendo o distanciamento social, não participando de aglomerações, e seguindo as regras que visam coibir a propagação da doença”, enfatiza. “Ressalto, é importante que todos cumpram as medidas estabelecidas. Somente com a colaboração de todos poderemos superar esse momento difícil”, conclui o Prefeito.

 

Informações: Prefeitura Municipal de Arapoti – Folha Paranaense – CGE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020