conecte-se conosco


URGENTE

Assembléia aprova estado de calamidade pública em Jaguariaíva; cidade tem 18 casos da Covid-19

Publicados

em

Saúde de Jaguariaíva confirmou nesta quarta-feira (3), 18 casos da Covid-19 - Reprodução Google

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou nesta quarta-feira (3) o projeto de decreto legislativo 12/2020, assinado pela Comissão Executiva da Casa, que reconhece o estado de calamidade pública a mais 15 municípios paranaenses devido à pandemia de COVID-19.

Entre os municípios da região está Jaguariaíva, que também nesta quarta-feira (3), confirmou 18 casos da doença.

O texto passou em primeiro e em segundo turnos durante as duas sessões remotas, sendo uma ordinária e outra extraordinária, e está apto para ser promulgado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB).

“Mais uma vez a Assembleia oferece as condições para os municípios cumprirem as metas fiscais em função dessa pandemia. Há a necessidade de fazer mudança orçamentária, disponibilizar mais recursos para as áreas que são mais importantes, como saúde e social, e a calamidade pública dá essa condição legal”, disse Traiano. “A calamidade é exclusivamente para os fins fiscais. É uma compensação financeira por conta da queda da receita que estados e municípios estão tendo”, complementou o primeiro secretário da Casa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).


Os municípios que integram o projeto de decreto legislativo 12/2020 são: Fernandes Pinheiro; Iporã; Jaguariaíva; Mirador; Nova Aurora; Ortigueira; Quatro Barras; Santa Izabel do Oeste; São Manoel do Paraná; Sengés; Vera Cruz do Oeste; Tibagi; Diamante D’Oeste; Palmas; Tuneiras do Oeste.

Leia Também:  Sanepar vai investir R$ 258 milhões em 14 municípios e Jacarezinho está na lista

O reconhecimento do estado de calamidade pública de um município pela Assembleia Legislativa cumpre o que prevê a Lei Complementar Federal nº 101, de 04 de maio de 2000, conhecida como Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com os incisos I e II do artigo 65, ficam suspensas as restrições decorrentes de eventual descumprimento aos limites de despesa com pessoal e de dívida consolidada. Da mesma forma, é dispensando o cumprimento de resultados fiscais e a limitação de empenho.

Calamidade – De acordo com o inciso IV do artigo 2º do Decreto federal nº 7.257, de 4 de agosto de 2010, o estado de calamidade pública se caracteriza por “situação anormal, provocada por desastres, causando danos e prejuízos que impliquem o comprometimento substancial da capacidade de resposta do poder público do ente atingido”. Ou seja, a ocorrência de situação fora do comum que exija respostas imediatas do poder público e que comprometem a previsão orçamentária.

Orientações – Para que um município tenha reconhecido o decreto de calamidade pública é preciso fazer a solicitação formal ao Poder Legislativo, com justificativa, e comprovar a publicação em Diário Oficial do decreto municipal. A Assembleia Legislativa do Paraná tem orientado prefeitos e suas equipes, que receberam um manual com informações sobre todos os procedimentos necessários.

COMENTE ABAIXO:

Campos Gerais

Câmara de Arapoti tem contas aprovadas sem ressalvas pelo TCE-PR

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

O Poder Legislativo de Arapoti teve sua prestação de contas anual, referentes ao exercício financeiro de 2019, aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). A notificação foi enviada à Câmara Municipal no último dia 03 de julho.

O Presidente da Casa, Marineo Ferreira (DEM), explica que sua gestão está baseada em meios legais, como na Lei de Responsabilidade Fiscal que regulamenta a utilização de recursos públicos, e nos princípios constitucionais. “Além de respeitar os limites de despesas e cumprir as exigências legais, atuamos sempre com transparência e lisura a frente do legislativo municipal”, falou o Presidente da Câmara. “A administração pública deve ser cuidadosa ao aplicar o dinheiro público, buscando o equilíbrio das contas e a aplicação compromissada do orçamento”.

 

Via: Assessoria CMA.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Colégio N. Sra. das Neves é homenageado em evento nacional de escolas católicas
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020