conecte-se conosco


DECISÃO

Comércio e igrejas voltam a funcionar em horário normal em Wenceslau Braz

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

O prefeito Paulo Leonar divulgou através das redes sociais a publicação de um novo decreto que promove mudanças em relação ao horário de funcionamento do comércio e de igrejas no município de Wenceslau Braz.

Com o novo decreto, o comércio em geral fica autorizado a retomar suas atividades em dias e horários habituais praticados antes das restrições causadas pela pandemia do novo coronavírus a partir deste sábado (6). Porém, será mantido a obrigatoriedade de que os comerciantes cumpram as orientações da Saúde para prevenir a proliferação do vírus.

Além do comércio, o decreto também autoriza o funcionamento de Igrejas desde que sejam respeitadas as orientações e medidas sanitárias de prevenção a Covid-19.

O documento ainda aponta apenas estas alterações ressaltando que as demais regras do decreto 71/2020 permanecem em vigor.


As medidas sanitárias recomendadas pela Secretaria Municipal da Saúde podem ser acessadas através do link: https://drive.google.com/file/d/1YNuM4ATZZBZ0BUiNvu-enXjZfGiFRtay/view?usp=sharing&fbclid=IwAR3lAgh1SCg-tLYGg5Vw1XV1-XYBKCsYyx7rLRDszd3deyfSZTTlc9RnORc

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara de Arapoti tem contas aprovadas sem ressalvas pelo TCE-PR

Cidades

Paraná vê pior ano epidemiológico em casos e mortes por dengue

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

A Secretaria de Estado da Saúde finaliza o período sazonal 2019/2020 de monitoramento da dengue com a publicação de boletim epidemiológico, nesta terça-feira (14). O Estado fecha o ciclo de 12 meses com 227.724 casos e 177 mortes confirmadas. Foi o pior ano em se tratando de casos e mortes no Estado.

O acompanhamento de julho 2019 a julho 2020 publicou 43 boletins epidemiológicos, com registros de casos confirmados, notificados, óbitos e análises sobre os índices da doença nas regiões e cada município do Estado.

Até ontem, 244 cidades estavam em situação de epidemia e 31 em alerta para a dengue. O informe mostra que 22.700 casos seguem em investigação.
Em relação aos óbitos por dengue o aumento em relação ao boletim do período anterior é de cerca de 80%. Entre 2018/2019 foram 22 óbitos e agora são 177 mortes provocadas por dengue.

Desde o início do período, a Secretaria da Saúde já alertava para a possibilidade de aumento expressivo de casos devido ao novo sorotipo da doença, o Den-2, que até então não circulava no Estado. O fluxo do subtipo diferente fez com que as pessoas infectadas evoluíssem para formas mais graves da dengue.


Apesar do encerramento do período sazonal, a Secretaria da Saúde informa que a consolidação de dados de 2019/2020 será feita no mês de novembro junto com o fechamento das informações do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

Leia Também:  Ministério Publico recomenda a prefeitura instalação de barreiras sanitárias em Jacarezinho

“A doença segue como uma das maiores preocupações do Estado”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. Os números do ano epidemiológico ficaram altos altos, mas não significa que acabou. Existe uma epidemia de dengue e por isso a Secretaria da Saúde reforça o apelo para a que população fique atenta.

 

Via: Bem Paraná.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020