conecte-se conosco


EFEITO CORONA VÍRUS

Decreto do governo suspende aulas na UENP e em toda rede pública e particular

Além das faculdades particulares, aulas na UENP também estarão suspensas a partir do dia 20

Publicados

em

Apesar de não haver casos de pacientes suspeitos de estarem com o novo Coronavírus na região, algumas Universidades e Faculdades particulares do Norte Pioneiro anunciaram neste final de semana a suspensão das aulas. A ação faz parte das estratégias de prevenção a pandemia que se espalhou pelo mundo e o número de casos vem crescendo no Brasil.

De acordo com a matéria publicada pela folhaextra.com na manhã desta segunda-feira (16), as universidades públicas ainda não tinham suspendido as aulas. A suspensão veio por volta das 17h da segunda, em decreto assinado pelo governador Ratinho Junior, que também suspendeu as aulas em todos os colégios estaduais de ensino fundamental e médio.

A suspensão, de acordo com o decreto do governador, também é valida para cinemas, bibliotecas e salas culturais, que aglomerarem mais que 50 pessoas.

Na última sexta-feira (16), a Uniesp (Fanorpi) de Santo Antônio da Platina e a Uniesp (Feati) em Ibaiti anunciaram a suspenção das aulas. Já nesta segunda-feira, a Unopar – Pólo Central de Wenceslau Braz, que administra os pólos de Siqueira Campos, Arapoti, Jaguariaíva, Quatiguá e Itaporanga, anunciou um recesso nas aulas semipresenciais até o próximo dia 23 como ação de prevenção à doença.

Leia Também:  Wenceslau Braz registra primeiro caso suspeito de coronavírus

Outras instituições ainda definirão no decorrer desta segunda os planos de prevenção. Em contato com a reportagem da Folha Extra, a secretaria geral da FIO – Faculdades Integradas de Ourinhos, com grande número de acadêmicos no Norte Pioneiro, informou que ainda fará reunião nesta tarde para definir se haverá ou não a intervenção. A mesma informação foi dada pela faculdade Estácio de Sá, também em Ourinhos. A Estácio informou que a suspensão já está em andamento nas unidades do Rio de Janeiro e São Paulo (Capital), e que estuda a intervenção na unidade da divisa com o Paraná

Já na região dos Campos Gerais, as faculdades Falar de Jaguariaíva e Fati de Arapoti informaram que aulas seguem normal até o momento e por estarem alinhadas à Secretaria de Educação do Paraná, novas recomendações podem ser dadas no decorrer da semana.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Campos Gerais

Decreto municipal limita horário de circulação em espaços públicos e privados de Jaguariaíva

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Já está vigorando em Jaguariaíva a limitação da circulação de pessoas entre às 22 horas e 5 horas. A medida faz parte das ações de segurança contra a disseminação do novo Coronavírus – Covid-19 no município.

A restrição teve início na última quinta-feira (2), por meio do decreto municipal 123/2020. Elaborado em conformidade com o decreto 4.388/2020, expedido pelo Governo do Estado, o objetivo é evitar aglomerações e acúmulo de pessoas em locais públicos e privados. Em caso de descumprimento das medidas impostas, o cidadão fica sujeito à multa.

Somente estão permitidas de circular os prestadores de serviço na área da saúde, segurança, assistência social, delivery de alimentos (limitados ao período de funcionamento da atividade fim), empregados de empresas que operem em turnos noturnos e situações emergenciais como registros policiais e emergências de saúde ou outros. Estes precisam comprovar sua condição excepcional.

Embora o comércio classificado como não essencial passe a funcionar a partir do dia 6, desde que cumpra as orientações preventivas sanitárias ao Covid-19, existem atividades que continuam suspensas. Se ultrapassar a densidade de 20 pessoas no ambiente, não podem ser realizados eventos de qualquer natureza, públicos ou privados, fechados ou ao ar livre, sejam governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos e comerciais.

Leia Também:  Prefeitura realiza obra de adequação em lombada que dá acesso ao município

Reuniões de cunho religioso, como missas e cultos, continuam temporariamente limitadas. Conforme o decreto 123 e decreto 4.388/2020, estas devem ser feitas em ambiente virtual. Pessoalmente o aconselhamento individual é permitido no entanto.

As condições diferenciadas contidas no decreto, limitando a circulação de pessoas, devem ser temporárias, com a finalidade exclusiva de fazer com que o cidadão faça sua parte na luta contra a Covid-19.  A nova doença ainda não vacina nem tratamento específico eficaz, tem tirado a vida de muitas pessoas, sendo o isolamento social a principal forma de evitar o contágio. O poder público tem e mobilizado para prevenção e o município consegue se manter sem nenhum caso confirmado da doença.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020