-0.4 C
Wenceslau Braz

Expectativa dos municípios da região também é de vacinar todos maiores de 18 anos até setembro

Secretários de Saúde e diretor da 19ª Regional se mostraram otimistas em relação ao novo cronograma do governo do Estado que prevê população vacinada com a 1ª dose até o dia 30

O governador Ratinho Junior anunciou nesta semana um novo cronograma de vacinação para o estado do Paraná, o qual prevê a imunização de todos os paranaenses com idade igual ou superior a 18 anos vacinados com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 até o dia 30 de setembro. A Folha conversou com alguns agentes de Saúde da região que se mostraram otimistas em atender a meta do governo estadual.

- Advertisement -

“Temos trabalhado muito para aumentar o volume da vacinação no Paraná. E, dentro do quantitativo de doses que estamos recebendo semanalmente do Ministério da Saúde, vamos vacinar toda a população acima de 18 anos com uma dose até o fim de setembro e assim ajudar a proteger as famílias paranaenses. É um compromisso do Governo do Estado”, destacou Ratinho Junior.

- Advertisement -

Em contato com o secretário de Saúde de Wenceslau Braz, João Torres Pereira Junior, este se mostrou otimista, mas ressaltou que tudo vai depender da quantidade de doses que chegarem aos municípios. “Estamos otimistas e seguindo os protocolos, porém, tudo depende da quantidade de vacinas que eles (governo) irão nos enviar. Existe uma expectativa em relação a chegada da vacina da Jansen aos municípios, o que vem a somar uma nova quantidade de imunizantes que ainda não é trabalhada. Até agora estamos com 100% da vacinação em dia de acordo com as doses que já recebemos”, comentou.

Torres também explicou a maneira como o município vem distribuindo as vacinas e comentou sobre o pedido de algumas instituições. “De acordo com a quantidade de vacinas que recebemos, analisamos a quantidade de moradores com determinada idade que podemos atender e definimos a faixa-etária que será vacinada, tudo seguindo os protocolos do Ministério da Saúde, estadual e municipal. Hoje temos pedidos do sindicato dos bancários e do Detran para imunizar seus colaboradores, por exemplo, vamos estudar como liberar as doses de acordo com os protocolos, como foi o caso da vacinação do pessoal que trabalha com coleta de lixo”, explicou. Atualmente o município esta vacinando pessoas comorbidades superior ou igual aos 49 anos.

Em Salto do Itararé, o secretário de Saúde Odair de Oliveira, também se mostrou otimista com o novo cronograma, mas se mostrou preocupado com as pessoas que ainda não buscaram a vacina. “Acredito que vai dar para atender sim, pois com a faixa etária baixando já vai incluindo grupos como professores e demais profissionais de outras áreas. Hoje estamos com o cronograma em dia, inclusive vacinando pessoas com comorbidades de idade igual ou superior aos 30 anos. Também temos realizado uma busca ativa por aqueles que já estão nos grupos de vacinação, mas ainda não vieram tomar a sua dose”, pontuou.

A Folha Extra tentou contato com a 19ª Regional de Saúde para saber seu posicionamento sobre o assunto e foi direcionada a assessoria de comunicação da SESA, porém não houve retorno do contato até o fechamento desta edição.

 

Cronograma

De acordo com o novo cronograma anunciado pelo governo estadual, entre os dias 04 de junho e 18 de julho serão vacinadas as pessoas na faixa etária dos 59 aos 40 anos (em ordem decrescente), entre os dias 19 de julho e 22 de agosto pessoas na faixa etária dos 39 aos 30 anos, entre os dias 23 e 19 de setembro pessoas com idade entre 29 e 20 anos e do dia 20 ao dia 30 de setembro jovens com idades de 19 e 18 anos. A expectativa é que dentro deste período sejam imunizados mais de 8,7 milhões de paranaenses ao menos com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

 

Vacinômetro

De acordo com os números do vacinômetro da Secretaria Estadual da Saúde (SESA), dos 22 municípios que compõem a 19ª regional de Saúde 13 estão com 100% das primeiras doses aplicadas, enquanto outros ainda têm doses para aplicar. Já em relação a segunda dose nenhuma das cidades ultrapassou os 80% segundo a SESA.

Em relação à porcentagem, a lista começa com Pinhalão (117% 1ª dose aplicada), Ibaiti (114%), Guapirama (114%), Jundiaí do Sul (112%), Japira (110%), Wenceslau Braz (109%), Quatiguá (108%), Tomazina (106%), Figueira (104%), Santana do Itararé (103%), Cambará (102%), Ribeirão Claro (102%) e Santo Antônio da Platina (100%).

Já os municípios que ainda não atingiram 100% da vacinação na 1ª dose de acordo com a SESA são Jacarezinho (96%), Joaquim Távora (96%), Carlópolis (95%), Jaboti (90%), Conselheiro Mairinck (89%), Siqueira Campos (88%), São José da Boa Vista (88%), Salto do Itararé (86%) e Barra do Jacaré (78%).

- Advertisement -

Deixe uma resposta

MAIS NOTÍCIAS