conecte-se conosco

unopar

JÓIA DOS CAMPOS GERAIS

Museu Matarazzo mantém patrimônio cultural e já tem nova exposição sobre década de preservação da memória jaguariaivense

Publicados

em

Vice-prefeita Alcione visita acervo do Palacete Matarazzo - Foto Divulgação

Nesta nova conjuntura, em que o governo municipal teve de adotar medidas de isolamento preventivo ao coronavírus, os eventos e espaços públicos culturais permanecem fechados ao público. O Museu Histórico Cultural Conde Francisco Matarazzo suspendeu as visitas, entretanto, a manutenção do patrimônio e cuidado com o acervos estão em andamento.

Mesmo de portas fechadas, o espaço físico continua limpo e bem cuidado, tanto internamente como na área externa. Vale lembrar que o prédio do Museu Conde Francisco Matarazzo, também conhecido como Palacete Matarazzo, foi construído em 1924, para acomodar a família Matarazzo em suas vindas à Jaguariaíva, e por sua antiguidade e valor cultural, necessita de periódicos serviços de manutenção.

A vice-prefeita Alcione Lemos, que esteve à frente da Smece como secretária nesses últimos anos, relata que ainda não se sabe a data de retorno da programação aberta ao público, contudo a manutenção do patrimônio esta sendo feita com muito carinho e técnica.  “A expectativa é que logo os trabalhos possam voltar à normalidade e a população possa desfrutar dos nossos espaços de cultura e lazer”, relata.

Leia Também:  Vítima da Covid-19 de São José da Boa Vista morre após duas semanas na UTI

10 anos – Simultâneo ao zelo da estrutura pelo município, uma nova exposição foi preparada para quando for possível receber visitantes. Denominada “Museu Histórico Municipal “Conde Francisco Matarazzo” – 10 Anos de Resgate e Preservação da Memória”, ela marca a década de recuperação e atividades deste espaço, que está sob a responsabilidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Smece).

Entre os objetos antigos expostos estão brinquedos da exposição sobre o ato de brincar, palmatória, carimbos e outros itens de memórias escolares, acessórios de beleza do passado, utilidades domésticas usadas em sociabilidades, como as xícaras, relíquias da telefonia e fotografia, entre outros.

Os destaques na mostra são para os ciclos do tropeirismo, ferrovia e indústrias Matarazzo, fundamentais no processo de criação e desenvolvimento do município.O museu reúne ainda dezenas de fotografias, objetos e documentos da época de funcionamento da Associação Atlética Matarazzo.  As peças relembram os bons tempos do clube, que reunia funcionários do Frigorífico Matarazzo para momentos de lazer e confraternização entre as famílias e a comunidade.

Leia Também:  Casal do Norte Pioneiro aposta no abacate como opção de renda

Há também a possibilidade de observar as peças da exposição sobre a vida do conde Francisco Matarazzo, lembrando que o local conta com uma historiadora para dar suporte e informações sobre as exposições. Como não podia faltar, há fotos do Natal para Todos, quando o museu é transformado no encantador “Palacete do Noel”. Além disso, o próprio prédio já chama a atenção do visitante.Segundo registros do Departamento de Cultura, desde 2009, quando o museu passou a ser um ponto de referência e preservação histórica local, mais de 50 mil pessoas prestigiaram suas mostras.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Campos Gerais

Acima da média, Arapoti tem boa colocação no ranking da transparência

Publicados

em

Prefeita Nerilda Penna (PP), destacou o compromisso e empenho da administração quanto a transparência. Foto CNM/Divulgação

Dos 399 municípios do Paraná, Arapoti ficou na 52ª colocação, com 75,50% ITP – Índice de Transparência da Administração Pública. A cidade está à frente de outros municípios da região do mesmo porte habitacional e econômico, como Wenceslau Braz e Ibaiti, por exemplo, que por ordem ficaram na 379ª colocação e 241ª.

A prefeita Nerilda Penna (PP), destacou o compromisso e empenho da administração quanto a transparência. Nerilda defende total transparência na gestão pública como sinônimo de respeito ao cidadão. “É dever da administração pública zelar e prestar contas do investimento público, seja ele qual for. Esse é um dos pilares da nossa gestão”, citou a prefeita.

Arapoti está à frente inclusive de Curitiba (198º no Estado). Na região, o primeiro município mais transparente, de acordo com o TCE é Ponta Grossa (8º da lista). Dentre os 52 municípios, além de PG, Castro (21ª), Piraí do Sul (29ª) e Telêmaco Borba (34ª) são municípios que neste momento tiveram posições melhores no hanking.

“É dever da administração pública zelar e prestar contas do investimento público, seja ele qual for. Esse é um dos pilares da nossa gestão”

Metodologia – Para obter o ranking, o Tribunal de Contas do Estado usou como base o ITP (Índice de Transparência da Administração Pública) de cada prefeitura. O indicador, desenvolvido pelo TCE-PR em 2018, foi aferido pela primeira vez no final do ano passado.

Leia Também:  Semana deve ter temperatura abaixo dos 10ºC na região

Para medir o desempenho de cada portal e aferir o resultado, foi firmado um termo de cooperação técnico-científica entre o TCE-PR e a Universidade Positivo. Depois o órgão de fiscalização realizou 12 encontros regionais, entre outubro e novembro de 2019, nos quais 35 alunos do 1º ao 5º ano do curso de Direito da instituição de ensino analisaram a qualidade dos portais da transparência municipais.

Ao longo de todo o processo, os estudantes foram orientados por servidores do TCE-PR que, após os encontros, validaram, por amostragem, os resultados obtidos pelos universitários. A avaliação dos portais levou em consideração cinco dimensões: transparência administrativa, transparência financeira, transparência passiva, boas práticas e usabilidade.

A meta é utilizar o indicador como um dos critérios de apreciação das contas anuais dos gestores públicos paranaenses, além de usar também como fator de risco para o planejamento das atividades de fiscalização do órgão de controle.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020