conecte-se conosco


Norte Pioneiro

Homem da região mata a mulher, “sequestra o corpo” e ameaça se suicidar

Publicados

em



(Foto: Divulgação)

Um crime chocou os moradores do edifício Ilha de Paqueta em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Um advogado identificado como Paulo C. S. e ex-morador de Jacarezinho matou a namorada a facadas. O caso veio à tona nesta terça-feira (2).

Segundo informações apuradas junto a Polícia Civil catarinense, vizinhos notaram a ausência da advogada Lucimara Stasiak, 29 anos, nos últimos dias. Outro fator que chamou a atenção foi que o suspeito foi flagrado levando vários sacos de gelo para o interior do apartamento. Diante da suspeita, a polícia foi acionada.

No local, os policiais confirmaram o pior. Paulo, transtornado, ao notar a presença dos policiais passou a ameaçar a se jogar pela janela. Ele teria confirmado que a namorada foi morta a facadas e o corpo estava em cima da cama. Frente a situação, foram iniciadas as negociações para que o suspeito se entregasse, mas, da sacada do apartamento, ele ameaçava se jogar a todo tempo.

Equipes da Polícia Miliar e Civil, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência), além do Corpo de Bombeiros permanecem no local. A área em torno ao prédio foi isolada e a equipe do BOPE assumiu as negociações na tentativa de que Paulo se entregue e libere o corpo da vítima.


Os investigadores suspeitam que Lucimara tenha sido morta entre a quinta-feira (28) e a sexta (29), pois desde este período não há mais movimentações e atividades nas redes sociais da vítima.

Leia Também:  Prefeitura e Comitê Gestor d a Covid-19 se reúnem para avaliar status da pandemia em Wenceslau Braz

Paulo também é advogado, tem 42 anos, já foi casado e tem um filho. Ele era morador de Jacarezinho e filho de um ex-empresário do ramo de mercados.

As negociações seguem em andamento e o caso pode ser atulizado a qualquer momento. 

Informações: G1.com

COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Idosa é agredida em briga de bar e levada ao hospital

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Uma confusão em um bar acabou deixando uma idosa e outras duas pessoas feridas na noite desta quinta-feira (06) em Andirá.

De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada por volta das 19h30 para prestar atendimento a uma ocorrência de violência em um bar situado na Rua Anísio Seba. Diante do chamado, os policiais foram ao endereço informado averiguar a situação.

No local, a solicitante passou a relatar que um indivíduo chegou ao bar, ofendeu seu namorado e foi embora. Porém, momentos despois a mesma pessoa voltou ao local acompanhado de mais três homens e entraram em vias de fato com o seu namorado e agrediram ainda seu filho e sua avó, uma mulher de 66 anos. Em seguida, os suspeitos fugiram do local.

Frente aos fatos, a equipe da PM saiu em diligências em busca de localizar os suspeitos, mas até o fechamento desta edição ninguém foi encontrado. Já as vítimas foram atendidas pela equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhadas ao Pronto Socorro.


COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PRF apreende grande quantidade de maconha na divisa de Jacarezinho e Ourinhos
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020