conecte-se conosco

unopar

Norte Pioneiro

Mulher tenta “roubar” criança e menino fica assustado

Publicados

em



(Foto: Divulgação)

Os casos de “roubos” ou sequestros de crianças sempre deixam pais e familiares aflitos, principalmente quando se espalham os boatos quase sempre de uma loira em um carro preto que tentou levar uma criança a força. Apesar disso, é necessário instruir os pequenos e estar sempre atentos a segurança dos filhos.

No município de Cornélio Procópio, uma mulher foi até o Plantão da Polícia Militar e passou a relatar que, na noite da última sexta-feira (29), seu filho pequeno estava na casa da avó que, no caso, é a mãe da solicitante, em uma residência situada a Rua XV de Fevereiro quando, em dado momento, um casal se aproximou do local e a mulher teria tentado levar a criança.

Segundo relatos da criança, a mulher se aproximou e disse que seus pediram para que ela fosse buscar ele. Porém, no momento em que a suspeita começou a tentar adivinhar o nome do garoto, ele se assustou e correu buscar abrigo com a avó e contou a história. Indagada sobre o porquê a polícia não foi acionada no momento da ação, a solicitante disse que sua mãe ficou assustada e sem reação.

Leia Também:  Sobe para quatro o números de infectados em Wenceslau Braz; cidade registra maior número de casos entre cidades da região

Frente aos relatos, a solicitante foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis ao caso.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Paraná vai reforçar fiscalização na divisa com São Paulo; Norte Pioneiro é um dos principais acessos

Região tem diversos acessos ao estado vizinho. Objetivo é impedir que pessoas com sintomas da doença entre em território paranaense

Publicados

em

Região tem seis acessos rodoviários ao Estado de São Paulo - Foto: Divulgação

O Governo do Paraná divulgou que vai reforçar a fiscalização na divisa com o Estado de São Paulo. As ações devem começaram nesta quinta-feira (21) e objetivo é impedir que pessoas com sintomas do novo coronavírus entrem em território paranaense.

Ao todo, os 11 postos de fiscalização em rodovias que ligam o estado paranaense ao paulista devem ganhar um reforço de 40% no número de agentes. A decisão foi tomada pelo governador Ratinho Junior em reunião junto aos seus secretários visto o feriado prolongado de seis dias que começou nesta quinta-feira na capital paulista. A preocupação do governo é que isso aumente o fluxo de pessoas para cidades do Paraná.

Com isso, os agentes devem realizar ações de fiscalização, monitoramento e triagem visando identificar pessoas que apresentem os sintomas da Covid-19 e, caso isso seja identificado, o indivíduo será impedido de entrar no estado e deve ser encaminhado a uma unidade de tratamento médico especializado permanecendo isolado até que saiam os resultados dos exames.

Leia Também:  Salto do Itararé confirma primeiro caso de Coronavírus; em Jacarezinho o segundo caso é anunciado

A operação será comandada pela Secretaria da Segurança Pública em parceria com a Secretária de Estado da Saúde, contando assim a atuação de Policiais Rodoviárias Estaduais, Policiais Rodoviários Federais e Exército. Ao todo, será realizada fiscalização em nove postos da Polícia Militar e dois da Polícia Rodoviária Estadual.

Vale ressaltar que o Estado de São Paulo lidera o ranking nacional de pacientes mortos pelo novo coronavírus no país. Ao todo, são mais de 5 mil mortes e mais de 65 mil casos confirmados da doença de acordo com os dados divulgados na terça-feira (19).

DIVISAS DO NORTE PIONEIRO

Apesar do governo não ter divulgado os locais em que os postos de fiscalização ficam situados, a região do Norte Pioneiro conta com diversos locais de acesso ao estado paulista. Uma das principais entradas de veículos vindos de São Paulo para o Paraná na região é a BR-153 na divisa entre os municípios de Jacarezinho e Ourinhos/SP, rodovia que concentra grande fluxo de automóveis e caminhões.

Divisa de Santana do Itararé com Itaporanga, uma das mais vulneráveis da região – Foto: Arquivo Folha Extra

Outra rodovia que liga os dois estados é a PR-272 entre os municípios de Santana do Itararé e Itaporanga/SP. Este local, inclusive, não há nenhum tipo de fiscalização e conta com rotas de coletivos interestaduais, por exemplo. Vale ressaltar que os dois municípios já registraram casos positivos da doença.

Leia Também:  Duplicação da PR 092 em Siqueira Campos é tema de consulta pública nesta quarta-feira

As PR-424 e PR-151 ligam os municípios de Salto do Itararé ao município paulista de Barão de Antônina. Já a PR-218 dá acesso para quem chega do município paulista de Fartura a cidade paranaense de Carlópolis. A PR-151 também dá acesso do município de Ribeirão Claro à cidade paulista de Chavantes e a BR-369 liga Cambará a Ourinhos. Em Andirá, a PR-092 liga o estado paranaense à cidade Palmital/SP.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020