conecte-se conosco


Norte Pioneiro

Prazo do IPVA começa no dia 23 e guia não será enviada ao contribuinte

Publicados

em



(Foto: Folha Extra)

A quitação do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) à vista ou pagamento da primeira parcela dos veículos com placas final 1 e 2 vai até o próximo dia 23 de janeiro. Para pagamento em uma única parcela o desconto é de 3%. Neste ano, os proprietários de veículos precisam acessar o boleto pela internet, já que a guia não é enviada mais pelo Detran.

O parcelamento pode ser feito em três vezes. O imposto pode ser pago nos sete bancos credenciados (Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Banco Cooperativo do Brasil). Basta que o proprietário do veículo compareça ao caixa com o número do Renavam, sem emissão da guia. Para os clientes dos bancos credenciados o pagamento pode ser feito em outros canais de atendimento – terminal de autoatendimento, internet ou app.

O pagamento também pode ser efetuado com a utilização de guia de pagamento, que pode ser emitida no site. Basta inserir o número do Renavam, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) – no menu Serviços Rápidos – IPVA – impressão, depois de escolhida a forma de pagamento – à vista ou em três parcelas.

O imposto a ser lançado será de aproximadamente R$ 3,3 bilhões, dos quais 50% do valor recolhido fica com o município de licenciamento do veículo. Os recursos do imposto são aplicados em áreas prioritárias do governo, como educação, saúde e segurança.

O IPVA é calculado com base no valor do veículo, e sua quitação é requisito obrigatório para emissão certificado de licenciamento de veículo pelo Detran/PR.

Leia Também:  Motociclista vai parar no hospital após acidente com motorista sem CNH

 

FIM DA GUIA

A Receita Estadual do Paraná anunciou que deixará de enviar para o endereço dos contribuintes a notificação de lançamento e a guia para pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). Quem quiser a guia de pagamento terá que emitir pela internet.

O contribuinte também poderá pagar diretamente nos bancos credenciados com o número do Renavam. Segundo o Governo, a economia será de R$ 8 milhões com os gastos de impressão e envio das correspondências.

 

Fonte: Paraná Portal. 

COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Campos Gerais

Escolas estaduais entregam kits de merenda nesta sexta-feira

Publicados

em

Foto: DIvulgação AEN

Nesta sexta-feira (14), as 2.143 escolas estaduais do Paraná entregam os kits de merenda para as famílias dos 231 mil alunos beneficiários do Bolsa Família, além do material impresso para aqueles estudantes que estão com dificuldade de acesso às plataformas on-line para as aulas a distância. Desde o início da pandemia, esta é a 11ª distribuição.
As escolas fazem as entregas simultâneas. Os estudantes que retiram material impresso são aqueles possuem dificuldade de acesso ao aplicativo Aula Paraná, Youtube, Google Classroom e que, porventura, não têm acesso às aulas transmitidas pela TV aberta.

“Aproveitamos a data da entrega das merendas para também atender os alunos que estão retirando material impresso. Entregamos a eles os conteúdos, tiramos dúvidas, e quando necessário fazemos correções de alguns exercícios”, explica a diretora do Colégio Estadual Yvone Pimentel, em Curitiba, Maira Hara.

A entrega faz parte de um dos pilares em que a Secretaria de Estado da Educação do Esporte tem se baseado para levar educação a todos neste período de pandemia. “Atuamos por meio de cinco bases. TV aberta, Youtube, aplicativo Aula Paraná, Google Classroom e material impresso”, explica o secretário da Educação Renato Feder.

 

Leia Também:  Câmara aciona Justiça após prefeito não responder a requerimentos sobre gastos com a Covid-19

KITS DE MERENDA

Os kits de merenda são enviados para as escolas por meio do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar). Cada escola recebe a quantidade correspondente ao número de alunos matriculados. Quando esses alimentos chegam à escola, o diretor tem a autonomia para preparar os kits e distribuí-los conforme a demanda da comunidade.

 

DECRETO

A entrega dos kits foi regulamentada pelo Decreto nº 4.316/2020, do Governo do Estado, e pela Resolução nº 901/2020, da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. Ela ocorre quinzenalmente em todas as escolas estaduais do Paraná. Os kits são montados com os alimentos que seriam utilizados para a produção da merenda dos alunos da rede e são destinados para as famílias em situação de maior vulnerabilidade neste momento.

 

VIA: AEN

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020