conecte-se conosco


POLÊMICA

Vereadores rejeitam proposta de redução de seus salários, do prefeito e secretários

Votação foi realizada em regime de urgência e projetos foram negados pelo placar de 6 a 2

Publicados

em

Foto: Folha Extra

Um dos principais assuntos debatidos durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores realizada nesta terça-feira (3) foi a votação dos projetos que propõem a redução dos salários de vereadores, prefeito, vice e secretários municipais. Apesar da grande expectativa da população em torno do assunto, as propostas foram rejeitadas pelo placar de seis votos a dois.

Os projetos foram votados em regime de urgência após pedido realizado pelos vereadores Altair Panichi de Siqueira, Roberto Luiz Rodacki, Jorge Sabater, José Donizete e Luiz Alberto Antônio. A justificativa apresentada pelos parlamentares para urgência na tramitação dos projetos de autoria do vereador Paulo Henrique Lima é de que o tema gera desgastes aos Poderes, uma vez que trata da redução de salários de vereadores, secretários e prefeito. Além disso, o texto apresentado no requerimento se refere a bandeira política eleitoreira e oportunismo político por parte de pré-candidatos em pleno ano eleitoral.

Já o autor da proposta, subiu à tribuna e se referiu ao regime de urgência como “manobra para votarmos hoje e não ter pressão popular sobre o projeto”. Já o presidente da casa, Josemar Furini, ressaltou que a atual remuneração foi alterada pela última vez no ano de 2012 e, desde então, segue sendo corrigida de acordo com a inflação.

Josemar Furini, ressaltou que a atual remuneração foi alterada pela última vez no ano de 2012 e, desde então, segue sendo corrigida de acordo com a inflação

Votaram contra a proposta de redução de salários os vereadores Altair Panichi de Siqueira, Dilciney Batista do Amaral, Jorge Sabater, José Donizete da Costa, Luiz Alberto Antônio e Roberto Luiz Rodacki. Já os vereadores Paulo Henrique Lima e Margareth Ferreira Rocha votaram a favor da proposta. Com isso, e devido ao regime de urgência, a proposta não deve mais ser debatida ou ter 2ª votação.

Leia Também:  Advogado brazense lança livro sobre Direito Fundamental de Segurança

PROJETO

De acordo com a proposta, o salário de prefeito seria reduzido de R$ 22 mil para R$ 15 mil, o de vice-prefeito de R$ 7.138 para R$ 2.045 e dos dez secretários municipais de R$ 6,8 mil para R$ 5 mil. Já o salário do presidente da câmara cairia de R$ 7,6 mil para R$ 2.045, do primeiro secretário de R$ 7,5 mil para R$ 1.545 e dos vereadores de R$ 6,6 mil para R$ 1045, valor atual de um salário mínimo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Hospital Carolina Lupion recebe equipamentos da iniciativa privada para combater a Covid-19

Publicados

em

Fotos: Divulgação

O Hospital Municipal Carolina Lupion recebeu na tarde de sexta-feira (3) mais uma doação voltada ao fortalecimento da unidade para o cuidado intensivo de infectados com o coronavírus. A colaboração veio das empresas Valor Florestal e Florestal Alvorada.

Os materiais foram recebidos pelo prefeito municipal, José Sloboda (Juca), pela secretária municipal de Saúde, Amália Cristina Alves, e membros da equipe da saúde pública municipal, entre eles o médico Alexander Pierola. Na ocasião o prefeito Juca agradeceu o gesto, em nome do município, valorizou a parceria das empresas, e enalteceu o trabalho dos profissionais da saúde, que estão na linha de frente do trabalho de triagem, encaminhamento e futuro tratamento dos jaguariaivenses que vierem a ser infectados.

Entre os equipamentos doados, que somam em torno de R$150 mil, estão oxímetros de pulso, monitores multiparamétricos, termômetros, entre outros itens relacionados pelo hospital como importantes neste momento, de preparo local da saúde pública para combate à pandemia.

Conforme o empresário Edson Antonio Balloni, que representou a Valor Florestal e a Florestal Alvorada, a intenção era doar respiradores, contudo eles estão em falta no mercado, devido à grande demanda mundial por esses aparelhos, ocasionada pela Covid-19. Balloni acrescentou que esta foi mais uma colaboração de ambas empresas para o bem da comunidade, uma das práticas adotadas desde o início de suas atividades.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Licitação fracassada, quem errou?
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020