conecte-se conosco


BOA NOTÍCIA

Wenceslau Braz zera investigação de pacientes com Covid-19; seis estão recuperados

Publicados

em

O boletim epidemiológico da prefeitura de Wenceslau Braz traz 66 casos já descartados de Covid-19 entre moradores do município. São ainda os mesmos 10 casos já confirmados anteriormente, com seis recuperados. No momento não há pacientes em investigação. Os dados são de hoje (terça-feira, 02).

Os seis casos recuperados não precisaram de internação e já terminaram o tempo de contágio a terceiros e do sintomas, estando, portanto, livres da Covid-19. Dois pacientes das estatísticas de Wenceslau Braz estão internados em Londrina, enquanto os outros dois estão em isolamento domiciliar.

A saúde do município testou pessoas próximas aos casos confirmados e a doença parece ter diminuído o avanço. Outros moradores ainda estão sob monitoramento e serão submetidos aos exames caso apresentem qualquer sintomas da Covid-19. Não há registro de óbito entre pacientes de Wenceslau Braz.

Fonte Da Assessoria


COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Denúncia leva polícia a festa com aglomeração de pessoas em Ibaiti

Cidades

Paraná vê pior ano epidemiológico em casos e mortes por dengue

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

A Secretaria de Estado da Saúde finaliza o período sazonal 2019/2020 de monitoramento da dengue com a publicação de boletim epidemiológico, nesta terça-feira (14). O Estado fecha o ciclo de 12 meses com 227.724 casos e 177 mortes confirmadas. Foi o pior ano em se tratando de casos e mortes no Estado.

O acompanhamento de julho 2019 a julho 2020 publicou 43 boletins epidemiológicos, com registros de casos confirmados, notificados, óbitos e análises sobre os índices da doença nas regiões e cada município do Estado.

Até ontem, 244 cidades estavam em situação de epidemia e 31 em alerta para a dengue. O informe mostra que 22.700 casos seguem em investigação.
Em relação aos óbitos por dengue o aumento em relação ao boletim do período anterior é de cerca de 80%. Entre 2018/2019 foram 22 óbitos e agora são 177 mortes provocadas por dengue.

Desde o início do período, a Secretaria da Saúde já alertava para a possibilidade de aumento expressivo de casos devido ao novo sorotipo da doença, o Den-2, que até então não circulava no Estado. O fluxo do subtipo diferente fez com que as pessoas infectadas evoluíssem para formas mais graves da dengue.


Apesar do encerramento do período sazonal, a Secretaria da Saúde informa que a consolidação de dados de 2019/2020 será feita no mês de novembro junto com o fechamento das informações do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

Leia Também:  Paraná vê pior ano epidemiológico em casos e mortes por dengue

“A doença segue como uma das maiores preocupações do Estado”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. Os números do ano epidemiológico ficaram altos altos, mas não significa que acabou. Existe uma epidemia de dengue e por isso a Secretaria da Saúde reforça o apelo para a que população fique atenta.

 

Via: Bem Paraná.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020