conecte-se conosco

unopar

Cidades

NRE de W. Braz abre inscrições para cursos do Pronatec

Publicados

em

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Paraná vai reforçar fiscalização na divisa com São Paulo; Norte Pioneiro é um dos principais acessos

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Exame de enfermeiro de Wenceslau Braz da negativo para a Covid-19

Publicados

em

Divulgado na último sábado (23), o exame do enfermeiro de Wenceslau Braz, acusado de portar o Coronavírus e quebrar o isolamento domiciliar, apontou negativo para a Covid-19.

O laudo foi atestado pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná – IMPB, cujo sua conclusão foi “não detectável” para a Covid-19.

O enfermeiro de 34 anos de idade foi acusado de estar contaminado uma vez que esteve com outras pessoas que testaram positivo para a doença. E por não respeitar o isolamento domiciliar, foi intimado pela justiça da comarca de Wenceslau Braz, para que respeitasse a quarentena, com multa de R$ 5 mil caso descumprisse a ordem.

ENTENDA O CASO

O enfermeiro deWde Braz, no Norte Pioneiro do estado, acusado de estar contaminado com o coronavírus foi obrigado a manter o isolamento domiciliar por força de decisão judicial liminar. A decisão, do Juízo da Vara Cível da comarca, atendeu pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça local. Em caso de descumprimento, o enfermeiro estará sujeito ao pagamento de multa de R$ 5 mil.

Leia Também:  Wenceslau Braz completa 72 horas sem novos registros da Covid-19; saúde pede cautela

Conforme consta na ação, o requerido é servidor da Secretaria Municipal da Saúde brazense e teve contato com uma pessoa infectada pelo coronavírus. Em vista disso, recebeu notificação de isolamento domiciliar no período de 11 a 24 de maio, como medida preventiva à propagação da pandemia, enquanto aguarda a realização de exames para confirmação ou não da infecção. Entretanto, no dia 16, conforme apurado pelo MPPR, ele descumpriu o isolamento, indo até a casa de uma amiga para participar de uma festa com outras pessoas. O enfermeiro filmou o encontro e publicou o vídeo em redes sociais. O fato gerou o ajuizamento de ação civil pública que teve nesta quarta-feira a decisão liminar favorável ao pedido da Promotoria de Justiça.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020