conecte-se conosco


CORONAVÍRUS

Siqueira Campos chega a nove casos com duas mortes e implanta barreiras sanitárias

Publicados

em

Foto: Claret Coutinho.

Cinco novos casos da doença foram confirmados no município que agora tem barreiras e controle de acesso

 

Siqueira Campos que havia confirmado o quarto caso de coronavírus no último sábado (30), viu este número saltar para nove casos nesta segunda-feira (1). Dois moradores do município já morreram vítimas da doença.

De acordo com informações do Radialista Claret Coutinho, na manhã desta terça-feira (2) foram confirmados cinco novos casos da doença no município, sendo quatro através de exames do Lacen (Laboratório Central do Estado) e outro via teste rápido. Trata-se de três pessoas da mesma família que residem na zona urbana do município, um profissional da Saúde e um morador do Distrito da Alemoa.

O boletim divulgado pela SESA (Secretaria de Estado da Saúde) nesta segunda-feira apontava quatro casos confirmados no município e, com estes novos, Siqueira Campos chega a nove casos da doença com duas mortes. Equipes da Saúde seguem cumprindo os protocolos de mapeamento e isolamento das pessoas que tiveram contato com os pacientes infectados.


No último sábado, através das redes sociais o prefeito Fabiano Lopes Bueno anunciou o fechamento dos trevos de acesso a cidade e a implantação de barreiras sanitárias para controlar o acesso de quem chega à cidade realizando a verificação rápida de possíveis sintomas da doença. O prefeito reforçou ainda a importância do isolamento social e que a população não deixe de praticar as medidas de prevenção.

Leia Também:  Polícia encontra revólver em berço de bebê e suspeito é preso

A decisão de fechar os trevos contou com uma pesquisa através das redes sociais onde cerca de 90% dos munícipes se mostraram a favor da iniciativa, além da realização de estudos técnicos realizados por equipes da prefeitura. Com isso, estão abertos os trevos na saída de Tomazina (das 6h30 às 18h), trevo da Rua Rio Grande (das 6h30 às 18h) e o trevo do Bom Jesus que dá acesso à rodoviária que ficará aberto 24 horas.

COMENTE ABAIXO:

Cidades

Paraná vê pior ano epidemiológico em casos e mortes por dengue

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

A Secretaria de Estado da Saúde finaliza o período sazonal 2019/2020 de monitoramento da dengue com a publicação de boletim epidemiológico, nesta terça-feira (14). O Estado fecha o ciclo de 12 meses com 227.724 casos e 177 mortes confirmadas. Foi o pior ano em se tratando de casos e mortes no Estado.

O acompanhamento de julho 2019 a julho 2020 publicou 43 boletins epidemiológicos, com registros de casos confirmados, notificados, óbitos e análises sobre os índices da doença nas regiões e cada município do Estado.

Até ontem, 244 cidades estavam em situação de epidemia e 31 em alerta para a dengue. O informe mostra que 22.700 casos seguem em investigação.
Em relação aos óbitos por dengue o aumento em relação ao boletim do período anterior é de cerca de 80%. Entre 2018/2019 foram 22 óbitos e agora são 177 mortes provocadas por dengue.

Desde o início do período, a Secretaria da Saúde já alertava para a possibilidade de aumento expressivo de casos devido ao novo sorotipo da doença, o Den-2, que até então não circulava no Estado. O fluxo do subtipo diferente fez com que as pessoas infectadas evoluíssem para formas mais graves da dengue.


Apesar do encerramento do período sazonal, a Secretaria da Saúde informa que a consolidação de dados de 2019/2020 será feita no mês de novembro junto com o fechamento das informações do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

Leia Também:  Jovem discute com a mãe e acaba preso por tráfico de drogas

“A doença segue como uma das maiores preocupações do Estado”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. Os números do ano epidemiológico ficaram altos altos, mas não significa que acabou. Existe uma epidemia de dengue e por isso a Secretaria da Saúde reforça o apelo para a que população fique atenta.

 

Via: Bem Paraná.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020