14.2 C
Wenceslau Braz

Wenceslau Braz e Siqueira Campos fecham durante feriadão para conter avanço da Covid-19

Decisão dos prefeitos de ambos os municípios se dá devido à alta taxa de transmissão da doença registrada no último mês e objetivo é evitar novas mortes

Os municípios de Wenceslau Braz e Siqueira Campos devem ter uma espécie de “Lockdown” durante o feriadão de Corpus Christi. A decisão de fechar “tudo” tem como objetivo conter o avanço da taxa de transmissão da Covid-19 em ambas as cidades.

- Advertisement -

A situação teve início na última sexta-feira (28) em Siqueira Campos após o Comitê Gestor da Covid-19 no município propor ao Executivo municipal que o comércio, empresas, indústrias e demais atividades consideradas não essenciais suspendessem o funcionamento durante o feriado para tentar conter a doença entre a população Siqueirense.

Após a reunião, sugestões foram encaminhadas ao prefeito Luiz Henrique Germano que decidiu, junto a sua equipe de governo, acatar as recomendações. Assim, foi encaminhado à Câmara de Vereadores um projeto visando antecipar o aniversário da cidade do dia 23 de setembro para próxima sexta-feira (04). Assim, com o feriado de Corpus Christi, os serviços serão paralisados as 00h00 desta quinta-feira (02) e tudo permanece fechado até o domingo (06), voltando o funcionamento na segunda-feira (07).

- Advertisement -

Germano também pediu apoio a prefeitos de outros municípios que fazem divisa com Siqueira Campos para que também tomassem a mesma atitude durante o feriado para evitar que as pessoas fiquem passeando de uma cidade para outra, já que, de acordo com informações da equipe de fiscalização sanitária de Siqueira Campos, muita gente não tem colaborado e vem descumprindo as regras de prevenção a Covid.

O prefeito de Wenceslau Braz, Athayde Ferreira dos Santos Júnior, o Taidinho, prontamente acatou a recomendação e, em pronunciamento através de suas redes sociais na noite desta segunda-feira (31), informou que o município brasense também vai fechar o comércio durante o feriadão. Segundo Taidinho, apenas farmácias, postos de combustíveis e mercados poderão funcionar, sendo que este último apenas na sexta e sábado.

“Peço desculpas aos comerciantes, mas diante da situação que estamos vivendo com leitos lotados e falta de vagas nas UTI’s temos que tomar medidas para garantir a vida da nossa população. São quatro dias que podem resultar em vidas salvas. Contamos com a compreensão e colaboração de todos”, disse o prefeito.

A reportagem entrou em contato com o prefeito de Tomazina, Flávio Zanrosso, o qual informou que a cidade não irá fazer lockdown. “Tomazina neste ano tem uma peculiaridade, pois o feriado de aniversário do município cai justamente na sexta-feira. Assim, quinta e sexta vai ser feriado. No sábado pode funcionar normal. O que vamos fazer é reforçar as regras e fortalecer as medidas de prevenção”, explicou Zanrosso.

Já o prefeito do município de Salto do Itararé, Paulo Sérgio Fragoso, o Paulinho, informou que o município deve seguir com o feriado sem mudanças, sendo o atendimento no comércio normal na sexta-feira e sábado (05). A reportagem não conseguiu contato com o prefeito de Santana do Itararé e Quatiguá, municípios que também fazem divisa com Siqueira Campos e Wenceslau Braz.

 

Boletins

De acordo com o boletim informativo divulgado pela vigilância em Saúde de Siqueira Campos, na manhã desta terça-feira foram confirmados 61 novos diagnósticos da doença no município, bem acima dos 10 pacientes que receberam alta médica e estão curados da doença. Além disso, 52 pessoas seguem sendo monitoradas e aguardam resultados de exames. Ao todo, são 332 pacientes com a doença ativa, dos quais 18 seguem internados, sendo que seis estão na Santa Casa de Siqueira Campos onde duas aguardam vagas para transferência.

Já em Wenceslau Braz, de acordo com o boletim informativo divulgado no fim da tarde desta terça-feira o município registrou nove novos casos da doença nas últimas 24 horas, enquanto seis pacientes receberam alta médica. Ao todo, o município tem 184 casos ativos da doença, 56 pessoas seguem monitoradas como suspeitas e 69 perderam a vida para Covid-19.

- Advertisement -

Deixe uma resposta

MAIS NOTÍCIAS