Radar

Adolescentes sofrem coma alcoólico durante festival em Joaquim Távora

Situação envolveu duas meninas de 16 anos, ambas estavam em um festival de cores realizado no Centro de Eventos do município
["Festa foi realizada no Centro de Eventos de Joaquim T\u00e1vora"] (Foto: Reprodução/Internet-Imagem Ilustrativa)

Infelizmente cada vez mais cedo, adolescentes tem ingerido bebidas alcóolicas e, na maioria das vezes, essas situações acabam de forma negativa.

Um evento realizado no último sábado (09) deixou ao menos duas adolescentes de 16 anos em coma alcóolico. A situação aconteceu durante um festival de cores realizado no Centro de Eventos de Joaquim Távora.

A festa reuniu cerca de 600 pessoas e o resultado foi inúmeros adolescentes embriagados, dando entrada ao hospital com sinais de embriaguez, outros em coma alcoólico.

Em contato com o responsável pelo evento, os policiais foram informados que, ao entregarem bebidas para os participantes da festa, os balconistas exigiam a carteira de identidade dos jovens, fato negado por uma das meninas que ingeriu bebidas. Ainda de acordo com informações de testemunhas, vários adolescentes teriam ingerido as bebidas sem qualquer restrição.

Questionado sobre as autorizações para realização da festa, o responsável pelo evento informou que todos os documentos estavam protocolados e ainda disse que solicitou a presença de uma ambulância no evento, porém o veículo só se dirigiu ao local após os chamados para prestar atendimento às adolescentes.

Devido ao número de participantes, a equipe policial recebeu apoio dos militares de Guapirama e Quatiguá. Além disso, estipularam que o evento se encerasse às 20h, horário cumprido pelos organizadores.

Após o ocorrido, uma conselheira tutelar foi até o pelotão da PM e confirmou aos policiais que duas adolescentes deram entrada ao hospital por ingestão de bebidas alcoólicas. De acordo com ela, uma das meninas informou que teria ingerido tequila no recinto da festa, já a outra adolescente, de São José da Boa Vista, ainda permanecia no hospital recebendo atendimento.

Diante dos fatos, foram tomadas as medidas pertinentes ao caso.

 

LEGENDA:

Devido à gravidade do ocorrido, meninas foram encaminhadas ao hospital