Radar

Alunos são flagrados ingerindo bebida alcoólica em sala de aula

Equipe da Polícia Militar foi acionada pela diretoria do colégio e estudantes envolvidos foram identificados
Policia e Conselho Tutelar estiveram no local (Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet)

Vender ou facilitar o consumo de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos é considerado crime e, se isto é tido como um delito, a polícia é acionada. Foi o que aconteceu durante a tarde desta terça-feira (19) no município de São José da Boa Vista quando um grupo de alunos foi flagrado ingerindo bebida alcoólica dentro da sala de aula.

Devido ao fato, a diretoria do colégio acionou as equipes da Polícia Militar e Conselho Tutelar que estiveram no local para averiguar a situação. Em um primeiro momento, a suposta bebida não foi encontrada e, assim, os policiais deixaram o local. Porém, assim que a equipe saiu do colégio, novamente os PM’s foram acionados informando que a bebida havia sido localizada e o aluno que a levou para sala de aula foi identificado.

De volta à escola, foi verificado que um aluno havia levado a bebida para escola, uma aluna havia armazenado em um squeeze e outra menina teria guardado o coquetel alcoólico identificado como Corote Blueberry. Assim que descobertos, eles teriam arremessado o objeto pela janela. Eles confirmaram que haviam ingerido a bebida.

Ao ser questionado sobre onde havia conseguido o produto, o estudante disse aos policiais que havia pego em sua casa em um local onde seu tio havia guardado. Porém, ao ser informado que a equipe iria ter que localizar seu tio, o jovem mudou a versão e disse ter comprado a bebida em uma distribuidora no momento em que estava indo ao colégio.

Com isso, os policiais se dirigiram até a distribuidora para averiguar a situação e, no local, foram recebidos por um funcionário que informou que a pessoa que estava trabalhando no momento em que o aluno disse ter comprado a bebida já havia ido embora. Porém, ao constatar o controle de vendas, foi informado aos PM’s que não constava nenhuma venda da referida bebida.

Diante da situação, os PM’s recolheram os dados dos envolvidos para confecção do boletim de ocorrência e todos foram orientados quanto aos procedimentos cabíveis ao caso.