campos gerais

Arapoti sedia 46ª Expoleite e apresenta novidades

Evento foi realizado entre os dias 25 e 28 e abriu espaço para suinocultura e exposição de plantas ornamentais
["P\u00fablico teve acesso a palestras, informa\u00e7\u00f5es, produtos, servi\u00e7os, pra\u00e7a de alimenta\u00e7\u00e3o e entretenimento"] (Foto: Vanessa Lopes/Folha Extra)

Da quarta-feira (25) ao sábado (28), o município de Arapoti recebeu a 46º edição da Expoleite, promovida pela Capal Cooperativa Agroindustrial. O evento proporcionou ao público presente acesso à tecnologia de alta qualidade genética de rebanho leiteiro, entre outros assuntos relacionados ao setor.

Com isso, foram promovidas palestras técnicas, apresentação de gados da raça holandesa, bem como feira de florese comidas típicas. O evento ainda contou com 60 estandes de produtos e serviços ligados ao setor agropecuário.

Atendendo ao cronograma, na manhã da quinta-feira (26), foi promovida a palestra com o tema “Qualidade do Leite”, realizada em parceria com profissionais do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Durante a tarde, o tema da palestra foi sobre “Comunicação Objetiva nos negócios”, ministrada pela especialista em comunicação Sulamita Mendes.

Já na sexta-feira (27), o dia começou com a palestra sobre o controle da mastite bovina e técnicas na redução de CCS no tanque de leite, sendo ministrada pelo especialista da USP (Universidade de São Paulo) José Pantoja. Na manhã do sábado (28), o público pode conferir a tradicional apresentação das crianças e adolescentes que fazem parte do “Clube de Bezerras”.

Um das novidades desta edição do evento foi a realização de atividades e palestras voltadas aos suinocultores. A quarta-feira (25) foi dedicada ao setor. Outra atividade que foi realizada paralelamente a feira foi a exposição de plantas ornamentais. O evento ainda contou com praça de alimentação destinada a entidades beneficentes.

Além dos assuntos relacionados a produção de leite, o público também teve acesso a informações, produtos e serviços relacionados a regularização de licenças, descarte de resíduos, agricultura, tecnologias e alimentos para cuidados com bovinos, suínos aves e pets, sendo orientados por veterinários e zootecnistas.