Entretenimento

Artistas desabam e vão aos prantos após vitória de Bolsonaro

(Foto: Divulgação)

Durante todo o processo das eleições deste ano, houve muita briga entre os famosos e, assim como teve comemoração com o resultado, também tiveram celebridades que demonstraram tristeza e oposição contra o Bolsonaro. Ao contrário das pessoas que estavam felizes, os apoiadores de Fernando Haddad postaram reações mais discretas e silenciosas. Alguns deles são: Bruno Gagliasso, Nanda Costa, Pabllo Vittar e Alice Braga.

Bruno Gagliasso se envolveu em grande polêmica com a briga com seu irmão Thiago Gagliasso por motivos políticos. Ao contrário do seu irmão, que postou um vídeo comemorando e criticando a “classe dos artistas”, Bruno Gagliasso só postou uma foto com a legenda: “”Não tenham medo, nós estamos juntos. Coragem, a vida é feita de coragem!”. Sua esposa, Giovanna Ewbank, que protagonizou a briga com Thiago, não postou nada sobre vitória do candidato do PSL.

Uma atriz global que se posicionou contra o Bolsonaro e chamou atenção ao aparecer nas ruas debatendo com as pessoas para que mudassem de voto, foi Nanda Costa. Ela também chamou atenção ao gravar vídeo dançando com outras atrizes da Globo em repúdio ao candidato do PSL. Com a vitória do Bolsonaro, Nanda Costa postou uma foto com a seguinte frase: “Eu perdi, mas não queria estar ao lado dos vencedores”, de Darcy Ribeiro.

Pabllo Vittar fez muita militância nessas últimas semanas, e por isso, foi alvo de comentários negativos. Ao sair o resultado, a cantora foi rapidamente bombardeada com chacotas e xingamentos. Após essas ofensas, ela postou uma foto de um arco-iris com a legenda: “Eu resisto”.

Alice Braga utilizou da sua carreira internacional para demonstrar sua revolta para o brasileiros, mas além disso, evidenciar também a realidade do país para os seus seguidores estrangeiros. Com essa intenção, ela postou suas opiniões em português e inglês. Com a vitória do Jair Bolsonaro, Alice postou diversos Stories no Instagram. Um deles era um foto de um senhor com uma arma e a legenda: “É isso aí, Brasil. Minutos depois após Bolsonaro ser eleito.”.

 

Fonte: TV Foco