Colunas

Atuações de Diego e Bruno Guimarães geram dúvida para técnico do Atlético

(Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo)

O Atlético iniciou na terça-feira (09) a preparação para enfrentar o Sport na Arena da Baixada, no próximo domingo (14), pelo Campeonato Brasileiro. O lateral-direito Diego e o volante Bruno Guimarães, com boas atuações na goleada por 4 a 0 contra o América-MG, no último sábado (06), deixaram dúvidas no técnico Tiago Nunes.

Na lateral direita, Jonathan foi poupado no final de semana e tende a retornar para o time titular. Entretanto, a opção por Diego agradou ao comandante atleticano, que elogiou o rendimento do jogador diante do Coelho, principalmente ofensivamente.

 

Alan Costa, Abner e Alecsandro simbolizam nova fase do Coritiba com Argel Fucks

O zagueiro Alan Costa, o lateral-esquerdo Abner e o atacante Alecsandro simbolizam a nova fase do Coritiba dentro da Série B. Em baixa com os técnicos anteriores, eles têm sido peças-chaves com Argel Fucks. Alan Costa voltou ao time após seis meses, Abner ganhou uma sequência como titular, e Alecsandro encerrou um incômodo jejum.

Alan Costa, por exemplo, tinha sido afastado por Eduardo Baptista e não jogava havia seis meses. Com o novo treinador, ele entrou no empate com o CRB e jogou os 90 minutos das vitórias sobre Figueirense e Juventude. O zagueiro, que já conhecia Argel, rasga elogios ao treinador.

“Ele chega aqui, tira o jogador da zona de conforto, é um treinador que é ligado no 220. Isso faz a gente trabalhar cada dia mais”, falou Alan Costa.

 

Paraná acumula 11 jogos sem fazer gol como visitante, a pior série nos pontos corridos

O Paraná Clube acumula recordes negativos neste Brasileirão, e o ataque não escapa. Os números do setor ofensivo preocupam. Com a derrota por 4 a 0 para o Fluminense no Maracanã, já são 11 jogos sem balançar as redes como visitante. O time não marca desde o 3 a 1 sobre o Santos, na Vila Belmiro, pela quinta rodada.

O jejum de gols fora é o maior da era dos pontos corridos, superando os retrospectos negativos do Atlético-PR, em 2016, e do Santos, em 2012, quando ambos ficaram oito jogos sem fazer gols como visitante.

 

Meio-campo do Londrina ganha encaixe com Roberto Fonseca

O encaixe do meio-campo vem sendo um dos pontos positivos do Londrina na Série B do Brasileiro. Desde a chegada de Roberto Fonseca, no início do returno, o Tubarão encontrou uma formação considerada titular para o setor, com João Paulo Higor Leite e Jardel, que volta de suspensão na partida contra o São Bento, no sábado (13), pela 31ª rodada da Série B. Os três têm se destacado tanto na parte defensiva como ofensiva.

Em 19 rodadas do primeiro turno, foram 13 formações diferentes no meio-campo, com o time atuando algumas vezes com apenas dois volantes e quatro atacantes de ofício, quando Sergio Soares comandava o Tubarão. Com Roberto Fonseca, o time passou a atuar principalmente com três homens no setor, sempre com dois volantes e um meia de ligação.