arapoti

Comerciante baleado durante assalto não morreu e se recupera no hospital

Sua morte foi publicada de maneira equivocada por esta reportagem na edição de quinta-feira, 26 de dezembro
Vítima se recupera após cirurgia em hospital de Ponta Grossa (Foto: Divulgação)

A Folha Extra vem por meio desta se retratar junto aos leitores com relação a publicação de uma matéria equivocada na edição da quinta-feira, 26 de dezembro de 2019, onde foi publicado o texto dando conta da morte de um jovem comerciante residente do município de Arapoti.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, na madrugada da segunda-feira, 23 de dezembro, o jovem comerciante Júlio Cesar, 19 anos, havia sido vítima de um disparo de arma de fogo ao reagir a um assalto em sua residência no momento em que buscava defender sua esposa dos criminosos.

A ocorrência foi registrada no bairro Jardim Ceres. O rapaz e sua esposa chegaram em casa após mais uma noite de trabalho em um trailer de lanches quando foram surpreendidos pelos criminosos. A dupla de assaltantes estava encapuzada e portava uma arma de fogo quando renderam a esposa de Júlio que, na tentativa de defender a mulher, entrou em luta corporal com um dos criminosos e acabou sendo atingido por um tiro no tórax. Em seguida, os suspeitos fugiram.

Ao perceber que o marido havia sido ferido, a mulher pediu socorro aos vizinhos que acionaram o socorro. Júlio foi socorrido e encaminhado ao hospital 18 de Dezembro onde recebeu os primeiros socorros. Em seguida, devido ao seu estado de saúde, o rapaz foi transferido para um hospital em Ponta Grossa.

Ao contrário do que havia sido publicado anteriormente, felizmente Júlio resistiu ao ferimento e passa bem. Com isso, a Folha Extra vem se retratar com a vítima, familiares e amigos devido a publicação.

Policiais chegaram a realizar buscas pelos criminosos que teriam fugido em direção ao Rincão.