Radar

Conflitos e separação acabam com garoto de 12 anos esfaqueando o pai

Vítima teve ferimentos leves após ser atingido pelo filho. Homem acusa ex-esposa de colocar o garoto contra ele
Homem procurou a equipe da PM para denunciar o caso (Foto: Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet)

Uniões entre pessoas nem sempre são eternas como nos filmes ou contos de fadas. Em alguns casos, além do relacionamento não dar certo, o processo de separação pode ser conturbado e acabar envolvendo os filhos do casal. Foi o que aconteceu na última sexta-feira (13) no município de Santo Antônio da Platina.

Um homem compareceu a Companhia da Polícia Militar e passou a relatar aos policiais que havia sido agredido pelo filho de apenas 12 anos. Segundo seus relatos, ele e a esposa estão em processo de separação. Por volta das 19h, a mulher resolveu acionar um moto taxi para levar o menor para cidade de Abatiá para casa de seus parentes.

O homem, por sua vez, se impôs a ideia e disse que não autorizaria que o filho fosse para o outro município. Com isso, teve início uma discussão entre o casal até que, em determinado momento, a criança que presenciava toda a situação acabou pegando uma faca e partindo para em direção ao pai.

De acordo com a versão do denunciante, o garoto foi contido, mas ainda assim conseguiu desferir alguns golpes que atingiram a região de sua testa e pescoço. Na sequência, ele conseguiu se desvencilhar da ex-companheira e deixou o local.

Apesar de querer registrar a situação, o homem informou aos PM’s que mantém uma boa relação com o filho, sendo que a ex-esposa é quem acaba fazendo com que o menor se revolte contra ele colocando-o contra o pai.

Diante da situação, o homem foi orientado quanto aos procedimentos cabíveis ao caso.