Geral

Conheça o grupo de jovens que trocam lazer das férias para fazer a diferença na comunidade

Programa realizado neste ano, em São José da Boa Vista, envolve ações como serviços comunitários, como testes de glicemia, além de trabalhar as áreas mental e espiritual
No último sábado, comunidade pode aferir a pressão e fazer teste de glicemia (Foto: Gilmara Silva - Folha Extra)

Entre os dias 13 e 27 de janeiro, 25 jovens de vários municípios da região do Norte Pioneiro, juntamente com 15 estudantes de São José da Boa Vista, estão realizando o “Projeto Missão Calebe”, um programa voluntário, de serviço social e testemunho, destinado a mobilizar jovens em ações benevolentes.

Com isso, o programa tem o objetivo de desafiar os adolescentes a dedicarem parte de suas férias para fazerem a diferença na vida da comunidade por onde passam e, neste ano, o município escolhido foi São José da Boa Vista.

Para o pastor da Igreja Adventista, Mauro Isaias da Costa, o projeto é visto como uma estratégia de Deus para integrar a juventude no amor e serviço abnegado ao semelhante. “Juntos, a igreja e líderes se concentram em conduzir os jovens nessa direção para que possam viver e experimentar o verdadeiro compromisso com Deus, com sua igreja e com a comunidade, ou seja, viver a salvação e o serviço e deixar sua marca positiva na sociedade”, afirma.

 

ATIVIDADES

 

Com atividades promovidas durante duas semanas, os integrantes da Igreja Adventista do Sétimo dia, desenvolveram atividades voltadas para população do município. Através de campanhas comunitárias, o grupo visitou moradias e realizou diversas ações em prol da população.

Com grande participação do público, os primeiros 12 dias de ações fez sucesso entre os munícipes e emocionou os jovens que participaram pela primeira vez da missão, como foi o caso de Beatriz de Siqueira Paiva.

“Foi o primeiro ano que participei da missão e passei por experiências únicas, todos puderam ajudar o próximo, tanto com serviços comunitários, como com visitas para falar das coisas boas que recebemos de Deus, além de serenatas, e orações diárias”, comenta.

“Nessas duas semanas, ouvimos desabafos e histórias de pessoas que precisavam de atenção, recebemos muitos sorrisos, abraços e palavras de motivação, além de alguns mimos, como um simples copo de água, que dado de coração, fazia uma diferença enorme no nosso dia”, finaliza Beatriz.

Trabalhando as áreas física, mental e espiritual, os participantes levaram conscientização aos boavistenses.

No último sábado (20), as atividades foram desenvolvidas no Cras (Centro de Referência e Assistência Social) do município, além de orientação sobre a importância da água, alimentação saudável, os munícipes puderam aferir a pressão, fazer teste de glicemia, teste de aptidão física, massagem anti-stress e muitas outras atividades.

As crianças, não ficaram de fora das atividades, e puderam cortar os cabelos, brincar na cama elástica, fazer pinturas no rosto e se deliciar com uma pipocada.

Atendendo também bairros do município, os integrantes da equipe passaram por um treinamento de combate à dengue e, posteriormente, visitaram o bairro da Mangueirinha, onde os calebes orientaram os moradores e deram dicas sobre como conter focos do mosquito da Aédes aegypti, além de ajudar a fazer limpezas nos quintais.

Também fez parte do cronograma do grupo, entregar livros, limpeza e organização da escola Newton Sampaio, visita ao lar de idosos e caminhada de oração pelos habitantes do município.

    Veja Também