Cidades

Construção de conjuntos habitacionais em Jaguariaíva estão na fase final

Mais de 70% do serviço já foi feito e a previsão do município é de entregar a obra ainda no primeiro semestre deste ano
(Foto: Divulgação/Assessoria)

A construção das 200 casas populares do Loteamento Portal do Sertão, às margens da PR-151, em Jaguariaíva caminha para a fase final de construção. Mais de 70% do serviço já foi feito e a previsão do município é de entregar a obra ainda no primeiro semestre deste ano. Na última semana o prefeito José Soboda (DEM) esteve em Ponta Grossa para reunião com equipe da Caixa Econômica Federal (CEF), prefeitura e empresa Pizolatto.

Segundo o prefeito Juca, a Caixa Econômica é responsável pela seleção, por meio da verificação da documentação de interessados nas casas. A primeira seleção ocorreu por meio de sorteio de cadastrados no sistema da Cohapar (www.cohapar.pr.gov.br/cadastro), que se enquadram no perfil do projeto. O sorteio dos cadastros foi em dezembro, pela prefeitura, em sessão aberta, acompanhada por membros da comunidade, Conselho Municipal de Habitação, entre outros envolvidos.

Construídas pelo FAR (Fundo de Arrendamento Residencial), do Programa Minha Casa Minha Vida, as 200 moradias em acabamento destinam-se a famílias com renda de até R$ 1,8 mil. Cohapar e prefeitura municipal também têm contrapartida na obra. Cada unidade terá 41,89 metros quadrados e o morador terá de pagar parcela mensal mínima de R$95 reais e máxima de R$270 reais, variando conforme a renda familiar. Serão 100 moradias no Residencial Rouxinol e 100 no Residencial Araponga.

Entre os casos prioritários estão moradores de área de risco, mulheres que responsáveis pelo sustento familiar, deficientes, presença de filhos menores de 18 anos, beneficiários do programa Bolsa-Família, que pagam aluguel alto em relação à renda familiar, entre outros.

 

MAIS MORADIAS

 

As 200 moradias em construção em Jaguariaíva fazem parte do maior pacote de investimentos em habitação popular do município. Além delas, a prefeitura de Jaguariaíva dá andamento ao projeto para construção de mais 358 casas, financiadas pelo interessado através da Caixa Econômica Federal (CEF), com recursos do FGTS. Tais unidades atenderão interessados com renda de até seis salários mínimos.

Os tamanhos serão de 38 m2, 43 m3 e 50 m2, sendo 11 as moradias de 49 m2 adaptadas para deficientes físicos. A prefeitura já finalizou 29 casas populares na área rural e tem em andamento a regularização fundiária para mais de 900 famílias. Outro projeto em andamento é o de 40 habitações voltadas à moradia exclusiva de idosos de baixa renda. Mais informações podem ser obtidas no Departamento Municipal de Habitação, situado na Estação Cidadão Agente Durvalino de Azevedo, Praça Getúlio Vargas, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h.