Colunas

Deputado destaca qualidade da carne de frango brasileira e protesta contra embargo

O Brasil é referência em frango, sendo o maior exportador do produto, segundo lugar no ranking de produção e o quarto país que mais consome a carne. Só no ano passado o brasileiro consumiu em média 42 quilos de carne de frango, 186% a mais do que a carne suína e 59% a mais que a carne bovina. Essa força, segundo o deputado estadual José Carlos Schiavinato (PP), é resultado da qualidade do alimento, atingida com um processo produtivo seguro, eficiente e sustentável.

O parlamentar é presidente da comissão especial constituída nesta semana na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para acompanhar os impactos do embargo que União Europeia impôs à importação da carne de frango brasileira e defende o setor. “Além de atuarmos para minimizar essa crise provocada pela restrição e buscarmos a solução, temos que incentivar e promover o consumo do frango. Mostrar que não pode haver desconfiança nos serviços veterinários brasileiros, já que o embargo é mais decorrente de questões comerciais. Temos que buscar o fortalecimento da cadeia produtiva”, completa Schiavinato.

O deputado apoia a campanha de incentivo ao consumo de carne de frango promovida pelo Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), destacando os benefícios do consumo da carne de frango e toda a tecnologia envolvida no processo produtivo desta proteína.

 

Indexador de multas aplicadas pelo TCE-PR vale R$ 98,73 em maio

O valor de pagamento das multas administrativas aplicadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) em função de irregularidades cometidas a partir de 2014 aumentou em maio. O acréscimo deve-se à alteração do valor da Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF-PR), de R$ 98,64, em abril, para R$ 98,73, neste mês. Com isso, os valores das sanções passaram a ser de R$ 987,30; R$ 1.974,60; R$ 2.961,90; R$ 3.949,20 e R$ 4.936,50, de acordo com a irregularidade.

A atualização da UPF-PR, que era anual, passou a ter periodicidade mensal, em função do Decreto Estadual nº 3.337, do dia 20 de janeiro de 2016. A norma determinou a correção mensal da UPF-PR e do Fator de Conversão e Atualização (FCA) dos créditos estaduais.

 

61,2% não votam em candidato apoiado por Lula

O ex-presidente Lula (PT), preso em Curitiba, não transfere voto a candidata ou candidato apoiados por ele em caso de não disputar a eleição presidencial de outubro. Números do Instituto Paraná Pesquisas apontam que 61,2% dos eleitores não votariam em candidato apoiado por Lula enquanto 23,4% disseram que sim. Outros 14,1% votariam dependendo do candidato.

A pesquisa do Instituto Paraná entrevistou, entre os dias 27 de abril e 2 de maio, 871 pessoas, em 137 cidades de 26 estados nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.