Geral

Detentos do DEPEN auxiliam em obras e outras demandas do município

(Foto: Reprodução/PMS)

Nesta última segunda (21), terça (22) e quarta-feira (23), detentos do Departamento Penitenciário (DEPEN) de Sengés trabalharam na roçada e limpeza de postos de saúde e escolas no bairro Ouro Verde e região. A ação faz parte do projeto “Justiça Sem Grades”, que utiliza mão-de-obra de presos para ressocializar e atender às demandas do município.

O projeto existe desde julho de 2017, e já contou com a participação de 28 ressocializandos, sendo o índice de reincidência ao crime quase nulo entre os participantes, com apenas um caso registrado. Hoje, participam cinco detentos, destes três condenados e dois presos provisórios. O município estuda a inserção de mais três pessoas no projeto.

O trabalho entre condenados é uma forma de readaptação à sociedade, benéfica para o preso e para a prefeitura. O detento trabalha em prol do município, enquanto recebe o benefício de dormir em ambiente separado, não utilizar algemas e tornozeleiras, e ter horários e formas de visita flexíveis. A cada três dias de trabalho, há um de remissão da pena. Além disso, o Conselho Municipal de Segurança (Conseg) viabiliza tratamento odontológico e cursos para os participantes do projeto.

Em Sengés, os presos já auxiliaram na reforma de pronto socorro, instalação de meio-fio e colocação de asfalto. Além de terem trabalhado na produção e colocação de payvers (calçamento) no entorno das mini arenas da Vila São Pedro e Ouro Verde. Segundo o secretário de Serviços Urbanos, Fernando Blasco, a utilização de payvers, que antes se mostrava onerosa pelo alto preço, quando fabricada pelos presos é vantajosa, além de ajuda-los na ressocialização.


Expansão da iniciativa

O Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (DEPEN) recentemente aderiu ao projeto, formalizando convênio com o Fundo Penitenciário, que permitirá a 20 ressocializandos receber um salário mínimo mensal. Aguarda-se a assinatura do Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Luiz Felipe Kraemer Carbonell.

 

FONTE: Prefeitura Municipal de Sengés