Geral

Confira dicas para se dar bem na prova do ENEM

Neste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), será realizado em dois domingos, nos dias 5 e 12 de Novembro. A Folha Extra traz algumas dicas sobre a prova para que os estudantes não se deem mal e acabem perdendo um ano inteiro de preparação e estudos. LOCAL DA PROVA Para aqueles que moram em cidades menores onde se conhece todos os endereços, isso pode ser algo mais fácil de se acertar, mas, para quem tem alguma dúvida quanto ao local da prova, o correto é conhecer o endereço antes do dia 5. Isto ajuda na hora de chegar a escola onde o participante vai fazer sua prova de maneira mais fácil e prática, evitando transtornos e, principalmente, atrasos. O endereço deve ser conferido no cartão de confirmação que fica disponível no site do ENEM na área do participante. [caption id="attachment_24516" align="alignnone" width="390"] Fique atento aos horários[/caption] HORÁRIO Parece até clichê falar dos horários do ENEM, pois, todo mundo sabe que quem chega atrasado não entra. Então, antes mesmo da prova começar, esta é a primeira questão em que o aluno deve ficar atento. Os portões serão abertos nos locais das provas as 12h (horário de Brasília) e serão fechados as 13h. Quem chegar depois deste horário não adianta chorar, vai acabar virando “meme” na internet e não vai conseguir entrar. Não esqueça de levar a caneta esferográfica preta de corpo transparente, pois outros objetos não serão permitidos. A dica é levar mais de uma como reserva caso ocorra algum problema. [caption id="attachment_24519" align="alignnone" width="390"] Não esqueça de levar seus documentos[/caption] DOCUMENTOS Para poder entrar na sala e realizar a prova, o participante deve estar munido de um documento de identificação. Confira quais são os documentos válidos: Cédula de Identidade (RG), emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal; Passaporte; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto; Identidade funcional; Certificado de Reservista; Certificado de Dispensa de Incorporação; Carteira de Trabalho e Previdência social (CTPS), emitida após 27 de janeiro de 1997; Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles, reconhecidos como refugiados; Identificação fornecida por Ordens ou Conselhos de Classe que, por lei, tenham validade como documento de identidade. Vale lembrar que, em caso de perda, roubo, furto ou extravio do documento de identificação, o participante deverá apresentar o Boletim de Ocorrência com data de, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame. [caption id="attachment_24518" align="alignnone" width="390"] Fique atento ao tempo para fazer a prova[/caption] TEMPO PARA FAZER A PROVA Para não ser tão cansativa, este ano a prova será realizada em dois domingos. No primeiro, serão aplicadas as provas de Linguagens, ciências humanas e redação. O Prazo para o aluno realizar a prova é de 5h30 minutos. Não se esqueça que esse tempo conta para preencher o gabarito. No segundo domingo, é a vez das ciências da natureza e tecnológicas, além do caderno de matemática. Fora a redação que é dissertativa, cada área terá 45 questões com 5 alternativas para respostas. A dica é ler toda a prova e responder as questões que tem certeza, deixando as que restam dúvida para uma segunda leitura. Fique atento no tempo para não deixar a prova pela metade. [caption id="attachment_24517" align="alignnone" width="390"] Não deixe de revisar sua redação[/caption] REDAÇÃO A redação do ENEM é um texto dissertativo, ou seja, exige do aluno que ele tenha um conhecimento do assunto e saiba desenvolver um texto argumentativo. A estrutura é simples, deve ter uma introdução ao tema, um desenvolvimento e uma conclusão. O ideal é traçar um roteiro, sendo claro e objetivo, evitando “encher linguiça” só para atingir um número X de linhas. De acordo com professores experientes, alguns dos assuntos mais abordados ultimamente e que podem cair na prova são o Bullying nas escolas, as “FakeNews” que são as notícias falsas que tem tomado conta da internet e redes sociais, Tecnologia e sociedade, com relação ao “vício” das pessoas em internet, redes sociais, smartphones, games e etc. Outro tema que sempre figura na cabeça dos estudantes quando o assunto é a redação do ENEM é o Meio Ambiente. Este ano, o que pode pesar para este quesito são os acontecimentos como o rompimento da barragem em Mariana, a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris e o velho conhecido aquecimento global. A questão do lixo urbano e seu descarte em aterros sanitários também tem sido bastante debatidas no Brasil. No fim, é muito importante fazer um texto organizado e com calma, reler, corrigir e revisar. ALIMENTAÇÃO A alimentação dos candidatos que irão fazer a prova do ENEM é importante, não só com aquilo que será levado para comer ou beber na sala, mas também antes mesmo da prova. Nutricionistas alertam que as pessoas devem se alimentar, no mínimo, quatro vezes ao dia, não deixando a alimentação de lado para passar longas horas estudando sem comer. No dia da prova, a dica é um café da manhã com pães, leite, iogurte, frutas, queijo e geleia. É importante que o candidato não vá fazer a prova em jejum, então, o almoço também é um ponto importante. Para essa refeição, são indicados os carboidratos, pois são uma boa fonte de energia para o cérebro. Assim, o cardápio pode ser composto por arroz, macarrão, peixe, frango, saladas e as frutas são bem vindas na sobremesa. As refeições pesadas, como uma feijoada ou costela assada, devem ser evitadas no almoço antes da prova, pois exigem mais energia para digestão e podem causar aquela sensação de preguiça e sonolência. E na hora da prova? Chocolates com cacau dão uma energia extra na hora da prova e o sanduíche integral também é bem-vindo. A boa e velha barrinha de serial é outro alimento indicado. Para beber, a água é a melhor opção, já que o açúcar de sucos e refrigerantes pode estimular a fome. A água também ajuda a evitar a queda de pressão, principalmente se estiver calor, para quem tem algum problema.

Veja Também