E-commerce irá crescer até 22% em 2018

As perspetivas de crescimento para as vendas de comércio eletrônico em 2018 refletem algum otimismo, muito em parte devido ao crescimento constante que esta forma de venda tem tido nos últimos anos.

Foram analisados num estudo global diversos setores de atividades e os mesmos esperam um crescimento bastante diversificado que pode variar entre os 10% e os 35% de acordo com a área em questão.

 

VENDAS ATRAVÉS DO CANAL MOBILE

No que diz respeito às vendas através do smartphone, embora o comércio eletrônico para o qual as vendas móveis representam menos de 25% ainda sejam a maioria, a verdade é que o número mudou muito desde o ano anterior, passando de 74% dos entrevistados em 2017, para apenas 55% da amostra em 2018.

Existem também 29% dos entrevistados para quem as vendas online representam entre 25% e 50% da venda total e cerca de 2% para os quais a venda através do smartphone significam 100% de suas vendas.

Para este ano, metade dos entrevistados espera que as vendas através de dispositivos móveis sejam inferiores a 25%, enquanto 33% esperam que o movimento se mova entre 25% e 50%.

As proporções são muito semelhantes ao que aconteceu no ano passado, de fato, 74% dos entrevistados não esperam mudanças na proporção de suas vendas feitas através do celular. Entre o resto, estão mais aqueles que esperam que a percentagem aumente do que aqueles que esperam que ele caia, especificamente 16% contra 10%, respetivamente.

As três ações mais comuns, se encomendadas de acordo com sua popularidade, são a compra online com coleção de lojas, a compra online com devolução na loja e a reserva online com cobrança e pagamento na loja (aqui é sempre preciso criar loja virtual para poder ter uma boa aplicação mobile).

 

COMO TER UMA LOJA ONLINE DE QUALIDADE E QUE VENDA?

 

Pois bem, a verdade é que nos dias que correm, ter uma loja virtual é essencial para praticamente todos os negócios, que veem através da mesma o volume das suas vendas aumentarem (principalmente quando integram uma estratégia de loja física e loja virtual).

Pois bem, se esse é o seu caso, saiba que existem algumas questões a ter em mente, e iremos nomeá-las de seguida.

Se já tem uma loja física não precisa de criar logotipo podendo (e devendo) aproveitar o que já tem na sua loja (tornando mais simples o reconhecimento da marca);

Tenha a certeza que os clientes podem comprar online e se desejarem trocar o artigo na loja;

Garanta um bom serviço pré-venda, mas também pós-venda (é a melhor forma de reter os clientes);

Garanta que o seu site é responsivo (ou seja, que se adapta tanto a dispositivos móveis como ao computador);

Tenha métodos de pagamento diferenciados;

Como vê, ter uma loja online como complemento à sua loja física, é uma forma de aumentar as vendas, mas também de aumentar a notoriedade do seu negócio.