Especiais

Enfrentando desafios ela conquistou o sucesso

No dia da mulher, a empresária Cida Santucci contou um pouco da história da adolescente que se tornou uma mulher empreendedora
Cida está à frente de uma das maiores instituições de ensino superior da região

A Folha Extra tem orgulho de parabenizar as mulheres em mais um dia 8 de março. Para isso, nada melhor do que contar a história de sucesso de uma pessoa que teve pelo seu caminho todas as situações que fazem parte da vida de uma mulher e ainda conquistou o sucesso. A empresária Cida Santucci contou um pouco da sua trajetória de vida como adolescente, estudante, trabalhadora, esposa, dona de casa, mãe e empresária. Hoje ela é diretora de três polos de Educação a Distância da Unopar.

Como diz a frase de efeito “Lugar de mulher é onde ela quiser”, Cida disse que sempre buscou pela sua independência para alcançar seus objetivos. “Desde pequena eu já queria ser independente e fazia uns bordados para vender. Aos meus 12 anos já fui logo procurar meu primeiro emprego para não depender tanto dos meus pais. Casei cedo, aos 16, mas graças a Deus isso nunca impediu de continuar buscando a minha autonomia”, relembra.

Para alcançar o sucesso como empresária, Cida destaca que sempre buscou estudar e trabalhar. “Eu nunca deixei de estudar, pois o diploma é a melhor bagagem que uma pessoa pode ter. Trabalhei no antigo INSS, no Banco do Brasil, na empresa ferroviária e também tive minha própria loja. Passei por dificuldades e fui para Curitiba onde trabalhei em uma padaria e depois em uma instituição de ensino, mas mesmo quando as coisas não davam certo eu continuava lutando para ter um futuro melhor”, comenta.

A empresária destaca a força da mulher como algo especial e único do gênero. “A mulher tem um sexto sentido, um jeito diferente de perceber, sentir e fazer as coisas. Eu trabalhava fora e também cuidava dos meus três filhos na época que morei em Curitiba, arranjava forças. Por isso eu digo que o sucesso da mulher depende muito dela encontrar uma força que existe só nela. Muitas vezes não tem aquela pessoa que chega e fala o quanto você é capaz, mas mulher, acredite, você é muito mais capaz do que imagina”, frisou.

“A mulher tem um sexto sentido, um jeito diferente de perceber, sentir e fazer as coisas"

Com relação as “disputas” que tanto rodam pelas conversas hoje em dia, Cida é enfática ao esclarecer a diferença entre dependência e parceria. “A mulher tem que buscar ser ela, ter o sucesso dela e nunca depender de homem, mas isso não significa que ela não pode ter um casamento e uma vida feliz. Isso já é uma questão de parceria e não de disputa, onde não se divide, mas os dois somam para crescer”, relata.

Para o sucesso em todas as áreas da vida, Cida dá uma dica. “Se a mulher tiver estas três bases: fé, perseverança e amor, ela vai chegar onde ela quiser, independentemente da idade, nunca é tarde para começar. Passei por muitas coisas, mas com estes três pilares minha vida começou a se realizar”, destaca.

“Se a mulher tiver estas três bases: fé, perseverança e amor, ela vai chegar onde ela quiser"

A empresária ainda comenta que o importante é acreditar. “Teve uma época, por exemplo, que saber dirigir me ajudou muito a conquistar um bom emprego, isso era década de 1980, 1990 por aí, não eram muitas mulheres que dirigiam. Então eu digo, trabalhem, estudem, vistam-se bem e busquem pelo seu sucesso. Comecem nem que seja aos poucos, pois assim as pessoas a sua volta vão lhe valorizar ainda mais pela sua força de vontade”, pontua.

Por fim, ela deixa um recado a todas as mulheres. “Desejo a todas as mulheres que elas tenham forças para alcançar o sucesso, que elas possam estudar, trabalhar, empreender ou simplesmente fazer o que elas quiserem e que as faça bem. Parabéns a todas pelo nosso dia”, finalizou.