Política

Entenda o que aconteceu na recontagem de votos em Jaguariaíva

Após cassar o registro de candidatura do então presidente da Câmara de Jaguariaíva, Marcos Pessa Filho, o Marquito (PSDB), a Justiça Eleitoral do município, juntamente com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em Brasília, realizou a recontagem dos votos do pleito para vereador de 2016. A medida foi tomada após a rejeição por unanimidade do recurso interposto por Marquito, à anulação de seus votos. O TSE, por sua vez, entendeu ser nula a convenção do PSDB realizada sob a presidência de Marquito em julho de 2016, levando em consideração que o partido, presidido pelo vereador, teria participado de duas chapas. A irregularidade eleitoral fez com que a justiça considerasse os votos de Marquito inválidos.

Na tarde desta quarta-feira (17) a recontagem trouxe para a câmara de vereadores o nome de Reginaldo Cordeiro da Silva, o Nenzo (PTB), que foi eleito suplente em 2016 com 430 votos pela coligação Amor Por Nossa Terra, ele deve assumir como novo vereador, enquanto Marquito deixa de estar eleito.

Procurado pela reportagem, Marquito esboçou sua gratidão aos eleitores de Jaguariaíva e afirma ter cumprido seu objetivo na vida pública após oito mandatos como presidente da câmara. Ele preferiu não acompanhar a recontagem.

De acordo com o TRE, qualquer recurso interposto na esfera eleitoral não tem efeito suspensivo, contudo Marquito ainda pode recorrer da decisão, visto que o processo ainda não transitou em julgado.

A Folha Extra não conseguiu contato com o vereador Nenzo, o mesmo deve ser empossado em alguns dias, com data a ser marcada pela câmara de vereadores.

 

Entenda o caso

A coligação de Marquito Jaguariaíva no Rumo Certo (PHS / DEM / PSDB) foi anulada, pois existiam dois representantes do mesmo partido em duas coligações diferentes, contudo o partido reconheceu como presidente um nome da chapa de oposição à coligação do então presidente da Câmara, invalidando a chapa do mesmo.

Como os vereadores são eleitos de maneira proporcional à cada coligação, o número de votos não mudou para nenhum dos dois, porém, com a invalidade dos votos de Marquito, a chapa reconhecida pelo PSDB, Amor Por Nossa Terra (PTB / PMDB / PPS / PPL) tinha o nome de Nenzo como mais votado, o colocando assim, como novo vereador.

Nenzo foi eleito suplente em 2016 com 430 votos pela coligação Amor Por Nossa Terra. (FOTO:Reprodução/WhatsApp)