Política

Governo inclui PR-092 no pacote de concessões e rodovia deve ter pedágio

Para Ratinho Jr, concessão vai proporcionar melhorias na conservação da pista e a tão sonhada duplicação
(Foto: Folha Extra)

A instalação do pedágio na PR-092 já deu muito que falar desde que as rodovias paranaenses passaram a ser operadas por concessionárias. Por décadas a expectativa com relação a instalação de uma praça na extensão da rodovia entre os municípios de Jaguariaíva e o entroncamento com a BR-153 em Santo Antônio da Platina.

Após muitos anos de especulação, finalmente a implantação de ao menos uma praça de pedágio nos quase 140 km da rodovia deve sair do papel, ao menos é o que garantiu o governador Ratinho Jr após anunciar que 4,1 mil quilômetros de rodovias estaduais serão inclusas no pacote de concessões do governo federal que deve licitar os trechos em 2021.

No início do ano, Ratinho Jr buscou pela inclusão das rodovias paranaenses no pacote do governo federal. Segundo ele, a intenção é promover melhores condições para segurança e escoamento da produção paranaense. “Nós herdamos uma malha rodoviária estragada e, agora, faremos um redesenho das concessões pelo Estado. Com isso, vamos aumentar de 2,6 mil para 4,1 mil quilômetros os trechos sob administração das concessionárias. Isso fara com que o Paraná se torne um hub logístico na América do Sul”, garantiu o governador.

Ratinho ainda reforçou que as tarifas devem ser até 50% mais baratas que as cobradas atualmente, sendo que o objetivo é contar com estradas de qualidade proporcionando segurança e a criação de corredores de escoamento para produção paranaense. “Vamos realizar uma licitação com transparência que será colocada na Bolsa de Valores. Assim, investidores do mundo inteiro poderão dar sua oferta visando sempre favorecer os usuários”, explicou.

Sobre a PR-092, em especial, o governador destacou que a rodovia é importante para integração do Paraná com o Estado de São Paulo. “Assim como teremos rodovias importantes que servem de ramal de transportes entre o Brasil e a Argentina, a PR-092 é importante para ligação do nosso estado com São Paulo através do Norte Pioneiro concentrando um grande fluxo de veículos diariamente”, destacou.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística Sandro Alex, o “Super Leilão” deve acontecer até o segundo semestre do ano que vem e as novas empresas irão assumir trechos que atualmente são administrados pelas concessionárias Ecovia, Ecocataratas, Caminhos do Paraná, Econorte, Viapar e Rodonorte que tem contratos finalizados em novembro de 2021.

Além de 2,5 mil quilômetros que compõem o Anel de Integração e os cerca de 140 quilômetros da PR-092, as rodovias estaduais PR-323 no Noroeste do Estado e PR-280 no corredor sudeste também serão objetos de concessão. A rodovia Federal BR-153 também terá trechos inclusos no pacote.

 

BENEFÍCIOS

Além de proporcionar uma rodovia com melhores condições de conservação e sinalização, há a expectativa de que com a concessão a PR-092 seja duplicada, sonho antigo de usuários do trecho e que pode contribuir com aumento da segurança e redução no número de acidentes que, entre 2015 e 2017, registraram a marca de quase 1,5 mil incidentes, isso é, quase 1,3 por dia, tudo isso a um preço que, até então, tem sido considerado justo.

 

Com informações: AEN.