Paraná

Idosa de 77 anos denuncia o próprio neto por abuso sexual

(Foto: Ilustrativa)

Uma idosa de 77 anos, que tem deficiência visual, denunciou o próprio neto por estupro. O crime teria acontecido na madrugada deste sábado (04), quando a residência da mulher foi invadidada por volta das 3 horas e ela acabou sendo violentada.

Depois do crime, um filho da vítima foi até a casa e a idosa relatou ter reconhecido o suspeito pela voz. Ao ouvir o relato da mãe, o homem fez o neto voltar até o local, mas ele negou tudo.

Ao sair da casa da avó, entretanto, o suspeito afirmou à esposa que iria até o Centro de Sarandi, município em que a família mora, e não voltou mais para casa ou entrou em contato com familiares. O homem seria dependente de álcool e outras drogas, de acordo com a Polícia Civil.

Ainda ontem a vítima foi encaminhada para o Hospital Universitário de Maringá, onde realizou exames diversos, dentre eles os que podem comprovar o abuso e, dependendo, até coletar material genético do abusador. Nos próximos dias, a idosa e seu neto ainda serão ouvidos na delegacia.