Norte Pioneiro

Menino de 10 anos projeta “cadeira de rodas” para gatinha e viraliza na internet

Gesto da criança ganhou repercussão na região (Foto: Arquivo Pessoal)

Em Andirá, no Norte Pioneiro do Paraná, uma gatinha após ser mordida por um lagarto, conseguiu voltar a caminhar graças à criatividade do seu dono, o menino João Daniel, de 10 anos.  João criou uma espécie de cadeira de rodas, com peças de um brinquedo.
Rogéria Bello Corazza, mãe do garotinho, disse que o filho achou o animalzinho e insistiu em fazer ela voltar a andar. "Ele precisava de rodinhas, mas os brinquedos dele eram grandes demais em relação ao tamanho da gatinha. Foi então que ele procurou na casa dos vizinhos que tinham crianças. Encontrou um do tamanho certinho, preparou tudo e no mesmo instante ela conseguiu andar", contou ao Portal Bonde de Londrina.
Rogéria emocionada com a ação do filho postou no Facebook, mas não imaginava a repercussão. "O João diz que só a gatinha precisa saber, que ele fez para ela, não para os outros". Infelizmente, devido à mordida que levou do lagarto, a gatinha ficou muito debilitada e apesar dos cuidados de João, morreu um mês depois por outras complicações.

E o menino continua tentando ajudar os animais. A mãe diz que sua última tentativa foi com um galo que não tinha o pezinho, mas João não deixou ela fotografar