Radar

Motociclista bêbado é preso após tentar “sair no soco” com policiais

Homem parou ao lado da viatura e proferiu ameaças e xingamentos aos PM’s e logo depois empreendeu fuga
Motociclista parou ao lado da viatura, ameaçou os policiais e empreendeu fuga (Imagem Ilustrativa: Reprodução/Internet)

Um homem foi preso por volta das 4h deste domingo (11) após desacatar uma equipe de Policiais Militares e, ainda, estar conduzindo uma motocicleta estando sob influência de álcool e sem Carteira Nacional de Habilitação. A ocorrência foi registrada no Centro de Carlópolis.

A situação teve início de maneira inusitada, quando, na maior cara de pau, o motociclista se aproximou da viatura pilotando uma Honda/CG 125 e, na sequência, teria dito aos policiais que “é para vocês ficarem espertos, vou mandar um pessoal de Curitiba pegar vocês e vocês vão ver o que vai acontecer amanhã”. Na sequência, o homem saiu em disparada com a moto xingando os policiais.

Com isso, foi iniciada uma perseguição pelas ruas da cidade até que, na rua Manguba, no bairro Vista Alegre, os policiais conseguiram abordar o motociclista. Assim que o homem desceu da moto, ele ainda partiu para cima dos policiais tentando agredir os PM’s com socos e chutes, mas, devido a estar visivelmente embriagado, acabou caindo e batendo o rosto no chão.

Frente aos fatos, o suspeito foi algemado e resistiu a prisão. Quando foi indagado pelos policiais se havia ingerido bebida alcoólica, o homem afirmou que sim e ainda relatou aos policiais que não possui Carteira de Habilitação. Ao ser consultada a situação da motocicleta, foi constatada que a mesma estava com pendências junto ao Detran.

Assim, a moto foi recolhida ao pátio do Pelotão da Polícia Militar e o suspeito levado a Delegacia da Polícia Civil. No local, o indivíduo se recusou a realizar o teste do bafômetro, sendo lavrado o termo de constatação de embriaguez. Na sequência, ele foi levado ao Pronto Socorro para passar pelo exame de lesão corporal e em seguida voltou para delegacia para que fossem tomadas as medidas cabíveis ao caso.