Política

Nomes tradicionais vencem na região, mas perdem votos para Partido de Bolsonaro

Na foto Delegado Francischini, Alexandre Curi, Luiz Cláudio Romanelli e Mauro Moraes (Foto: Divulgação)

As cadeiras da Assembleia Legislativa paranaense tiveram uma verdadeira invasão do PSL (Partido Social Liberal), grupo político do presidenciável Jair Bolsonaro. Das 54 cadeiras, oito serão ocupadas por nomes que, em sua maioria são ligados ao militarismo e a polícia como o ex-secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná Delegado Francischini, Delegado Fernando, Subtenente Everton, Coronel Lee, entre outros que, mesmo que de partidos diferentes, também tem ligação com o segmento militar.

Fortalecidos no Norte Pioneiro e parte dos Campos Gerais, estão alguns nomes já conhecidos da população como os colegas de partido Alexandre Curi e Luiz Cláudio Romanelli, ambos do PSB, também Plauto Miró (DEM) e Mauro Moraes (PSD).

A novidade foi a somatória expressiva do candidato Delegado Francischini também nos municípios da região, onde ele não tem bases consolidadas. No levantamento de seis cidades, o braço direito paranaense de Bolsonaro teve 5.002 votos.

Em Santo Antônio da Platina, maior reduto eleitoral do Norte Pioneiro, Romanelli saiu na frente com 1.234 votos, em Jacarezinho o locutor e comentarista de rádio Luiz Carlos Martins (PP) venceu com expressivos 3.487 votos, já em Wenceslau Braz, o posto de deputado estadual eleito mais votado ficou para Mauro Moraes. O destaque em dois municípios foi para Alexandre Curi, que obteve 2.047 votos em Arapoti e 1386 em Ibaiti. Nos Campos Gerais, Plauto Miró venceu em Jaguariaíva com 1.392 votos.

Outros nomes tiveram sucesso em deixar a bancada estadual para tentarem outros horizontes como o Ratinho Jr. (PSD), que foi eleito governador do Paraná no primeiro turno, com mais de 2 milhões de votos. Ney Leprevost (PSD), Schiavinatto (PP), Pedro Lupion (DEM) e Felipe Francischini (PSL) garantiram nas urnas sua passagem de Curitiba para Brasília, e em 2019 devem assumir como deputados federais.

 

Números referentes à votação dos municípios de Santo Antônio da Platina, 
Jacarezinho, Ibaiti, Wenceslau Braz, Arapoti e Jaguariaíva