Eleições 2016

Número de candidatos e equilíbrio impedem novos recordes de votação para câmara de Wenceslau Braz

camara-de-wenceslau-braz Com o aumento dos eleitores, a tendência é que o número de votos dos eleitos também suba. Entretanto, não é o que acontece entre os candidatos a vereador em Wenceslau Braz, que apesar do crescimento eleitoral do município, são eleitos com menos votos do que em pleitos anteriores. E isso se explica pelo número de candidatos e pelo equilíbrio entre eles. Para se ter uma ideia, em 1982 a então professora Carolina Batistão de Souza foi eleita vereadora com 1,4 mil votos, tendo a maior votação da história do Poder Legislativo de Wenceslau Braz. Em 2016 Zezão foi o candidato a vereador mais votado no município, sendo o dono de 653 votos. Em 1982 o município tinha 9,2 mil eleitores, sendo que 7,9 mil compareceram à votação. Já neste ano Wenceslau teve 15,1 mil eleitores em condições de votar, sendo que 12,2 mil votaram. Entretanto, em 1982 foram apenas 35 candidatos a vereador disputando as 9 cadeiras do Legislativo. Nas eleições deste ano foram nada mais nada menos que 105 candidatos ao cargo de vereador. Isso explica o primeiro fator atribuído para a diminuição do número de votos: o número de candidatos.  Já o equilíbrio percebe-se facilmente também pelos números. Novamente comparando 1982 com 2016, percebe-se que há 34 anos foram apenas 11 candidatos a conseguir passar da casa dos 200 votos, sendo que apenas cinco conseguiram mais que 300 votos. Já agora foram 21 candidatos a ultrapassar a casa dos 200 votos, enquanto 10 candidatos tiveram mais que 300 votos. Esses dois fatores têm impedido que novos recordes de votação para a câmara de vereadores sejam marcados. Desde as eleições de 2004 nenhum candidato a vereador consegue passar de 700 votos no município – a última vez que isso aconteceu foi em 2000.   ELEITOS EM 2016 Em 2016 os eleitos para o Poder Legislativo de Wenceslau Braz foram: Zezão (PMDB) com 653 votos, Jorginho Sabater (PV) com 569 votos, Professora Margareth (PSD) com 555 votos, Beto do Esporte (PSDB) com 522 votos, Altair Panichi (PR) com 509 votos, Rick (PHS) com 376 votos, Josemar Furini (PMDB) com 362 votos, Roberto Rodacki (PRP) com 313 votos e Dilciney Foto (PHS) com 310 votos.   LEGENDA: Com mais concorrentes, câmara tem vereadores eleitos com menos votos