Colunas

Paraná produziu 1,44 milhão de toneladas de frutas em 2016

Líder na produção de feijão e proteína animal, o Paraná também tem um mercado ativo de fruticultura. Em 2016, segundo pesquisa do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, a produção foi de 1,44 milhão de toneladas, o que representa 3,6% da nacional e coloca o Estado como o oitavo maior produtor do País.

O cultivo de frutíferas é desenvolvido de Norte a Sul do Estado por cerca de 27 mil produtores. Na safra de 2016, a produção de frutas ocupou uma área de 60,3 mil hectares, gerando uma renda bruta de R$ 1,5 bilhão, ou 1,7% do Valor Bruto de Produção (VBP) da agricultura paranaense. Entre 2007 e 2016, o segmento registrou crescimento de 2,9%.

 

Mais de 2,5 milhões de candidatos já pediram isenção da taxa de inscrição no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) registrou, até a manhã de quarta-feira (11), 2,575 milhões de pedidos de isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O benefício pode ser solicitado até o próximo domingo (15), na página do Enem 2018.

Neste ano, pela primeira vez o pedido de isenção da taxa de inscrição será feito antes do período de inscrição. O resultado da solicitação será divulgado no dia 23 de abril, e os candidatos que tiverem o pedido negado terão até o dia 29 de abril para apresentar recurso da decisão. A expectativa do Inep é de que cerca de 4 milhões de pessoas peçam o benefício neste ano.

Os candidatos que tiveram a isenção concedida no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para obter novamente a gratuidade.

 

Preço médio da gasolina sobe 0,8% e o do diesel avança 2%

A Petrobras anunciou que o preço médio do litro da gasolina A passa a R$ 1,6968 a partir desta quinta-feira, 12, o que representa uma alta de 0,8% ante o preço praticado nesta quarta-feira, de R$ 1,6833. Já o valor médio do litro do diesel A passará a R$ 1,9549, valor 2% maior que o praticado nesta quarta, de R$ 1,9169.

 

Vendas do varejo caem 0,2% em fevereiro ante janeiro

As vendas do comércio varejista caíram 0,2% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal, informou nesta quinta-feira (12), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio abaixo da mediana das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 1,00% a avanço de 1,20% (mediana positiva em 0,65%).

Na comparação com fevereiro de 2017, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram alta de 1,3% em fevereiro de 2018. Nesse confronto, as projeções iam de uma expansão de 1,60% a 4,70%, com mediana positiva de 3,40%. As vendas do varejo restrito acumularam crescimento de 2,3% no ano. No acumulado em 12 meses, houve avanço de 2,8%.