Política

Prefeito Eclair fala sobre obras e desenvolvimento em Jundiaí do Sul

(Foto: Divulgação)

A Folha Extra entrevistou o prefeito de Jundiaí do Sul, Eclair Rauen (DEM), que fez um balanço da sua gestão desde o início do mandato até o momento. O chefe do Executivo destacou obras e projetos que vem sendo realizados em diversas áreas como Saúde, Educação e infraestrutura.

De início, o prefeito fez questão de destacar as ações que vem sendo promovidas para melhorar cada vez mais a Saúde no município. “O hospital fechou em 2016 por falta de investimentos. Assim que fui eleito em 2017, meu compromisso foi mudar essa realidade e, com isso, investimos R$ 390 na reforma e ampliação do prédio que dentro dos próximos 90 dias, deve ser entregue como uma unidade mista de atendimento a população. Além disso, também vamos investir na compra de equipamentos”, destacou.

Eclair ainda comentou sobre médico e atendimento. “Nós também resolvemos o problema de falta de médico e, nos últimos seis meses, não tivemos mais reclamações. Agora este profissional vai atuar na unidade mista atendendo a população e os casos de emergência, sem precisar ficar se deslocando de um lugar para o outro”, disse.

Além da estrutura e do atendimento, o prefeito falou sobre outros serviços que vem recebendo investimentos da prefeitura. “Estamos fazendo o máximo possível dentro das nossas condições para que sejam disponibilizadas vagas para cirurgias, exames ou atendimentos. Também tem o controle e acompanhamento dos pacientes com diabetes, colesterol entre outras doenças”, pontuou.

A educação também é um setor que vem recebendo atenção especial da Administração Pública municipal. “Já é o segundo ano que os alunos do Cemei contam com apostilas para seus estudos e estamos estendendo isso para as séries iniciais do Ensino Fundamental. Além disso, o Cemei tem mobiliário, instalações, alimentação e materiais que estão no mesmo nível de escolas particulares. São 140 crianças que tem um local com estrutura e material de qualidade para aprender com tudo do bom e do melhor, pois queremos a educação em um nível diferenciado”, afirmou Eclair.

Além do Cmei, o Centro de Convivência também é motivo de orgulho para o prefeito. “Lá nos oferecemos oficinas de música, dança, artes marciais entre outras atividades que estimulam o desenvolvimento. Também realizamos um churrasco para que essas crianças possam de alimentar de maneira decente, pois muitas vezes não tem condições de ter isso em casa. Esta mesma ação também é realizada com os idosos”, comentou.

Na infraestrutura, destaque para as obras de empedramento das estradas dos três assentamentos existentes no município. “Essa é uma questão muito importante, pois para que esses trabalhadores possam produzir e gerar renda para suas famílias, eles precisam escoar sua produção evitando perdas. Essa é a primeira vez na história de Jundiaí que as estradas dos três locais foram empedradas”, comemorou o prefeito.

Rauen ainda falou sobre o processo de titulação de terras que está sendo realizado no município. “Dependemos só do Incra para que nos próximos meses sejam entregues as matrículas e títulos para que o pessoal que mora no bairro Matida no assentamento São João sejam donos de suas terras. Jundiaí esta promovendo o maior número de titulações em todo o Estado do Paraná”, frisou.

Sobre a geração de emprego, Eclair falou da reativação da fábrica de reciclagem. “Em 2005 eu articulei para trazer uma fábrica para o município e, infelizmente, os empresários não levaram muito a sério e em 2016 ela fechou. Em 2017 eu assumi o compromisso de colocar para funcionar novamente e, no máximo em 30 a 40 dias, vamos reativar a reciclagem de papel. Já está tudo certo para os próprios cooperados tocarem a fabrica gerando empregos”, avaliou.

O prefeito ainda destacou outras duas obras importantes para o município. “Vamos realizar a reforma do prédio da prefeitura que é um cartão postal do município e merece um cuidado especial, dando ainda mais condições para atender e trabalhar pela população. Outra obra importante que deve começar ainda esse ano é a construção da estação de tratamento de esgoto da Sanepar”, comentou.