Política

Prefeitura de Quatiguá cria projeto para concessão de bolsas de estudos

Novidade foi anunciada pela prefeita Adelita Parmezan, de Quatiguá, nesta quarta-feira. Bolsas podem chegar a descontos de até 100%
Adelita falou sobre a importância que o projeto tem para o crescimento não só dos alunos, mas em diferentes âmbitos do município como um todo (Imagem: Arquivo Folha Extra)

Nesta quarta-feira (10), a prefeitura do município de Quatiguá trouxe uma novidade que promete aumentar as oportunidades de formação profissional dos moradores do município. Através de sua rede social, a prefeita Adelita Parmezan (PTB) anunciou uma parceria com quatro instituições de ensino superior para proporcionar bolsar de estudos aos cidadãos.

De acordo com a nota, o chamado “Projeto Vestibular Comunitário e Solidário” tem o objetivo de proporcionar aos estudantes do município maiores condições de acesso ao ensino superior e cursos técnicos. Além disso, também foi anunciado um curso pré-vestibular gratuito para aumentar as chances dos estudantes de conseguir uma vaga na faculdade.

Para que os interessados tenham acesso a uma bolsa de estudos, os candidatos terão que participar do vestibular realizado pelas faculdades. A oferta das bolsas é direcionada a qualquer cidadão do município de Quatiguá que tiver concluído o Ensino Médio.

Para fazer parte do projeto, os interessados devem se dirigir até a Secretaria Municipal de Educação a partir da próxima segunda-feira (15). As instituições parceiras do projeto são a Unopar polo de Wenceslau Braz, Fael (Faculdade Educacional da Lapa), Fanorpi (Faculdade de Santo Antônio da Platina) e a FIO (Faculdades Integradas de Ourinhos).

As bolsas de estudos variam entre integral (100%) a descontos de 50%, 40%, 30%, 15% e 10%. A distribuição destes benefícios aos estudantes deve seguir parâmetros que buscam atender aos cidadãos mais necessitados.

A prefeita falou sobre a importância que o projeto tem não só para os alunos, mas também no aspecto coletivo. “Nosso objetivo é o desenvolvimento da nossa cidade e, para isso, temos que pensar em atender diferentes necessidades da nossa população, como é o caso da continuidade dos estudos. Muitas vezes os alunos terminam o Ensino Médio e tem que ir para outras cidades para fazer uma faculdade, agora isso vai mudar. Além disso, o programa não beneficia só um ou outro, pois reflete em benefícios no âmbito social, educacional e profissional do município”, destacou.

Quem tiver interesse ou dúvidas com relação ao projeto pode entrar em contato com os responsáveis através do telefone (43) 3564-1603.