Política

Servidor flagrado furtando combustível é exonerado em Salto do Itararé

Prefeito Paulinho publicou um vídeo prestando esclarecimentos sobre a situação
(Foto: Divulgação)

O prefeito de Salto do Itararé, Paulo Sérgio Fragoso da Silva, o Paulinho (PSDB), se manifestou para esclarecer o caso de desvio de combustíveis no município. A situação veio à tona após um vídeo viralizar nas redes sociais na última sexta-feira (31) onde um servidor da prefeitura foi flagrado por vereadores transportando cerca de 200 litros de diesel.

Alecssandro Leal, funcionário da prefeitura e mais conhecido como “Toutinho”, foi flagrado pelos vereadores José Nildo dos Santos, o Mané da Ambulância, Reginaldo Aparecido da Silva, o Zicão e Odair Maria da Silva. Segundo a denúncia dos parlamentares, o óleo que estaria sendo colocado em galões e pago com dinheiro público não chegaria aos tanques da frota da prefeitura.

Diante da situação grave, os parlamentares procuraram a equipe da Polícia Militar para denunciar o caso, sendo informado ainda que Tourinho, na sexta-feira, iria abastecer os galões com o combustível e, em seguida, repassar a um terceiro apontado como receptador. Com isso, a situação acabou sendo flagrada em uma área rural entre os municípios de Siqueira Campos e Salto do Itararé.

A polícia chegou ao local, mas Tourinho não foi encontrado e testemunhas relataram que o suposto receptador também foi visto próximo ao local. Porém, foram localizados dez galões de 20 litros cada cheio de óleo diesel. Diante da situação, o combustível foi encaminhado para delegacia da Polícia Civil de Siqueira Campos onde o caso deve ser investigado. Já na segunda, os galões foram entregues a prefeitura, mas permanecem isolados para o prosseguimento das investigações em procedimento interno.

 

EXONERAÇÃO

Após todo o ocorrido, o prefeito Paulinho publicou em suas redes sociais, na tarde da segunda-feira (3), um vídeo com esclarecimentos sobre a situação e informando a exoneração de Alecssandro.

De acordo com o chefe do Executivo, ele e sua equipe jurídica estiveram na delegacia para acompanhar o andamento das investigações. “Estou aqui para prestar esclarecimentos sobre os fatos noticiados na última sexta-feira. Hoje pela manhã, estivemos com o departamento jurídico na delegacia para tomar conhecimento do inquérito instaurado para apurar a denúncia”, explicou.

Paulinho ainda explicou que não admite práticas criminosas em sua gestão e, com isso, decidiu pela exoneração de Alecssandro e a abertura de investigação interna na prefeitura. “Além de exonerar o servidor denunciado, também instauramos uma investigação interna na prefeitura para apuração dos fatos, pois não admito nenhum ato que venha causar prejuízos aos cofres dos municípios”, declarou.

O prefeito ainda aproveitou para reforçar o compromisso com a verdade e transparência de sua gestão. “Eu fui eleito pelo povo saltense e é por vocês que estou trabalhando. Não vamos admitir nenhuma ação que traga prejuízos para população e se alguém cometer algum ato criminoso, certamente terá que responder por suas ações”, disse.