conecte-se conosco

unopar

Notícias

COMOÇÃO: Menina de 14 anos morre três dias após dar a luz

Publicados

em

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após tentativa de fuga, polícia rodoviária apreende carro com 250 quilos de maconha

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Nacional

Apreensão do celular de Bolsonaro teria ‘consequências imprevisíveis’, alerta general Heleno

Publicados

em

Por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, a Procuradoria-Geral da República (PGR) vai analisar a necessidade de busca e apreensão dos celulares do presidente Jair Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro. As medidas seriam parte da investigação sobre suposta interferência do ex-capitão na Polícia Federal.

Em resposta à possibilidade de apreensão do aparelho do presidente, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, publicou uma “Nota à Nação Brasileira” em seu perfil oficial do Twitter. Nela, Heleno chama a medida ainda não concretizada de “afronta à autoridade máxima do Poder Executivo” e “interferência de outro Poder na privacidade do presidente da República e na segurança institucional do país”.

O general ainda “alerta”, em ameaça dirigida aos outros poderes institucionais – o Judiciário e o Legislativo – que tal apreensão poderia ter “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

O encaminhamento do pedido à PGR, encabeçada pelo procurador Augusto Aras, foi um trâmite meramente burocrático. A análise da investigação sobre possível interferência na Polícia Federal, e a primeira manifestação sobre necessidade de busca e apreensão aos pertences de Bolsonaro, será de Aras. Apenas depois da decisão do procurador, o ministro do STF se manifestará.

Leia Também:  Norte Pioneiro registra cinco mortes relacionadas ao novo coronavírus

Fonte: Jornal O Metro

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020