conecte-se conosco


LUTO

Desembargador do Paraná de 64 anos morre vítima de Covid-19

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Morreu nesta terça (30), vítima de Covid-19, o desembargador Francisco Pinto Rabello Filho, 64 anos, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR). O TJPR divulgou nota de pesar. Vários alunos e entidades também manifestaram pesar nas redes sociais. O presidente da Associação dos Magistrados do Paraná, Geraldo Dutra de Andrade Neto, emitiu nota: “A magistratura do Paraná expressa suas condolências pelo falecimento do Desembargador, rogando que Deus dê forças para sua família neste difícil momento.”

Rabello, filho de Francisco Pinto Rabello e de Inês Chagas Bonfim, nasceu em Ibicaraí (BA), no dia 25 de março de 1956. Formou-se em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (turma 1981).

Ingressou na magistratura através de concurso para juiz substituto, sendo nomeado em 1º de julho de 1986 para a comarca de Cianorte. Novamente por concurso, atuou como Juiz de Direito a partir de 5 de março de 1987, nas comarcas de Cidade Gaúcha, Mandaguaçu, Paranavaí, Ponta Grossa, Maringá e Curitiba.

Foi promovido a Desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná no dia 31 de maio de 2006. Era professor universitário, mestre e doutor em Direito. Foi autor do livro “O Princípio da Anterioridade da Lei Tributária” e de artigos publicados em jornais e revistas especializadas.


 

Leia Também:  Internautas lembram que ‘Os Simpsons’ previram nota de R$ 200 em 2014

Via: Bem Paraná

COMENTE ABAIXO:

Cidades

Educação alerta sobre documento falso circulando nas redes sociais

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte do Paraná (SEED) informa que circula na internet um documento não oficial sobre o protocolo para retorno das aulas presenciais. O material divulgado, que tem trazido confusão entre os pais de alunos, estabelece uma série de critérios que não constam no documento original.

O termo original de retorno não expõe alunos, professores e as famílias diante do novo coronavírus. Também não repassa a responsabilidade do envio do aluno à família. A versão correta está no site da SEED e pode ser consultada AQUI.

 

VIA: AEN.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Banco Central anuncia que lançará cédula de R$ 200
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020