conecte-se conosco


CRONOGRAMA

Caixa divulga calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial

Publicados

em

Foto: Divulgação

Depósitos começam neste sábado nas contas sociais digitais da Caixa. Já os saques serão liberados a partir de 18 de julho

 

O governo federal publicou as datas de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial em uma edição extra do Diário Oficial publicada na noite dessa quinta-feira (25/06). O depósito será feito em uma conta social digital da Caixa Econômica Federal (CEF) a partir deste sábado (27/06). Já o saque em espécie e a transferência bancária dos R$ 600 serão liberadas só a partir de 18 de julho.

Como havia antecipado o ministro da Economia, Paulo Guedes, na live do presidente Jair Bolsonaro; os depósitos da terceira parcela dos R$ 600 serão feitos entre este sábado e o sábado da próxima semana (04/07) para os mais de 40 milhões de brasileiros que já receberam duas parcelas do benefício e não pertencem ao Bolsa Família. O calendário foi dividido de acordo com o mês de nascimento do trabalhador (veja abaixo).
Como aconteceu na segunda parcela, o pagamento será feito somente de forma virtual neste primeiro momento. Por isso, deve ser movimentado exclusivamente pelo aplicativo Caixa Tem. “Os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code”, diz a portaria do Ministério da Cidadania que fixou o calendário da terceira parcela.
Já o saque em espécie da terceira parcela auxílio emergencial, para quem não conseguir usar os R$ 600 pelo aplicativo da Caixa, será liberado somente entre os dias 18 de julho e 19 de setembro. O escalonamento tem o intuito de evitar a formação de filas e aglomerações nas agências da Caixa, como foi visto no início dos pagamentos do benefício.
Entenda como será o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial:
Os depósitos na conta social da Caixa serão realizados nas seguintes datas:
27 de junho (sábado): para os nascidos em janeiro e fevereiro
30 de junho (terça-feira): para os nascidos em março e abril
1º de julho (quarta-feira): para os nascidos em maio e junho
02 de julho (quinta-feira): para os nascidos em julho e agosto
03 de julho (sexta-feira): para os nascidos em setembro e outubro
04 de julho (sábado): para os nascidos em novembro e dezembro
Já os saques e as transferências serão autorizadas nos seguintes dias:
18 de julho (sábado): para os nascidos em janeiro
25 de julho (sábado): para os nascidos em fevereiro
1º de agosto (sábado): para os nascidos em março
08 de agosto (sábado): para os nascidos em abril
15 de agosto (sábado): para os nascidos em maio
29 de agosto (sábado): para os nascidos em junho
1º de setembro (terça-feira): para os nascidos em julho
08 de setembro (terça-feira): para os nascidos em agosto
10 de setembro (quinta-feira): para os nascidos em setembro
12 de setembro (sábado): para os nascidos em outubro
15 de setembro (terça-feira): para os nascidos em novembro
19 de setembro (sábado): para os nascidos em dezembro
Via: Estado de Minas.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com média de quase cinco registros por dia, Arapoti chega a 127 casos da Covid-19

Cidades

Trinta cidades no PR são afetadas por ciclone que trouxe granizo e ventos de até 120 km/h

Publicados

em

Trinta cidades no PR são afetadas por ciclone que trouxe granizo e ventos de até 120 km/h

Boletim da Defesa Civil registra, até o momento, que 3.127 pessoas foram afetadas

O ciclone extratropical que atingiu a região Sul do País na terça-feira (30) causou estragos ao Paraná, onde as rajadas de vento chegaram a até 120 km/h, com chuvas de granizo em diversas cidades. O último boletim da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, publicado às 9h desta quarta-feira (01), mostra que o temporal atingiu 30 municípios e afetou 3.127 pessoas no Estado.

As equipes do Corpo de Bombeiros e dos núcleos municipais de Defesa Civil continuam fazendo os atendimentos, portanto esses números ainda devem sofrer alterações à medida que as ações de resposta continuarem. O próximo boletim será publicado às 12h.

Pelo menos 1,2 milhão de unidades consumidoras da Copel ficaram sem energia elétrica no Estado, quase dois terços delas em Curitiba, Região Metropolitana e no Litoral.

Rajadas

De acordo com o Simepar, para esta quarta-feira não estão previstas rajadas de vento mais fortes que as de ontem. As chuvas se afastam e as rajadas de vento seguem moderadas, ocasionalmente fortes.

Leia Também:  Com média de quase cinco registros por dia, Arapoti chega a 127 casos da Covid-19

Os ventos podem ser mais fortes pela manhã na região Sul, na Região Metropolita de Curitiba e no Litoral, com rajadas entre 50 km/h e 70 km/h. O ciclone extratropical situa-se sobre o mar na altura do Rio Grande do Sul e do Uruguai.

“Os ventos tendem a diminuir gradualmente à medida que esse ciclone se dirija ao oceano, mas população deve acompanhar as informações meteorológicas e alertas da Defesa Civil, tomando sempre o cuidado de consultar as fontes oficiais”, afirma o tenente Marcos Vidal, da Comunicação Social da Defesa Civil Estadual. Ele também ressalta que as pessoas podem receber os alertas da Defesa Civil mandando uma mensagem de texto pelo celular (SMS) com o CEP de sua residência para o número 40199.

Ocorrências

Segundo o boletim da Defesa Civil, 666 casas foram danificadas e 10 pessoas ficaram feridas, uma em Santa Lúcia e nove em Ubiratã. Até às 9h desta quarta, 84 pessoas permaneciam desalojadas e 12 desabrigadas. Muitas árvores caíram sobre vias e residências, causando vários destelhamentos.

Em Foz do Iguaçu e em Nova Prata do Iguaçu, 100 imóveis foram danificados, afetando 800 e 400 pessoas em cada cidade, respectivamente, sendo que em Nova Prata 40 pessoas estão desalojadas. Também há pessoas desalojadas em General Carneiro (30), Contenda (7), Fazenda Rio Grande (4) e Pinhais (3).

Leia Também:  Trinta cidades no PR são afetadas por ciclone que trouxe granizo e ventos de até 120 km/h

Os municípios atingidos até agora são Araucária, Bela Vista da Caroba, Candói, Cascavel, Clevelândia, Contenda, Curitiba, Faxinal, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, General Carneiro, Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Mandirituba, Maringá, Matinhos, Missal, Nova Prata do Iguaçu, Palmas, Paranaguá, Pinhais, Pinhão, Piraquara, Quatro Barras, Reserva, Salto do Lontra, Santa Lúcia, São José dos Pinhais, Tibagi e Ubiratã.

Frio

Depois do vendaval, a previsão para esta quarta-feira é de muito frio para o Paraná. Ua forte massa de ar polar ingressa no Sul do Brasil e provoca queda nas temperaturas em todas as regiões do Paraná, mostra o Simepar. Há previsão de formação de geadas ao amanhecer em vários setores do Estado e, mesmo com o sol, as temperaturas não se elevam muito.

Fonte Banda B

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020