30.3 C
Wenceslau Braz

PIB do Paraná cresce 4,2% no primeiro semestre de 2021

No segundo trimestre de 2021, o PIB totalizou R$ 142,37 bilhões, sendo R$ 120,76 bilhões referentes ao valor adicionado a preços básicos e R$ 21,61 bilhões aos impostos

Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de quarta-feira

A Petrobras comunicou nesta terça-feira (11) que os preços da gasolina e do diesel às distribuidoras serão reajustados a partir de quarta.Segundo a estatal, o preço...

Materiais escolares podem ficar até 30% mais caros em 2022

Daqui a poucos dias 2022 inicia e com ele todas as despesas de começo do ano. E quem tem filhos na escola tem uma conta a...

Preço da gasolina deve cair 5,94% no 1º trimestre de 2022, diz pesquisa ValeCard

O preço da gasolina deve iniciar o ano com queda na média nacional após quase um ano e seis meses de aumentos consecutivos. De...

Com 68% dos industriais otimistas, Fiep divulga balanço do ano e expectativa do setor para 2022

Os investimentos têm ligação com as estratégias das indústrias para 2022. Mais de 30% devem apostar em desenvolvimento de novos negócios, aumento da capacidade...

Petrobras anuncia redução de 3% no preço da gasolina a partir desta quarta-feira

A Petrobras anunciou que o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro a partir desta...
PorAEN
- Advertisement -

O Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná cresceu 4,2% nos dois primeiros trimestres de 2021 (primeiro semestre) em relação ao mesmo período do ano passado. É mais um número que exemplifica a retomada da economia após os impactos causados pela pandemia nos primeiros seis meses de 2020. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

Foram determinantes para esse número o aumento de 12,24% no valor adicionado da Indústria e de 2,59% no setor de Serviços. Conforme já registrado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Indústria apontou recuperação mais abrangente com a contribuição dos segmentos de veículos automotores e de máquinas e equipamentos, importantes para o parque fabril do Estado.

- Advertisement -

A elevação nos Serviços decorreu, principalmente, da expansão do comércio varejista, refletindo a retomada do consumo dos paranaenses.

De acordo com o instituto, o PIB do segundo trimestre de 2021 cresceu 9,02% em relação ao mesmo período de 2020. A variação no comparativo com 2020 é explicada pelo conjunto de bons resultado em dois setores (a Indústria avançou 17,47% e os Serviços cresceram 6,55%) e pela base de comparação (esse período do ano passado foi marcado pelas medidas de distanciamento social).

Em relação ao trimestre imediatamente anterior (janeiro a março deste ano) o crescimento foi de 0,01% – apesar de pequeno, é o quarto aumento consecutivo na sequência trimestral.

No segundo trimestre de 2021, o PIB totalizou R$ 142,37 bilhões, sendo R$ 120,76 bilhões referentes ao valor adicionado a preços básicos e R$ 21,61 bilhões aos impostos.

“Os resultados positivos registrados pela maior parte das atividades produtivas não deixam dúvida quanto à recuperação da economia do Paraná, mesmo diante dos prejuízos impostos pelas adversidades climáticas à produção agrícola local”, afirmou Júlio Suzuki, diretor de Pesquisa do Ipardes.

QUATRO TRIMESTRES

Segundo o Ipardes, houve elevação de 1,29% no PIB dos quatro trimestres encerrados em junho. Esse crescimento foi consequência da expansão da Indústria (6,62%). Os motores foram a fabricação de produtos de madeira, borracha e metal, assim como de veículos automotores. A construção civil, que também apresentou ampliação no período, está dentro desse setor.

EXPECTATIVA PARA O FUTURO

O crescimento do PIB vem acompanhado de bons indicadores econômicos recentes, como a melhor geração de empregos da história do Estado para os primeiros meses de um ano, análise realizada mensalmente pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), e a evolução nos indicadores regionalizados da indústria, do comércio e de serviços, além dos investimentos em obras públicas, que mantiveram viés de alta mesmo com a pandemia.

 

- Advertisement -

Deixe uma resposta

[the_ad id=”263755″]

MAIS NOTÍCIAS

Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de quarta-feira

A Petrobras comunicou nesta terça-feira (11) que os preços da gasolina e do diesel às distribuidoras serão reajustados a partir de quarta.Segundo a estatal, o preço médio de venda da gasolina...

Materiais escolares podem ficar até 30% mais caros em 2022

Daqui a poucos dias 2022 inicia e com ele todas as despesas de começo do ano. E quem tem filhos na escola tem uma conta a mais: a compra do material...

Preço da gasolina deve cair 5,94% no 1º trimestre de 2022, diz pesquisa ValeCard

O preço da gasolina deve iniciar o ano com queda na média nacional após quase um ano e seis meses de aumentos consecutivos. De acordo com pesquisa da ValeCard,...

Com 68% dos industriais otimistas, Fiep divulga balanço do ano e expectativa do setor para 2022

Os investimentos têm ligação com as estratégias das indústrias para 2022. Mais de 30% devem apostar em desenvolvimento de novos negócios, aumento da capacidade produtiva/nova unidade industrial e incorporação...

Petrobras anuncia redução de 3% no preço da gasolina a partir desta quarta-feira

A Petrobras anunciou que o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro a partir desta quarta-feira (15). O novo valor representa...

Projeto de Lei pode baixar preço da gasolina para R$ 5 e do gás de cozinha para R$ 65

A vida do brasileiro não tem sido nada fácil nos últimos meses. Se por um lado a pandemia da Covid-19 deixou um rastro de restrições e perdas para muitas...

Em menos de três semanas, Petrobras anuncia novo aumento nos preços da gasolina e do diesel

A Petrobras vai reajustar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras. Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira (25) pela petroleira, os novos valores passam a vigorar...

Gasolina fecha setembro a R$ 6,309 e tem alta de 57,33% desde maio, diz ValeCard

O preço do litro da gasolina no País subiu 2,47% em setembro na comparação com agosto, chegando a um valor médio no País de R$ 6,309. Após um ano...