conecte-se conosco


DESCOBERTA

Cientistas identificam anticorpos capazes de bloquear infecção pela Covid-19

Publicados

em

Foto microscópica mostra célula humana sendo infectada pelo Sars Cov-2, o novo coronavírus — Foto: NIAID via Nasa

Anticorpos diminuíram inflamação nos pulmões de camundongos e protegeram macacos da infecção. Estudo foi divulgado na revista científica ‘Nature’, uma das mais importantes do mundo

 

Cientistas de universidades nos Estados Unidos e na Alemanha identificaram dois anticorpos potentes em bloquear a infecção pela Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, que agem impedindo que o vírus se conecte às células humanas e entre nelas.

A pesquisa com a descoberta foi divulgada nesta quarta-feira (15) na revista científica “Nature”, uma das mais importantes do mundo.

Os anticorpos (COV2-2196 e COV2-2381) foram capazes, juntos ou separados, de reduzir a inflamação no pulmão, a carga viral e a perda de peso de camundongos infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Em macacos-rhesus, o uso de cada um dos anticorpos protegeu os animais de serem contaminados pelo vírus.

“Juntos, esses resultados sugerem que os anticorpos, sozinhos ou em combinação, são candidatos promissores para a prevenção ou o tratamento da Covid-19”, dizem os pesquisadores no estudo.

Via: G1.com

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Internautas lembram que ‘Os Simpsons’ previram nota de R$ 200 em 2014

Internacional

Nuvem de formigas voadoras é tão grande que é vista em mapa meteorológico

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Quando especialistas viram a imensa mancha azul sobre o Reino Unido e a Irlanda pensaram inicialmente se tratar de uma grande tempestade que se movia sobre o território dos dois países na última sexta-feira (17/7).

Estavam enganados. O tamanho os levou a crer que a mancha no mapa meteorológico indicasse chuva, contou o “Irish Post”. Mas, na verdade, uma análise mais detalhada explicou o fenômeno: a enorme mancha era o deslocamento de um gigantesco grupo de formiga voadoras.

“Durante o verão (no Hemisfério Norte), as formigas podem alçar voo em uma emergência coletiva, geralmente em dias quentes, úmidos e sem vento”, desvendou o Met Office, responsável pela previsão meteorológica do Reino Unido.

O fenômeno tem a ver com formigas-rainhas se dirigindo para formar novas colônias.


No mesmo dia, parte da nuvem de formigas voadoras se deslocou para a região de Londres e do sudeste da Inglaterra:

Nos dias seguintes, a “nuvem azul” se dissipou.

 

Fonte: Fernando Moreira – Extra.globo.com

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Autoridades discutem volta as aulas em meio a aumento de casos da Covid-19 em crianças
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020