conecte-se conosco


Internacional

UE investiga produtos falsificados relacionados ao coronavírus

Publicados

em


.

Reguladores da União Europeia iniciaram uma investigação sobre as importações de produtos falsos, relacionados ao coronavírus, que são ineficazes ou prejudiciais à saúde, informou o escritório europeu antifraude Olaf nesta sexta-feira (20).

Os produtos apreendidos incluem máscaras, dispositivos médicos, desinfetantes e kits de exames.

Máscaras falsificadas, inclusive para crianças, foram vendidas online nos países da União Europeia de cinco e 10 euros cada, cerca de três vezes o preço normal.

“Além de ineficazes contra o vírus, uma vez que os produtos também não cumprem as normas da UE, são potencialmente prejudiciais à saúde. Por exemplo, eles podem provocar uma contaminação bacteriana perigosa”, afirmou o escritório, em comunicado.

Os produtos falsificados entram na Europa por meio de vendas online e chegam, principalmente, por serviços de entrega ou pelo correio, mas também por contêineres com certificados falsificados ou declarados como outros produtos. Eles são encontrados em canais de distribuição normais ou no mercado negro.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nova Zelândia tem abraços, compras e mãos dadas: desconfinamento

Internacional

Nuvem de formigas voadoras é tão grande que é vista em mapa meteorológico

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Quando especialistas viram a imensa mancha azul sobre o Reino Unido e a Irlanda pensaram inicialmente se tratar de uma grande tempestade que se movia sobre o território dos dois países na última sexta-feira (17/7).

Estavam enganados. O tamanho os levou a crer que a mancha no mapa meteorológico indicasse chuva, contou o “Irish Post”. Mas, na verdade, uma análise mais detalhada explicou o fenômeno: a enorme mancha era o deslocamento de um gigantesco grupo de formiga voadoras.

“Durante o verão (no Hemisfério Norte), as formigas podem alçar voo em uma emergência coletiva, geralmente em dias quentes, úmidos e sem vento”, desvendou o Met Office, responsável pela previsão meteorológica do Reino Unido.

O fenômeno tem a ver com formigas-rainhas se dirigindo para formar novas colônias.


No mesmo dia, parte da nuvem de formigas voadoras se deslocou para a região de Londres e do sudeste da Inglaterra:

Nos dias seguintes, a “nuvem azul” se dissipou.

 

Fonte: Fernando Moreira – Extra.globo.com

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Patrão dá R$ 3 mil a cada funcionário pra movimentar economia
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020