conecte-se conosco


CORONAVÍRUS - BOA NOTÍCIA

Hospital de Clínicas do Paraná é escolhido pelo Instituto Butantan para testar vacina

Publicados

em

Hospital de Clínicas do Paraná é escolhido pelo Instituto Butantan para testar vacina
Rogério Machado/SMCS

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, foi um dos 12 centros escolhidos pelo Instituto Butantan para receber testes de uma vacina contra o coronavírus.

O Governo do Estado de São Paulo – responsável pela administração do Instituto Butantan, anunciou nesta quarta-feira (1) os centros escolhidos para esses procedimentos.

A vacina CoronaVac foi desenvolvida pela multinacional chinesa Sinovac Biotech e é uma das três em todo mundo que chegaram até a fase 3 de desenvolvimento.

Segundo o Instituto Butantan, nove mil voluntários devem ser testados nos 12 centros de pesquisa, sendo que a vacina já havia sido aplicada em mil voluntários na China e sido experimentalmente analisada em macacos em seus primeiros exames, sendo que em ambos os casos os resultados foram positivos.

Caso a fase 3 também apresente resultados positivos, a Sinovac e o Instituto Butantan vão firmar acordo para uma produção em massa da vacina na China e no Brasil, visando o fornecimento gratuito nos hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde) em todo país.

Leia Também:  Pagamento do IPVA poderá ser parcelado em até cinco vezes

Confira abaixo todos os centros de pesquisa selecionados pelo Instituto Butantan:

Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (São Paulo-SP);

Instituto de Infectologia Emílio Ribas (São Paulo-SP);

Hospital Israelita Albert Einstein (São Paulo-SP);

Universidade Municipal de São Caetano do Sul (São Caetano do Sul-SP);

Hospital das Clínicas da Unicamp (Campinas-SP);

Faculdade de Medicina de Rio Preto (São José do Rio Preto-SP);

Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto (Ribeirão Preto);

Universidade de Brasília (Brasília-DF);

Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (Rio de Janeiro-RJ);

Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos da UFMG (Belo Horizonte-BH);

Hospital São Lucas da PUC-RS (Porto Alegre-RS);

Hospital das Clínicas da UFPR (Curitiba-PR).

Fonte: Paraná Portal

COMENTE ABAIXO:

Campos Gerais

Arapoti edita novos decretos para conter avanço da Covid-19

Publicados

em

Foto. Divulgação.

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta quinta-feira, 14, novas medidas, estabelecidas em decretos municipais, para tentar conter o crescente número de casos do coronavírus. Nas últimas 24 horas o município teve a confirmação de duas novas mortes e 28 novos pacientes diagnosticados com a doença.

Para tentar frear os números, o município volta a proibir a aglomeração acima de dez pessoas em qualquer local, seja em eventos, via pública e até mesmo na residência das pessoas com churrascos e celebrações. Denúncias de aglomerações podem ser encaminhadas para o Whatsapp (43) 9 9164-4431.

Os comerciantes deverão novamente controlar o acesso a seus estabelecimentos, limitando a capacidade à metade liberada pelo Corpo de Bombeiros. Formação e organização de filas em frente ao estabelecimento serão de responsabilidade dos proprietários, que também deverão informar na entrada a capacidade de seu comércio, além da disponibilização obrigatória de álcool em gel. Estabelecimentos que desrespeitarem as normas sanitárias poderão ser fechados entre uma a duas semanas, caso haja reincidência.

As igrejas poderão realizar seus cultos desde que com a capacidade limitada à 50% e com o distanciamento de 2 metros entre os fiéis. Academias funcionarão limitadas a até 30% de sua capacidade total. Bares, lanchonetes e restaurantes também terão limitação de 50% de sua capacidade e deverão manter distância entre as mesas de dois metros e deverão evitar que clientes se aglomerem tanto no espaço interno do estabelecimento, como no externo.

O toque de recolher fica estendido das 23h até às 06h, com exceção de pessoas que estão indo ou voltando do trabalho, ou procurando atendimento médico. Por fim, o uso da máscara segue obrigatório, seja dentro de espaços e estabelecimentos comerciais e de serviços e também nas vias públicas. Agentes estarão fiscalizando e orientando a população para o cumprimento das normas.

Leia Também:  Avião parte hoje para buscar 2 milhões de doses de vacina da Oxford

 

VIA: Folha Paranaense.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020